pub

#5 European Qualifying Series 2019 WSL | QS 1500

Algarvia Yolanda Hopkins Faz 5º lugar em Zarautz

Yolanda Hopkins em ação em Zarautz. Algarvia segue no 10º posto do 'ranking' europeu QS Feminino (®dr)

A surfista algarvia Yolanda Hopkins terminou em 5º lugar Feminino no Cabreiroá Pro Zarautz Basque Country presented by Oakley, quinta etapa europeia do circuito mundial Qualifying Series 2019 da World Surf League. A atleta do Clube Naval Portimão foi eliminada nos quartos-de-final pela compatriota Teresa Bonvalot, que concluiu a prova feminina em 3º.

A prova decorreu entre os dias 8 a 12 de maio, castigada por condições inconstantes, que obrigaram os surfistas a negociar mar pequeno a grande, limpo a ventoso. A algarvia Yolanda Hopkins desceu um lugar no ‘ranking’ europeu QS Feminino, para o 10º posto.

Teresa Bonvalot foi a melhor portuguesa em Zarautz e subiu dois lugares no mesmo ‘ranking’, ocupando agora a 7ª posição. A melhor portuguesa no ‘ranking’ é Carol Henriques, que fez 5º lugar em Zarautz e mantém o 3º posto europeu feminino. A campeã nacional Camilla Kemp terminou em 11º em Zarautz e desceu três posições no ‘ranking’ europeu, para o 11º posto.

Pedro Henrique foi o melhor português masculino em Zarautz, terminando a prova em 5º lugar. O luso-brasileiro Halley Batista, 33 anos de idade e residente no Algarve desde janeiro de 2017 também esteve em prova, terminando em 25º, eliminado na Ronda 4 masculina.

O Cabreiroá Pro Zarautz Basque Country presented by Oakley foi ganho por dois surfistas bascos, Pauline Ado e Vicente Romero. Foi a terceira vitória de Pauline em Zarautz e a primeira vitória de Vicente no circuito mundial de qualificação da World Surf League.

Comentários