pub

Circuito Mundial de Qualificação WSL

Meninas Ocupam o Palco em Santa Cruz

Algarvio Jakob Lilienweiss foi a única baixa algarvia desta quinta-feira em Santa Cruz (®LaurentMasurel/WSL)
Algarvio Jakob Lilienweiss foi a única baixa algarvia desta quinta-feira em Santa Cruz (®LaurentMasurel/WSL)
pub

Duas baterias ganhas com ‘scores’ acima dos 15 pontos deram hoje o protagonismo às meninas no Santa Cruz Pro 2016. O evento inaugural do circuito mundial de qualificação da World Surf League em Torres Vedras cumpriu esta quinta-feira, 21 de julho, o segundo dia de ação. Foi concluída a Ronda 1 masculina e realizada a Ronda 1 feminina. Quatro atletas de clubes algarvios fizeram-se ao mar, com ondas pequenas, e apenas um ficou pelo caminho.

Os surfistas evoluíram hoje em mar pequeno, semelhante ao de véspera, mas com ondas de ‘set’ mais frequentes. Jorgann Couzinet ‘assinou’ a melhor onda (8,67 pontos) e a segunda melhor pontuação (15,34) do dia. Foi o único ‘heat’ masculino acima dos 15 pontos. Na divisão feminina, a portuguesa Carol Henrique deu ‘show’ (15,17 | 7+8,17) e a basca Garazi Sanchez Ortun realizou a melhor exibição do dia (15,77 | 8,50+7,27). Dois a um, a favor das meninas, no segundo dia do Santa Cruz Pro.

Os rapazes foram os primeiros a fazer-se ao mar na Praia do Mirante, para concluir a Ronda 1, interrompida na véspera após 8 baterias. Estiveram hoje em ação, na divisão masculina, os algarvios Frederico ‘Martim’ Magalhães (Clube Naval de Portimão) e Jakob Lilienweiss (Algarve Surf Clube); e Eduardo Fernandes, surfista de Carcavelos mas atleta do Algarve Surf Clube.

Eduardo Fernandes (11,33 | 6,33+5), que está convocado para representar Portugal nos Jogos Mundiais ISA na Costa Rica, em agosto, apurou-se em 2º na sua bateria e vai estar, na Ronda 2, num ‘heat’ 100% português, contra Ruben Gonzalez, João Kopke e Tomás Fernandes.

Eduardo Fernandes vai estar numa bateria só com portugueses na Ronda 2 (®LaurentMasurel/WSL)

Eduardo Fernandes vai estar numa bateria só com portugueses na Ronda 2 (®LaurentMasurel/WSL)

Frederico ‘Martim’ Magalhães (9,24 | 3,67+5,57) também ‘passou’ em 2º na sua bateria, atrás de Tomás Fernandes e à frente de um espanhol e um dinamarquês. Na Ronda 2 (ronda de 32 atletas), o surfista algarvio vai defrontar Jorgann Couzinet (Ilha Reunião), o autor da melhor onda de hoje; o francês Lens Arancibia Avila, que hoje se impôs a Eduardo Fernandes; e o basco Hodei Collazo.

Jakob Lilienweiss (6,36 | 3,33+3,03) foi a única baixa algarvia de hoje em Santa Cruz. O surfista de Tavira competiu na última bateria da Ronda 1 masculina e perdeu em 4º, concluindo o QS 1.000 em 49º, com 110 pontos para o ‘ranking’ mundial de qualificação.

Jakob Lilienweiss num momento do dia que soube a pouco (®LaurentMasurel/WSL)

Jakob Lilienweiss num momento do dia que soube a pouco (®LaurentMasurel/WSL)

Na divisão feminina, a algarvia Yolanda Hopkins (8,13 | 3,83+4,30) impôs-se à portuguesa Inês Bispo (3ª) e à francesa Evelyn Gontier (4ª). A surfista de Quarteira apurou-se em 2º, atrás da basca Maddi Aizpurua Garbayo e avançou para os quartos-de-final. Nessa fase ‘girl-on-girl’, Yolanda Hopkins vai medir forças com Carol Henrique.

A chamada para sexta-feira, 22 de julho, está marcada para as 09h00 e vai ser na Praia da Física, o local principal do evento, para o qual as previsões dos próximos dias parecem ser melhores.

Links:

Dia 1

Comentários