pub

#4 Championship Tour | World Surf League

Peterson e Florence Vencem Margaret River Pro

John John Florence e Lakey Peterson, vencedores do Margaret River Pro, 4ª Etapa do Championship Tour 2019 da World Surf League (®MattDunbar/WSL via GettyImages)

Lakey Peterson (EUA) e John John Florence (HAW) venceram o Margaret River Pro, 4ª etapa do Championship Tour 2019 da World Surf League, concluída esta terça-feira 4 de junho, com ondas de 1,8 a 2,4 metros de altura no Main Break (Pico Principal) do evento, na Austrália Ocidental. Florence conquistou o segundo título em eventos esta época, derrotando na final masculina o seu amigo Kolohe Andino (EUA); e Peterson alcançou a sua primeira vitória em Margaret River impondo-se na final Tatiana Weston-Webb (BRA).

Concluídas as quatro primeiras etapas da temporada, a corrida ao Título Mundial 2019 começa a ganhar forma já próximo da marca da metade da época, o Oi Rio Pro (Brasil). Os ‘rankings’ finais (masculino e feminino) do Championship Tour 2019 não só vão decidir quem são os campeões do mundo mas também vão determinar os primeiros dezoito (18) surfistas apurados para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020, onde o surf vai fazer a sua estreia olímpica. Florence é líder destacado no ‘ranking’ masculino e Peterson subiu ao 6º lugar feminino.

A boa prestação de Lakey Peterson em Margaret River não surpreende depois da dura batalha travada o ano passado contra Stephanie Gilmore (AUS) pelo título mundial feminino. Infelizmente para Peterson, os resultados o ano passado não lhe foram favoráveis e não conseguiu o seu primeiro título mundial, enquanto Gilmore conquistou o sétimo. Depois de um arranque lento de época, a vitória da norte-americana na Austrália coloca-a de novo na corrida ao título e para a qualificação olímpica.

A vitória no Margaret River Pro aumenta para quatro o número de vitórias de Peterson em eventos do CT e assinala a sua primeira vitória na Austrália Ocidental. Em condições de tamanho considerável em Main Break, a surfista de 24 anos ultrapassou Weston-Webb na final, a tricampeã mundial Carissa Moore (HAW) nas meias-finais e Stephanie Gilmore nos quartos-de-final. A norte-americana elevou a fasquia com a melhor pontuação em bateria este ano, um 18,83 (em 20 pontos possíveis).

O sucesso de John John Florence reforça a sua posição como Nº 1 Mundial, liderança que assumiu desde que venceu o Rip Curl Pro Bells Beach (2ª etapa do ano). O bicampeão do mundo, agora duas vezes vencedor em eventos esta época aumentou a sua liderança sobre Kolohe Anadino (agora segundo, a 5.740 pontos de distância) e o brasileiro Italo Ferreira (6.595 pontos atrás do líder).

Foi a sétima vitória de Florence em eventos CT, a segunda desde que regressou esta época depois de uma lesão num joelho que o manteve afastado durante quase toda a última temporada… ano seguinte a ter conquistado o seu segundo título mundial consecutivo. Andino falhou a sua primeira vitória em eventos CT, depois de já ter disputado cinco finais.

O português Frederico Morais participou no Margaret River Pro, fazendo a sua estreia no Championship Tour 2019. O surfista de Cascais não conseguiu o ano passado a manutenção no CT mas ficou com o estatuto de segundo suplente e foi chamado em substituição do lesionado Mickey Wright.

Frederico Morais terminou em 32º lugar, eliminado na Ronda 2, numa bateria que liderou até cinco minutos do fim contra os brasileiros Yago Dora e Willian Cardoso.

O Championship Tour WSL viaja agora para o Brasil, para a Praia de Saquarema, Rio de Janeiro, na qual irá realizar-se a 5ª Etapa, nos dias 20 a 28 de junho.

Fonte: Nota de Imprensa World Surf League (editada)

Championship Tour 2019

3ª Etapa | Corona Bali Protected | Indonésia | maio

2ª Etapa | Rip Curl Pro Bells Beach | Austrália | abril

1ª Etapa | Quiksilver Pro Gold Coast | Austrália | abril

 

Comentários