pub

Circuito Mundial de Qualificação da World Surf League

‘Martim’ Falha Segunda Ronda em Lacanau

Algarvio Frederico 'Martim' Magalhães em ação em Lacanau, hoje, quarta-feira 17 de agosto (®LaurentMasurel/WSL)
Algarvio Frederico 'Martim' Magalhães em ação em Lacanau, hoje, quarta-feira 17 de agosto (®LaurentMasurel/WSL)
pub

O surfista algarvio Frederico ‘Martim’ Magalhães (Clube Naval de Portimão) foi eliminado no Médoc Océan Lacanau Pro, 34ª etapa do circuito mundial de qualificação da World Surf League (WSL), evento que abre a segunda metade da ‘perna europeia’ do Qualifying Series (QS). Sete surfistas portugueses foram eliminados na primeira ronda da competição, hoje, quarta-feira 17 de agosto.

A competição na famosa praia francesa arrancou hoje com mar de meio metro, tendo sido realizadas as primeiras rondas feminina, primeiro; e masculina. A pontuação média por onda na esmagadora maioria das baterias da ronda masculina ‘andou na casa’ dos 4 ou dos 5 pontos. Foram muito poucas as ondas que hoje ultrapassaram a fasquia dos 7 e 8 pontos, apesar de terem estado na água alguns dos melhores surfistas europeus.

Frederico ‘Martim’ Magalhães perdeu na terceira bateria da ronda inaugural masculina, em 3º lugar, com uma pontuação de 8,50 (3,93+4,57), a precisar de uma onda de 6,44 pontos para alcançar o 2º lugar e o apuramento para a ronda seguinte. O surfista algarvio concluiu a prova em 97º e somou 30 pontos para o ‘ranking’ QS, no qual segue em 40º na zona europeia.

Na ronda inaugural masculina em Lacanau, hoje, foram eliminados mais seis portugueses: Henrique Pyrrait, João Guedes, Pedro Coelho, Miguel Madeira, Francisco Carrasco e Robertson Gonçalves. Perderam todos em 4º nas respetivas baterias, com excepção para Henrique Pyrrait, eliminado em 3º no seu ‘heat’.

João Kopke e Luís Perloiro foram os únicos portugueses que conseguiram avançar para a segunda ronda. Portugal não tem representantes na divisão feminina em Lacanau. Na Ronda 2 masculina vão ter entrada direta os portugueses Ruben Gonzalez, Miguel Blanco e Eduardo Fernandes. Este último é atleta do Algarve Surf Clube e viaja quase direto da Costa Rica, onde ajudou a seleção portuguesa de surf a sagrar-se Vice-Campeã do Mundo ISA 2016.

Na Ronda 3 masculina vão ter entrada direta mais três portugueses. Além de Tomás Fernandes, vão entrar em prova Pedro Henrique e Frederico Morais, os melhores portugueses no QS. Pedro Henrique fez 5º lugar individual nos ISA World Surfing Games na Costa Rica e ocupa o 5º lugar no ‘ranking’ europeu QS (57º no ‘ranking’ mundial). Frederico Morais é 14º na Europa, mas segue em 30º no ‘ranking’ geral QS, com uma brilhante campanha, que inclui uma vitória em Martinica.

Na Ronda 3 vai entrar também o espanhol quase português Gony Zubizarreta, que segue no 3º lugar europeu do QS, 46º a nível mundial.

Comentários