pub

2019

Portimão Candidata a Cidade Europeia do Desporto

Entrega do inquérito que formaliza a candidatura de Portimão a Cidade Europeia do Desporto 2019 (®PauloMarcelino)
Entrega do inquérito que formaliza a candidatura de Portimão a Cidade Europeia do Desporto 2019 (®PauloMarcelino)
pub

Portimão é candidata a Cidade Europeia do Desporto 2019. A candidatura foi formalizada esta quinta-feira 25 de maio, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Portimão, com a entrega de documentos ao presidente da ACES Portugal – Associação Portuguesa das Cidades Europeias do Desporto, Nuno Santos. Neste processo, Portimão irá ter a concorrência de Cascais, que também vai formalizar candidatura.

Na cerimónia oficial desta tarde, a presidente da Câmara de Portimão, Isilda Gomes, entregou ao presidente da ACES Portugal um caderno com respostas a um inquérito sobre elementos materiais e humanos relacionados com a capacidade desportiva do concelho. É o grau zero da candidatura.

O processo vai decorrer até ao final do ano. Durante esse período, os serviços camarários irão elaborar um dossiê de candidatura e produzir um video promocional e a cidade irá receber uma visita de avaliação, feita por uma comitiva europeia. A cidade vencedora será anunciada em janeiro de 2018.

“Portimão é a primeira candidata a Cidade Europeia do Desporto 2019. Cascais também vai ser candidata. Vai ser uma luta árdua”, anunciou Nuno Santos, depois de receber o documento das mãos de Isilda Gomes. Na sala estiveram presentes dirigentes de alguns clubes do concelho e o presidente da ACES Portugal lançou-lhes o repto. “Sem o apoio dos clubes e das associações, isto não tem pernas para andar”, avisou.

Candidatura formalizada. Na mesa, da esquerda: Ana Fazenda, vereadora do Desporto; Isilda Gomes, presidente da Câmara de Portimão; Nuno Santos, presidente ACES Portugal; e Custódio Moreno, diretor regional IPDJ Algarve (®PauloMarcelino)

Candidatura formalizada. Na mesa, da esquerda: Ana Fazenda, vereadora do Desporto; Isilda Gomes, presidente da Câmara de Portimão; Nuno Santos, presidente ACES Portugal; e Custódio Moreno, diretor regional IPDJ Algarve (®PauloMarcelino)

O diretor regional do Instituto Português do Desporto e Juventude no Algarve sublinhou que “o associativismo em Portimão é um tecido desportivo com qualidade”. Custódio Moreno manifestou a convicção de que Portimão vai ganhar e declarou que ser Cidade Europeia do Desporto em 2019 será “uma bandeira da cidade e uma bandeira regional”.

O IPDJ está presente no processo como parceiro financiador das cidades europeias do desporto em Portugal. Todas as cidades portuguesas que têm sido nomeadas cidades europeias do desporto nos últimos cinco anos receberam um financiamento de 100 mil euros do IPDJ. O presidente da ACES Portugal revelou que está a negociar com o IPDJ o aumento da quantia para 200 a 250 mil euros, “por objetivos de eventos realizados”.

“Esta não é uma candidatura faraónica. Não vai haver gastos, ou obras faraónicas”, declarou a presidente da Câmara de Portimão. Isilda Gomes dirigiu-se aos dirigentes de clubes presentes e elogiou o esforço que têm feito nos últimos três anos, sem qualquer apoio camarário. “Esta candidatura é uma oportunidade para o movimento associativo”, declarou a autarca.

O concelho de Portimão tem cerca de 80 clubes. Este ano, a autarquia retomou os contratos-programa associativos e alocou cerca de 200 mil euros aos clubes do concelho. Esse ‘bolo’ poderá ser reforçado em 2018 e será, certamente, aumentado em 2019, caso Portimão seja escolhida para Cidade Europeia do Desporto nesse ano.

O título Cidade Europeia do Desporto deve anunciar um ano pleno de eventos desportivos, a esmagadora maioria dos quais cabe aos clubes propor e organizar. Isilda Gomes sugeriu disponibilidade da autarquia em apoiar diretamente a realização de alguns eventos. É esse o desafio lançado aos clubes: realizar eventos. E o mote sob o qual devem ser imaginados os eventos é: Desporto para Todos.

De acordo com o levantamento feito sobre equipamentos desportivos no concelho, Portimão tem apenas uma lacuna relacionada com a candidatura: o concelho não tem uma pista de atletismo. Essa falha parece ter solução à vista. “Se calhar, vamos ter uma pista de atletismo com o apoio do IPDJ, se formos cidade europeia do desporto”, vaticinou Isilda Gomes.

Eurovision Games em Setembro

Durante a cerimónia, Isilda Gomes revelou que Portimão vai receber os Eurovision Games na primeira semana de Setembro deste ano. “Já está tudo acertado com a RTP, que nos fez o convite. Não nos vai custar nada”, acrescentou a presidente da Câmara Municipal de Portimão.

A autarca fez a revelação como forma de provar que Portimão tem um bom parque de equipamentos desportivos. “Isto significa que nós temos meios”, sublinhou Isilda Gomes. Portimão vai estar numa campanha televisiva de anúncio dos Eurovision Games durante toda a última semana de Agosto. Essa divulgação é um promoção turística do concelho e pode também ajudar na candidatura a Cidade Europeia do Desporto 2019.

Comentários