pub

Circuito Mundial de Qualificação WSL

Gony e Carol Vencem em Zarautz

Galeogo Gony Zubizarreta e portuguesa Carol Henrique, os vencedores do QS 1.500 Pro Zarautz 2017 (®WSL/Poullenot/Aquashot)
Galeogo Gony Zubizarreta e portuguesa Carol Henrique, os vencedores do QS 1.500 Pro Zarautz 2017 (®WSL/Poullenot/Aquashot)
pub

Gony Zubizarreta e Carol Henrique venceram o Pro Zarautz 2017, 2ª etapa europeia do circuito mundial de qualificação (‘qualifying series’) da World Surf League, no País Basco. O surfista galego-quase-português alcançou a segunda vitória europeia consecutiva no QS 2017. A campeã nacional portuguesa de surf disputou a segunda final europeia QS consecutiva e alcançou a mais importante vitória até ao momento na sua carreira.

O Pro Zarautz terminou ontem, domingo 23 de abril, e atribuiu 1.500 pontos e um prémio monetário no valor de 10 mil dólares a cada um dos vencedores, masculino e feminino. O surfista português Vasco Ribeiro também esteve em destaque na prova Basca, ao alcançar o 3º lugar, eliminado nas meias-finais por Gony Zubizarreta. O galego, que há menos de duas semanas venceu o Caparica Pro (QS 1000), impôs-se na final em Zarautz ao francês Jorgann Couzinet, 2º no ‘ranking’ internacional QS.

Gony Zubizarreta venceu o 2º QS europeu consecutivo. Galeogo subiu 67 lugares no 'ranking' internacional, para o 28º posto (®WSL/Poullenot/Aquashot)

Gony Zubizarreta venceu o 2º QS europeu consecutivo. Surfista galego lidera ‘ranking’ europeu e é 28º no ‘ranking’ internacional (®WSL/Poullenot/Aquashot)

Gony Zubizarreta optou pelo jogo de paciência e seleção de ondas e venceu a final com 16,50 pontos (8,90+7,60), em 20 possíveis, contra os 14,50 pontos alcançados pelo adversário francês. “Estou super-feliz. Depois de vencer na Caparica senti-me bem e super confiante no meu surf e é sempre um prazer vir a Zarautz. Alguns dos meus melhores amigos estão aqui e eu venho cá desde sempre; isto é como uma segunda casa para mim”, comentou Gonny Zubizarreta.

Em prova na divisão masculina estiveram também os algarvios Frederico ‘Martim’ Magalhães (33º) e Francisco Duarte (65º), do Clube Naval de Portimão; e Jakob Lilienweiss (65º), do Algarve Surf Clube, que também esteve representado pelo campeão nacional, Pedro Henrique (49º) e por Eduardo Fernandes (17º).

Carol Henrique obteve em Zarautz a sua primeira vitória QS (®WSL/Poullenot/Aquashot)

Carol Henrique obteve em Zarautz a sua primeira vitória QS (®WSL/Poullenot/Aquashot)

Carol Henrique venceu a final feminina com 16,13 pontos (8,43+7,70), contra 13,17 pontos da francesa Maud Le Carr. À segunda foi de vez. A campeã nacional portuguesa, 21 anos de idade, alcançou em Zarautz a primeira vitória QS na sua carreira, depois de ser sido finalista no Caparica Pro.

“Estou feliz por, finalmente, ganhar um evento (QS)”, disse Carol Henrique. A portuguesa assumiu a liderança feminina no QS Europeu e recebeu 10 mil dólares, muito importantes para planear a época desportiva. “Sem patrocinador principal é muito difícil ‘correr’ o circuito inteiro. Com este dinheiro vou poder ir a mais eventos”, admitiu a campeã nacional, 21 anos de idade.

Na divisão feminina esteve também presente a surfista algarvia Yolanda Hopkins (Clube Naval de Portimão), que terminou em 25º. A Associação Nacional de Surfistas, em nota de imprensa, destacou a presença de “mais de 20 surfistas portugueses” em Zarautz.

Além dos já referidos, os resultados dos portugueses foram os seguintes: Tomás Fernandes (9º), Francisco Alves (17º), Miguel Blanco (25º), Guilherme Fonseca (25º), Pedro Coelho (33º), Henrique Pyrrait (33º), Jácome Correia (33º), Robertson Gonçalves (49º), Luís Perloiro (49º), Ruben Gonzalez (49º), Manuel Morgado (65º), Francisco Carrasco (81º), Teresa Bonvalot (13ª), Mariana Assis (17ª).

‘Kikas’ no Pro Santa Cruz, a partir de 25 de abril

A 3ª Etapa Europeia do QS 2017 é já esta semana. O período de espera no Pro Santa Cruz 2017, QS 3.000, começa amanhã, 25 de abril. Vão estar em ação na prova açoriana alguns ‘top surfers’ mundiais, incluindo o português Frederico Morais, que acaba de fazer 5º lugar no evento Champiosnhip Tour em Bells Beach. ‘Kikas’ vai competir em Portugal pela primeira vez desde que é atleta CT, aproveitando um intervalo entre a perna australiana e a prova brasileira no circuito da elite mundial.

Em prova vai também estar o herói português Tiago Pires e o melhor surfista algarvio de todos os tempos, Marlon Lipke, que irá fazer a sua estreia no QS deste ano. Entre uma extensa comitiva de surfistas portugueses vão estar os três mosqueteiros algarvios – Frederico ‘Martim’ Magalhães, Francisco Duarte e Jakob Lilienweiss – e os dois ‘estrangeiros’ do Algarve Surf Clube – Pedro Henrique e Eduardo Fernandes.

Links:

Pro Zarautz 2017 | Dia 2

Pro Zarautz 2017 | Dia 1

Caparica Pro 2017

Comentários