pub

Allianz Figueira Pro | 19 a 21 Junho

Dez Algarvios no Arranque da Liga MEO Surf 2020

Uma das atletas em maior destaque é a algarvia Yolanda Hopkins, campeã em título da prova e da Liga (®JorgeMatreno/ANSurfistas/arquivo)
pub

O início do Allianz Figueira Pro, a prova inaugural da Liga MEO Surf 2020, a principal competição de Surf em Portugal que define os títulos máximos de campeões nacionais tem chamada para atletas às 8h30 de amanhã, sexta-feira 19 de junho, prevendo-se dar início à prova pelas 10h00. O Algarve vai estar presente com dez atletas e em destaque com Yolanda Hopkins, campeã em título da prova e da Liga. “Estou mais do que pronta para ganhar”, diz a atleta algarvia, residente no concelho de Loulé e representante do Clube Naval de Portimão.

Clube Naval de Portimão e Portimão Surf Clube dividem a despesa maior da representação algarvia com quatro atletas (três masculinos e um feminino) cada. O Clube de Surf de Faro vai estar representado pelo experiente Marlon Lipke, antigo atleta do Championship Tour e Campeão Europeu em 2012, que vai estar em ação na bateria inaugural da Ronda 1 Masculino. O Albufeira Surf Clube vai ter em prova o jovem Tomás Nunes, Campeão Regional Sub-14 em 2019.

A ‘fava algarvia’ no sorteio para o quadro de competição é masculina e saiu a Martim Magalhães (CNPTM) e Tomás Nunes (A.S.C.), que vão estar juntos na bateria 16 com o multicampeão nacional e aspirante à elite mundial Vasco Ribeiro. No quadro masculino, que integra ainda o competidor habitual Paulo Almeida (CNPTM), na bateria 7; destaques ainda para o experiente brasileiro Halley Batista (PTMSC), na bateria 14; e para a ausência de Ivan Bailote, presença habitual em representação de Albufeira.

Destaque também para a segunda bateria dos ‘trials’ masculinos, que vai juntar três ‘groms’ algarvios: Tito Costa (PTMSC); Henrique ‘Piki’ Gomes (CNPTM), Vice-Campeão Regional Sub-14 e Sub-16 em 2019; e Louis Escudeiro (PTMSC), Campeão Regional Sub-12 em 2019.

O quadro feminino no Allianz Figueira Pro vai ter duas atletas algarvias em prova. Salienta-se as ausências da multicampeã regional Constância Simões (CNPTM) e também de Concha Balsemão, que se mudou para a Austrália; mas destaca-se o regresso de Charlotte van Berkum (PTMSC), cara bonita do surf algarvio que esteve afastada algum tempo da competição.

O destaque maior recai sobre Yolanda Hopkins. A algarvia é campeã em título da prova e da Liga e esteve este ano convidada pela World Surf League para o Challenger Series, mas o caminho para o Championship Tour foi boicotado pela pandemia Covid-19. Vai ser o regresso à competição após meses de paragem forçada.

“Sinto-me muito confiante no meu surf e estou pronta para defender o meu título. Tudo o que mais quero fazer é entrar dentro de água e mostrar o quanto melhorei desde o ano passado. Estou super ansiosa por fazê-lo. Sinto-me uma das favoritas. Apesar de o favoritismo estar um pouco dividido por mais surfistas, sinto que tenho muito apoio por trás de mim. Vou regressar mais forte do que nunca e estou mais do que pronta para ganhar”, comentou Yolanda Hopkins, para a Associação Nacional de Surfistas.

Primeira Prova no Mundo

O Allianz Figueira Pro vai ser a primeira prova de surf a ser retomada em todo o Mundo e também servirá de prova inaugural da Allianz Triple Crown.

O heat draw da competição já é conhecido e conta com grandes duelos em perspetiva entre os melhores surfistas nacionais, com Frederico Morais incluído neste lote. Destaque ainda para o facto de a prova masculina se iniciar com uma ronda de trials.

Destaques do quadro masculino:
H5:
João Kopke x Afonso Antunes x Martim Paulino x surfista vindo dos trials
H8: Miguel Blanco x Vasco Veloso x Martim Ferreira x surfista vindo dos trials
H10: João Moreira x Joaquim Chaves x Frederico Morais x David Almeida

Destaques do quadro feminino:
H2:
Mafalda Lopes x Carolina Mendes x Beatriz Costa x Charlotte van Berkum
H3: Teresa Bonvalot x Matilde Costa x Maria Chaves x Raquel Otero
H4: Yolanda Hopkins x Camila Cardoso x Francisca Veselko

O Cabedelo vai, assim, servir de palco para o início da defesa dos títulos nacionais conquistados por Miguel Blanco e Yolanda Hopkins em 2019. Ambos vão estar no centro das atenções e na mira dos rivais mais diretos na luta pelo título e mal podem esperar pelo início da ação.

