pub

Circuito Mundial de Qualificação WSL

Gony Zubizarreta Vence Caparica Pro

Gony Zubizarreta feliz com a vitória na Costa de Caparica (®WSL/LaurentMasurel)
Gony Zubizarreta feliz com a vitória na Costa de Caparica (®WSL/LaurentMasurel)
pub

Gony Zubizarreta venceu o Caparica Pro, prova de mil pontos do circuito mundial de qualificação (‘Qualifying Series’) da World Surf League. Vasco Ribeiro jogou forte na Praia do Paraíso mas o surfista galego local da Ericeira decidiu a luta com uma onda excelente, na casa dos oito pontos, na final masculina, esta sexta-feira, 14 de abril, na Costa de Caparica. O campeão nacional Pedro Henrique, atleta do Algarve Surf Cube, também chegou à final e concluiu a prova em 4º.

Pedro Henrique teve uma boa prestação na fase final da prova. O surfista de Carcavelos, atleta do Algarve Surf Clube, venceu ontem a sua bateria de quartos-de-final e venceu hoje a sua meia-final. Na bateria decisiva, a final, Pedro Henrique não encontrou o ‘mojo’ e terminou em 4º (10,84 | 5,67+3,17).

O dia de hoje no QS do Caparica Primavera Surf Fest 2017 ficou marcado pela luta entre Vasco Ribeiro e Gony Zubizarreta, nas meias-finais e na final. A primeira batalha, nas meias-finais, foi favorável a Vasco Ribeiro. Na final, Gony Zubizarreta foi mais forte (15,00 | 6,87+8,13) e deixou Vasco Ribeiro em 2º (13,90 | 7,83+6,07). Em 3º na final ficou Lens Arancibia Avila (13,53 | 6,50+7,03).

Pódio masculino, com Pedro Henrique, do Algarve Surf Clube, de vermelho, no 4º lugar (®WSL/LaurentMasurel)

Pódio masculino, com Pedro Henrique, do Algarve Surf Clube, de vermelho, no 4º lugar (®WSL/LaurentMasurel)

Frederico ‘Martim’ Magalhães (Clube Naval de Portimão) chegou à Ronda 4 do Caparica Pro. O surfista algarvio foi eliminado quinta-feira, em 3º na sua bateria e terminou a prova em 17º. Vasco Ribeiro venceu a bateria na Ronda 4 em que ‘Martim’ foi eliminado.

Eduardo Fernandes, atleta do Algarve Surf Clube, também competiu no Caparica Pro e terminou em 13º. Edu, surfista da Linha do Estoril, foi eliminado quinta-feira, nos quartos-de-final (Ronda 5), em 4º na sua bateria, ganha por Vasco Ribeiro.

Yolanda Hopkins (Clube Naval de Portimão) fez 13º no Caparica Pro feminino. A surfista algarvia chegou aos quartos-de-final, sendo eliminada nessa fase, em 4º na sua bateria. Camilla Kemp perdeu na mesma bateria, em 3º. Carol Henrique apurou-se em 2º e conseguiu chegar à final, que concluiu em 2º. Teresa Bonvalot também perdeu nos ‘quartos’ e terminou em 13º. Toda esta ação aconteceu ontem, quinta-feira, dia em que terminou o Caparica Pro Feminino, com a vitória da francesa Justine Dupont.

Comentários