pub

Bodyboard Feminino

Algarvia Joana Schenker é Campeã do Mundo

Aos 30 anos de idade, algarvia Joana Schenker conquista na Nazaré o título mundial de bodyboard feminino (®APB)
Aos 30 anos de idade, algarvia Joana Schenker conquista na Nazaré o título mundial de bodyboard feminino (®APB)
pub

Joana Schenker (Associação de Bodyboard de Sagres) sagrou-se este domingo, 8 de outubro, campeã do mundo de bodyboard feminino. A atleta algarvia é a primeira portuguesa a vencer o circuito mundial APB World Tour e conquistou a honra quando as duas adversárias na luta pelo título foram eliminadas nas meias-finais do Nazaré Pro 2017, na Praia do Norte.

Foi um dia de nervos na Nazaré, servido por ondulação de metro consistente. Joana Schenker perdeu nos quartos-de-final, eliminada por uma das adversárias na corrida ao título, Alexandra Rinder. A algarvia teve de esperar na praia pelo desenrolar da competição. Sabia que a matemática jogava a seu favor, mas também sabia o valor das outras duas atletas que lhe podiam ainda ‘roubar o ceptro’.

Alexandra Rinder e Isabela Sousa ainda podiam estragar o sonho português. Isabela Sousa (4 vezes campeã mundial) precisava ganhar na Nazaré e também nas Canárias (14 a 28 de outubro) para ser campeã mundial. Alexandra Rinder precisava ganhar uma prova e fazer 2º lugar na outra. As duas atletas chegaram às meias-finais na Nazaré e mantiveram Joana Schenker na expectativa.

O sonho português realizou-se com uma ajuda japonesa. Ayaka Suzuki e Sari Ohhara eliminaram nas meias-finais, respetivamente, Alexandra Rinder e Isabela Sousa. Foi esse o momento da consagração de Joana Schenker. “Não tenho palavras para descrever este momento. Ainda não caí em mim. É incrível”, disse a atleta algarvia. Ayaka Susuki acabaria por derrotar a compatriota na final e vencer o Nazaré Pro 2017.

Aos 30 anos de idade, após 15 anos de competição Joana Schenker é a primeira portuguesa campeã do mundo de bodyboard (também nenhum português conseguiu chegar tão longe). “Estou muito feliz e orgulhosa por trazer o título para Portugal. Penso que este País merece há já bastante tempo”, comentou a algarvia.

É uma data histórica para o bodyboard nacional e uma chave de ouro para um ano fantástico conseguido pela atleta algarvia. Além do título mundial hoje alcançado, Joana Schenker sagrou-se este ano tetracampeã nacional e europeia de bodyboard feminino. A atleta algarvia venceu o circuito nacional feminino pelo quinto ano consecutivo, mas ainda não tinha nacionalidade portuguesa quando o fez pela primeira vez. É um palmarés histórico e uma fase dourada prolongada da carreira de Joana Schenker. Quem a conhece, sabe da sua humildade e simpatia. A coroa está muito bem entregue.

Comentários