pub

Circuito Nacional de Bodyboard Feminino | Última Etapa

Joana Schenker Faz Melhor Onda no Guincho

Algarvia Joana Schenker chegou à última etapa já campeã nacional e fez a melhor onda na prova (®BoogieChicks)
Algarvia Joana Schenker chegou à última etapa já campeã nacional e fez a melhor onda na prova (®BoogieChicks)
pub

Marta Leitão venceu o Boogie Chicks’16, quinta e última prova do Campeonato Nacional de Bodyboard Feminino, disputada no passado sábado, 29 de outubro, na Praia do Guincho. Com o título Nacional já atribuído a Joana Schenker, Marta Leitão e Teresa Almeida disputavam o título de vice-campeã Nacional. A vitória no Boogie Chicks não foi suficiente para Marta Leitão superar a Campeã do Mundo ISA 2014 na tabela classificativa, servindo contudo para animar a final do Campeonato Nacional até aos últimos segundos. A algarvia Joana Schenker, da Associação de Bodyboard de Sagres, despediu-se do circuito com a melhor onda na última etapa.

Com as ondas do Guincho a ajudar, a organização iniciou a prova logo pelas 9h00, optando por realizar a prova em continuo desde o primeiro ao último heat. As favoritas à vitória, foram sempre vencendo confortavelmente os seus heat’s, não sendo por isso de estranhar que na final tenhamos tido as quatro melhores classificadas da temporada: Joana Schenker, Teresa Almeida, Marta Leitão e Ana Adão.

Marta Leitão venceu a etapa, mas não foi suficiente para ser vice-campeã nacional (®BoogieChicks)

Marta Leitão venceu a etapa, mas não foi suficiente para ser vice-campeã nacional (®BoogieChicks)

Na final, Teresa Almeida foi quem entrou melhor, liderando a derradeira bateria desde os primeiros segundos e quase até final. Porém, e sabendo da necessidade de amealhar o máximo número de pontos se quisesse chegar ao título de vice-campeã, Marta Leitão deu o tudo por tudo, sacando duas excelentes ondas a que os juízes atribuíram as notas de 6.15 pontos e 5.85 pontos. Ainda assim, tal resultado não foi suficiente para Marta Leitão chegar ao 2.º lugar da geral Nacional, ficando-se pelo terceiro lugar no ‘ranking’. No Boogie Chicks 16, Joana Schenker arrancou aos juízes a melhor nota, um 8.00 pontos.

No que toca ao Tiara Bodyboard Júnior, iniciativa das três organizações de eventos femininos em Portugal para premiar a melhor atleta júnior a competir no Nacional, o Boogie Chicks foi conquistado por Mariana Rosa. Já Teresa Padrela, levou a melhor a nível global sendo a atleta júnior a conquistar os melhores resultados no conjunto das provas.

Nas atividades paralelas ao evento principal que serviram para animar um sábado de “verão” no Guincho, a prova amadora foi conquistada por Madalena Padrela que, na final, superou Miriam Caires, Mariana Canto e Vera Azevedo. Já nas aulas de bodyboard que decorreram ao longo do dia, Maria Brava, Madalena Câncio Reis, Alexandra Pombo e Maria Padrela foram distinguidas com os prémios Boogie Destemida, Boogie Fair Play, Boogie Motivação e Boogie Esperança, respetivamente.

Pódio Boogie Chicks 2016 com as melhores bodyboarders portuguesas da atualidade (®BoogieChicks)

Pódio Boogie Chicks 2016 com as melhores bodyboarders portuguesas da atualidade (®BoogieChicks)

Final Boogie Chicks 16

1. Marta Leitão

2. Teresa Almeida

3. Joana Schenker

4. Ana Adão

Fonte: Nota de Imprensa Big Press | Boogie Chicks’16 (excepto última frase do primeiro parágrafo)

Links:

4ª Etapa CNBB Open + Feminino | Nazaré (outubro)

3ª Etapa CNBB Feminino | Miss Sumol Cup (Ílhavo, agosto)

3ª Etapa CNBB Open | Ericeira, agosto

2ª Etapa CNBB Open + Feminino + DPK | Costa de Caparica, março

1ª Etapa CNBB Open + Feminino + DPK | Figueira da Foz, março

Comentários