Miguel Blanco, bicampeão nacional em título
“Estou muito motivado para este ano. Ter estado em casa tanto tempo permitiu-me ter boas rotinas e preparar-me bem fisicamente. Vai ser interessante ver como todos os atletas voltam ao ritmo competitivo depois de uma paragem tão longa. Estou bastante ansioso pelo começo da prova, pois já tinha falta de sentir a adrenalina da competição”.

Prémios em Jogo

Além da sexta edição consecutiva da Allianz Triple Crown, que distribui um prémio total de 8.000 euros, equitativo entre o vencedor masculino e vencedora feminina, em termos de troféus laterais, acrescem a luta pela melhor manobra na Renault Expression Session e pela Somersby Onda do Outro mundo (ambos com 2.500€ anuais), o início da disputa do Santander Award a definir no final do ano com ponderação entre a performance desportiva e aproveitamento escolar, e ainda a designação dos melhores surfistas locais (masculino e feminino) com uma premiação de 1.500€ por via da Câmara Municipal da Figueira da Foz. Novidade este ano também para o Bom Petisco Girls Score, o primeiro prémio exclusivamente dedicado às senhoras, com 2.500€ anuais para a melhor pontuação combinada no quadro de competição feminino.

Teresa Bonvalot, vencedora do melhor score do Allianz Figueira Pro em 2019
“Acho incrível ver as marcas a apostarem cada vez mais no surf feminino nacional. Voltar a competir vai ser incrível. Vou voltar a poder fazer o que mais gosto. Foram alguns meses parada devido a esta situação que estamos todos a passar, mas acho que vai ser um bom regresso para todos”.

As previsões apontam para a chegada de boas ondas para domingo, o último dia do período de espera, o que indica que os campeões da etapa figueirense deverão ser coroados em condições entusiasmantes.

Pedro Monteiro, diretor de provas da Liga MEO Surf
“Entra uma ondulação nova esta quinta-feira que nos dá algumas esperanças para o primeiro dia de prova. Embora estejamos com algumas reticências para sábado, no domingo esperamos novamente outra ondulação nova com bastante força que traz boas expectativas para terminar a prova em festa.”

Agenda do Allianz Figueira Pro:
1º dia – Sexta-feira, 19 de Junho
08h30 – Call primeiro dia de competição (masculino e feminino)
10h00 – Início da prova

2º dia – Sábado, 20 de Junho
09h00 – Call primeiro dia de competição (masculino e feminino)

3º dia – Domingo, 21 de Junho
08h00 – Call terceiro dia de competição (por confirmar)
15h00 – Renault: Expression Session (por confirmar)
16h30 – Finais do Allianz Figueira Pro (por confirmar)
17h30 – Cerimónia de Entrega de Prémios do Allianz Figueira Pro (por confirmar)

Pelo segundo ano consecutivo, a Liga MEO Surf conta com Jerónimo Martins como parceiro de sustentabilidade, renovando a importância que atribui aos Oceanos, particularmente ao nível da preservação da biodiversidade deste rico ecossistema, contexto onde estas provas têm lugar. Através de dinâmicas associadas ao passatempo “Quem mais sabe, melhor defende”, os conhecimentos sobre os oceanos e desafios inerentes serão novamente colocados à prova, continuando a premiar os participantes com alimentos saudáveis e brindes reutilizáveis. A Jerónimo Martins, e a sua Companhia Pingo Doce, têm contribuído para a sensibilização e proteção dos oceanos, desenvolvendo soluções como cotonetes com stickem cartão, o projecto ecodesignde redução do impacto ambiental na distribuição dos seus produtos e o ‘Detergente Concentrado Oceano Ultra Pro’ cuja embalagem é 100% reciclável e feita com 11% de resíduos marinhos, sendo os restantes 89% provenientes de plástico reciclado pós-consumo.

Rip Curl Fantasy Surfer: Façam as vossas apostas dos melhores surfistas em prova
– Prémio vencedor Allianz Figueira Pro: Relógio Rip Curl Search GPS Rip Curl
– Prémio vencedor final: Prancha de Surf Polen
– Prazo de constituição das equipas: hora do Call do primeiro dia de prova (19 de Junho)
– Mais informações em: fantasy.ansurfistas.com

A nível televisivo, tendo presente a proibição de público nos termos legais, o Allianz Figueira Pro poderá ser acompanhadas a partir de casa em direto na Sport TV, assim como nos restantes meios oficiais: facebook do MEO, na posição 810 da grelha de canais MEO, em ligameosurf.pt e redes sociais em @ansurfistas.

A Liga MEO Surf 2020 é uma organização da Associação Nacional de Surfistas e da Fire!, com o patrocínio do MEO, Allianz Seguros, Renault, Bom Petisco, Somersby, Banco Santander, Rip Curl, os parceiros de/da sustentabilidade Fundação Altice e Jerónimo Martins, o apoio local do Município da Figueira da Foz e o apoio técnico da Associação de Surf da Figueira da Foz e da Federação Portuguesa de Surf.

Crédito: Nota de Imprensa da Associação Nacional de Surfistas, sobretudo, a partir do primeiro subtítulo

Comentários