pub

Seat Pro Netanya presented by Billabong | QS 1.500

‘Martim’ Faz Estreia QS em Israel

'Martim' Magalhães vai disputar, em Israel, o primeiro QS da sua carreira e está com "pica" (®PauloMarcelino/Arquivo/Dez2015/PraiaRocha)
'Martim' Magalhães vai disputar, em Israel, o primeiro QS da sua carreira e está com "pica" (®PauloMarcelino/Arquivo/Dez2015/PraiaRocha)
pub

Frederico ‘Martim’ Magalhães (Clube Naval de Portimão) vai estrear-se no circuito mundial ‘Qualifying Series’ (QS) da World Surf League. A estreia vai acontecer em Israel, no Seat Pro Netanya presented by Billabong, evento inaugural do QS Europeu 2016. O surfista algarvio viaja quinta-feira, 14 de janeiro, para Telavive. O campeonato começa no sábado e oferece 1.500 pontos ao vencedor e um ‘prize money’ total de 25 mil dólares.

“Sinto-me ligeiramente nervoso. É o meu primeiro QS. Mas estou com imensa vontade, com muita pica”, disse ‘Martim’ Magalhães, ao Swell-Algarve. O surfista algarvio vai viajar para Israel na companhia de Henrique ‘Neco’ Pyrrait, seu companheiro de treinos na Ericeira. Os dois atletas não vão ser acompanhados pelo treinador, José Maria Pyrrait, mas vão ficar hospedados, a cinco quilómetros do local da prova, em casa dos pais de um atleta israelita que também está a treinar-se com o ‘grupo Pyrrait’ na Ericeira.

Da esquerda: Frederico 'Martim' Magalhães, Henrique 'Neco' Pyrrait e José Maria Pyrrait (®PauloMarcelino/Arquivo/Jan2016)

Da esquerda: Frederico ‘Martim’ Magalhães, Henrique ‘Neco’ Pyrrait e José Maria Pyrrait (®PauloMarcelino/Arquivo/Jan2016)

O evento tem uma janela de competição de 16 a 27 de janeiro e vai decorrer na Praia de Kontiki, em Netanya, próximo de Telavive. Além de estarem hospedados na casa de uma família local, os dois jovens surfistas portugueses vão ter a companhia de outros dois surfistas que conhecem bem e que também vão competir no evento: o português Pedro Henrique, Campeão Europeu QS 2015; e o galego Gony Zubizarreta, experiente surfista Top 100 Mundial e presença assídua nas ondas da Ericeira.

‘Martim’ vai competir na Ronda 1 contra dois surfistas israelitas e um espanhol. “Não conheço nenhum deles”, confessou o surfista algarvio, ao Swell-Algarve. A WSL garante que as ondas na Praia Kontiki são das melhores em Israel e famosas pela sua formação tubular. “Já me disseram que é das piores ondas de Israel, mas as previsões são boas”, contrapõe o surfista algarvio.

Evento vai decorrer na Praia Kontiki, en Netanya, Israel (®WSL/JohnRespondek)

Evento vai decorrer na Praia Kontiki, en Netanya, Israel (®WSL/JohnRespondek)

Frederico ‘Martim’ Magalhães deixou de ser junior e dá início este ano à fase adulta da sua carreira. Os seus objetivos são fazer a Liga Moche e conseguir ficar no Top 16 (em 2015 foi 25º); e participar nos eventos do QS Europeu, “naqueles em que conseguir entrar”, ressalvou o surfista. “Vou tentar ir a um QS no Havai, no final do ano”, revelou ‘Martim’

O início da carreira internacional adulta tem o obstáculo da falta de ‘seeding’, o que pode complicar as entradas nos eventos; mas este primeiro QS em Israel pode ajudar o surfista algarvio. “O campeonato está com pouca gente. Se passar um ‘heat’ já vai dar pontos. Vou aproveitar ao máximo, para poder começar outros campeonatos já com seeding”, explicou ‘Martim’ Magalhães.

'Martim' tem treinado em ondas grandes e está mais consistente e à-vontade em qualquer mar (®BendoSantos/Arquivo/Dez2015/Kanguru)

‘Martim’ tem treinado em ondas grandes e está mais consistente e à-vontade em qualquer mar (®BendoSantos/Arquivo/Dez2015/Kanguru)

O surfista algarvio está a treinar-se com os Pyrrait, na Ericeira, desde Outubro. Tem feito mais treino físico e tem surfado muito em ondas grandes e pesadas. “O meu surf está mais consistente e sinto-me muito mais à-vontade no mar. Evolui muito nos tubos e consigo manda-los com mais facilidade”, comentou ‘Martim’, sublinhando que o tubo “é o critério mais importante” para os juízes.

O Ano dos ‘Novos Adultos’

‘Martim’ Magalhães é o primeiro ex-junior algarvio a estrear-se no circuito QS, mas outros dois surfistas do Algarve, Francisco Duarte (Clube Naval de Portimão) e Jakob Lilienweiss (Algarve Surf Clube) estão na mesma situação e preparam também as respetivas estreias no circuito mundial dos adultos.

“Estive duas semanas parado devido a uma ferida num pé e devo regressar à água no próximo fim-de-semana. Este ano vou fazer os QS Europeus e vou a Marrocos e à Martinica. É um ano de estreia, apenas para começar a ganhar ‘seeding’. Ainda não sei se vou o mês de Fevereiro para a Austrália”, disse Francisco Duarte, ao Swell-Algarve.

“Estive duas semanas parado, na Alemanha. Quero voltar ao ritmo e ainda não estou com as pranchas certas. Vou fazer os QS Europeus, aqueles em que conseguir entrar. Ainda não tenho o calendário definido”, disse Jakob Lilienweiss, ao Swell-Algarve.

Comentários