pub

Seat Pro Netanya | QS 1500

Israelitas Aplaudem ‘Martim’ Magalhães

'Martim' Magalhães no mini-campeonato de exibição prévio ao QS em Netanya (®WSL/LaurentMasurel)
'Martim' Magalhães no mini-campeonato de exibição prévio ao QS em Netanya (®WSL/LaurentMasurel)
pub

Os surfistas do Seat Pro Netanya presented by Billabong foram recebidos este sábado, 16 janeiro, em ambiente de festa e com muitos aplausos na Praia Kontiki, em Israel. O evento principal não começou, mas muitos surfistas estiveram em ação num mini-campeonato de exibição, entre os quais os algarvio Frederico ‘Martim’ Magalhães (Clube Naval de Portimão), que chegou às meias-finais.

Aspeto da zona do campeonato em Netanya (®WSL/LaurentMasurel)

Aspeto da zona do campeonato em Netanya (®WSL/LaurentMasurel)

O Seat Pro Netanya presented by Billabong é o primeiro evento do circuito ‘Qualifying Series’ Europeu 2016. É também o primeiro QS na carreira de ‘Martim’ Magalhães, que atingiu na época passada a idade limite como junior. É ainda o primeiro QS alguma vez realizado em Israel e apenas o segundo evento de surf profissional a visitar aquele país, desde um campeonato realizado em 1993 pela então Association of Surfing Professional (ASP, que agora se denomina WSL).

Praia Kontiki, este sábado, durante o mini-campeonato de exibição AirMerrick & GoPro Freestyle Session (®WDL/LaurentMasurel)

Praia Kontiki, este sábado, durante o mini-campeonato de exibição AirMerrick & GoPro Freestyle Session (®WDL/LaurentMasurel)

A janela de competição do QS de 1.500 pontos teve início este sábado e prolonga-se até 27 de janeiro. Hoje, o mar esteve pequeno em Kontiki e a organização decidiu não dar início à prova principal (‘Lay Day’). Mas as condições permitiram a realização de várias baterias da AirMerrick & GoPro Freestyle Session, com aéreos e manobras progressivas por parte de surfistas internacionais e locais. O interesse do público e dos surfistas foi tão grande que a exibição acabou por ser dividida em fases, como um mini-campeonato, ao contrário do formato habitual de bateria única com muitos atletas.

Surfista algarvio em ação no AirMerrick & GoPro Freestyle Seesion, onde chegou às meias-finais (®WSL/LaurentMasurel)

Surfista algarvio em ação no AirMerrick & GoPro Freestyle Seesion, onde chegou às meias-finais (®WSL/LaurentMasurel)

A AirMerrick & GoPro Fresstyle Session começou nos quartos-de-final, formatada em baterias com seis atletas cada. ‘Martim’ Magalhães esteve em baterias com surfistas franceses e peruanos e também com o português Pedro Henrique, campeão europeu em título. Ambos passaram a primeira-fase e perderam na seguinte, meias-finais, sempre nas mesmas baterias. A final de exibição não chegou a ser realizada.

Surfista algarvio em destaque na página do evento no site da World Surf League, com três fotos em grande plano (®WSL/LaurentMasurel)

Surfista algarvio em destaque na página do evento no site da World Surf League, com três fotos em grande plano (®WSL/LaurentMasurel)

Os israelitas na praia celebraram cada manobra nas ondas com muitos aplausos. “Isso dá muito pica ao ‘Martim'”, disse ao Swell-Algarve fonte próxima do surfista algarvio. A festa está garantida e as emoções de Frederico ‘Martim’ Magalhães estão no ponto certo para a estreia no QS. As previsões locais apontam para um domingo de mar pequeno, esperando-se que o ‘mar suba’ segunda e terça-feira. O surfista algarvio vai entrar diretamente na Ronda 2 (ronda de 64 atletas) do Seat Pro Netanya, numa bateria contra dois surfistas israelitas e um basco.

Comentários