pub

Circuito Mundial de Qualificação WSL

Yolanda faz 5º Lugar no Santa Cruz Pro

Algarvia Yolanda Hopkins em ação nos quartos-de-final do Santa Cruz Pro (®LaurentMasurel/WSL)
Algarvia Yolanda Hopkins em ação nos quartos-de-final do Santa Cruz Pro (®LaurentMasurel/WSL)
pub

Após o 4º dia já não há representantes do Algarve no Santa Cruz Pro. A algarvia Yolanda Hopkins, atleta do Clube Naval de Portimão, foi hoje eliminada num destemido duelo de quartos-de-final contra a portuguesa Carol Henrique e Eduardo Fernandes, do Algarve Surf Clube, perdeu na ronda de 16 masculina. José Ferreira está nas meias-finais masculinas e reforça a possibilidade de uma vitória portuguesa no evento inaugural do circuito mundial de qualificação da World Surf League em Torres Vedras.

Este sábado foram realizadas a ronda 3 e os quartos-de-final masculinos e os quartos-de-final femininos. O mar ‘subiu’ em Santa Cruz, mas a formação das ondas esteve fortemente afetada pelo vento, dificultando a performance dos surfistas.

Eduardo Fernandes, surfista de Carcavelos mas federado pelo Algarve Surf Clube, não se encontrou nas condições do dia. Edu (9,20 | 4,67+4,53) perdeu em 4º na sua bateria da Ronda 3, na qual foi também eliminado o português Nic Von Rupp (3º). A bateria foi ganha pelo basco Hodei Collazo, com o brasileiro Luan Carvalho a conseguir o 2º lugar de apuramento. Com este resultado, Eduardo Fernandes conclui o Santa Cruz Pro em 13º, recebendo 280 pontos para o ‘ranking’ QS e um prémio monetário no valor de 200 dólares.

José Ferreira venceu a sua bateria na Ronda 3 com duas ondas de 8,17 pontos, alcançando um dos mais elevados ‘scores’ do campeonato. Depois, nos quartos-de-final eliminou o brasileiro Luan Carvalho. Nas meias-finais, o português vai bater-se com Jorgann Couzinet, surfista da Ilha de Reunião ao qual se impôs na Ronda 3.

No quadro feminino, a algarvia Yolanda Hopkins (8,00 | 4,40+3,60) perdeu o duelo de quartos-de-final contra a portuguesa Carol Henrique, vencedora das três últimas etapas na Liga Moche e clara favorita na bateria. A algarvia não se encolheu e fez uma primeira onda mais forte do que a primeira da adversária. Carol Henrique arrumou a questão com uma onda de 6,50 pontos, a melhor de toda a ronda feminina.

Yolanda Hopkins conclui o Santa Cruz Pro em 5º lugar, com um prémio de 500 dólares e 420 pontos para o ‘ranking’ mundial de qualificação.

Os surfistas estão convocados para as 10h30 de domingo, dia 24 de julho, para a possibilidade de encerrar esta primeira prova QS em Santa Cruz, 5ª etapa europeia do circuito mundial de qualificação WSL deste ano.

Meias-Finas

Masculinos

Tom Cloarec (França) vs Andy Criere (França)

Jorgann Couzinet (Ilha Reunião) vs José Ferreira (Portugal)

Femininas

Carlos Henrique (Portugal) vs Maddi Aizpurua Garbayo (P. Basco)

Emily Currie (Reino Unido) vs Garazi Sanchez Ortun (P. Basco)

Links:

Dia 3

Dia 2

Dia 1

Comentários