pub

Francisco Duarte e 'Martim' Magalhães

Duelo Algarvio em Israel

'Martim' Magalhães, à esquerda; e Francisco Duarte, os dois amigos juntos há três anos numa prova regional em Faro (®PauloMarcelino/arquivo)
pub

O circuito mundial de qualificação da World Surf League começa este ano com um duelo algarvio em Israel. Os surfistas Francisco Duarte e Frederico ‘Martim’ Magalhães, atletas do Clube Naval de Portimão vão estar juntos no mesmo ‘heat’ na ronda de abertura do Seat Pro Netanya presented by Reef, primeira prova do ‘Qualifying Series’ 2018.

O evento começou com dois dias de espera. O próximo ‘call’ está marcado para as 09:30 locais de amanhã (07:30 em Portugal Continental), sábado 13 de janeiro. Francisco Duarte e ‘Martim’ Magalhães vão estar juntos na bateria 4 da Ronda 1, também com o alemão Arne Bergwinkl e o israelita Daniel Klein.

Francisco e ‘Martim’ têm ambos 20 anos de idade e são os melhores surfistas algarvios da sua geração. São amigos e aprenderam a surfar na Praia da Rocha, Portimão, evoluindo depois além da fronteira regional. Francisco mudou-se há cinco anos para Lisboa, para estudar e aperfeiçoar o seu surf. ‘Martim’ esteve dois anos a treinar na Ericeira e também está a mudar-se este ano para Lisboa.

Francisco Duarte apresenta um surf de ‘rail’ sólido e consistente. ‘Martim’ Magalhães é mais progressivo, o que lhe valeu vitória na ‘expression session’ do Pro Zarautz em 2016, o seu melhor momento até agora no QS.

Em 2017, Francisco Duarte terminou a época em 720º no QS Internacional (100º no QS Europeu), tendo participado em 3 eventos. ‘Martim’ Magalhães disputou 7 eventos e terminou em 365º no QS Internacional (43º Europeu). O melhor resultado dos dois surfistas no QS 2017 foi alcançado em Portugal, no Caparica Pro. Francisco Duarte fez 49º (Ronda 3) e ‘Martim’ 17º (Ronda 4).

Os dois surfistas algarvios têm nível semelhante. Concluíram a Liga MEO Surf 2017 separados por 10 pontos, Francisco em 25º e ‘Martim’ em 26º. No QS 2017, ‘Martim’ Magalhães venceu uma bateria e registou uma média de 8,95 pontos por ‘heat’ disputado. Francisco Duarte conseguiu uma média de 7,94 pontos e não venceu qualquer ‘heat’ o ano passado.

‘Martim’ Magalhães é repetente em Israel. Francisco Duarte é estreante. O Seat Pro Netanya pres. by Reef é um QS 3000 (atribui 3 mil pontos ao vencedor), exclusivamente masculino. Vão estar 11 portugueses em prova. Os dois algarvios são os primeiros portugueses a entrar em ação. Seguem-se Pedro Coelho, Ruben Gonzalez, Luís Perloiro, Francisco Almeida, Henrique Pyrrait, Eduardo Fernandes e Francisco Carrasco, estes dois no mesmo ‘heat’. Recorde-se que Eduardo Fernandes é surfista da ‘Linha’, mas atleta do Algarve Surf Clube e Top 6 Nacional Open.

Na Ronda 2 têm entrada direta os portugueses Tomás Fernandes e Miguel Blanco e também o espanhol quase português Gony Zubizarreta. O grande ausente na prova israelita é o vice-campeão nacional português Pedro Henrique, vencedor do evento em 2016 e semi-finalista o ano passado.

Comentários