pub

Las Americas Pro Tenerife | QS 1500

Luca Guichard Regressa ao QS em Tenerife

Algarvio Luca Guichard está num bom momento. Tem o seu negócio de Kombucha na Noruega, acaba de pedir a namorada em casamento e está de regresso ao Qualifying Series (®PauloMarcelino/arquivo)
pub

Começou a ação no Las Americas Pro Tenerife, segunda prova masculina, primeira feminina do ‘Qualifying Series’ Europeu. O QS 1500 nas Ilhas Canárias marca o regresso do surfista algarvio Luca Guichard ao circuito mundial de qualificação da World Surf League. Em prova está um forte contingente português, incluindo cinco surfistas algarvios. Yolanda Hopkins (Clube Naval de Portimão) foi a única baixa algarvia no primeiro dia.

Salvador Couto foi a única baixa portuguesa masculina no primeiro dia, eliminado em 3º na sua bateria da Ronda 1, iniciada e concluída esta terça-feira, 30 de janeiro. Luca Guichard (Algarve Surf Clube) assinalou o seu regresso ao Qualifying Series com vitória na sua bateria da Ronda 1. O algarvio de nacionalidade Norueguesa venceu tranquilo com um par de notas na casa dos cinco pontos (11,16 pontos | 5,23+5,93). Luca já não participava num evento QS há sete, ou oito anos.

Na Ronda 1, que preencheu a sequência do dia em Tenerife, estiveram algarvios em ação. Francisco Duarte (Clube Naval de Portimão) conseguiu a sua primeira vitória no mundial de qualificação, numa bateria em que também avançou o português Gonçalo Vieira, em 2º. O algarvio venceu com 11,14 pontos (5,67+5,47) em 20 possíveis.

Luca Guichard, em primeiro plano desfocado, com Eduardo Fernandes e Jakob Lilienweiss, à direita, em Tenerife (®LaurentMasurel/WSL)

Jakob Lilienweiss (Algarve Surf Clube) também competiu esta terça-feira e avançou para a Ronda 2. O surfista de Tavira apurou-se em 2º, numa bateria ganha pelo português Eduardo Fernandes, surfista da Linha do Estoril mas também atleta federado pelo Algarve Surf Clube.

Na Ronda 2 masculina, que poderá ‘ir para a água’ quarta-feira, 31 de janeiro, vai estar com entrada direta o algarvio Frederico ‘Martim’ Magalhães (Clube Naval de Portimão). Tomás Fernandes, Pedro Coelho, Ruben Gonzalez, Francisco Carrasco, Henrique Pyrrait e Luís Perloiro são outros portugueses com entrada direta na Ronda 2, tal como o galego quase português Gony Zubizarreta.

O algarvio Frederico ‘Martim’ Magalhães vai competir no ‘Heat 2’ da Ronda 2 contra o francês Adrien Toyon, o costa-riquenho Jason Torres, que fez ondas de 7 pontos na Ronda 1; e o inglês Angus Scotney. Na Bateria 4 vai estar o algarvio Luca Guichard, contra Pedro Neves (Brasil), Gonzalo Gutierrez (Espanha) e Matias Rodriguez (Ilhas Canárias).

Portugueses em Tenerife. Os algarvios Francisco Duarte à esquerda e Frederico ‘Martim’ Magalhães à direita. Ao centro, Salvador Couto, do Porto (®LaurentMasurel/WSL)

O algarvio Jakob Lilienweiss vai surfar na Bateria 13, onde também vai estar Gony Zubizarreta, Gearoid McDaid (Irlanda) e David Noy (Israel). Na Bateria 15 vai estar o algarvio Francisco Duarte, contra Luke Dillon (Reino Unido), Luís Perloiro (Portugal) e Arran Strong (Reino Unido). Eduardo Fernandes, do Algarve Surf Clube, vai defrontar Henrique Pyrrait (Portugal), Jonathan Gonzalez (Ilhas Canárias) e Adur Amatriain (País Basco) na Bateria 14.

Algarvia Yolanda Hopkins Infeliz na Estreia

Yolanda Hopkins (Clube Naval de Portimão) não foi feliz na estreia da nova temporada do QS Feminino Europeu. A surfista de Quarteira/Vilamoura perdeu hoje em Tenerife, eliminada em 4º lugar na Bateria 5 da Ronda 1 Feminina. A portuguesa Leonor Fragoso perdeu em 3º na mesma bateria, ganha pela portuguesa Carol Henrique, atual campeã europeia.

O dia foi cinzento para a comitiva portuguesa na divisão feminina. Mariana Assis foi eliminada logo na primeira bateria. Esta terça-feira foram realizadas em Tenerife seis baterias da Ronda 1 Feminina. A portuguesa Camilla Kemp vai estar em ação na Bateria 7, tendo sido poupada hoje, seu dia de aniversário.

 

Comentários