pub

Championship Tour WSL | Etapa 2

Frederico Morais 25º em Margaret River

Frederico Morais foi eliminado na Ronda 2 com a pontuação mais elevada entre os perdedores nessa fase (®MattDunbar/WSL)
Frederico Morais foi eliminado na Ronda 2 com a pontuação mais elevada entre os perdedores nessa fase (®MattDunbar/WSL)
pub

Frederico Morais concluiu em 25º lugar o Drug Aware Margaret River Pro, 2ª etapa do Championship Tour da World Surf League. O ‘rookie’ português foi o surfista que ‘mais caro vendeu a derrota’ na Ronda 2 do evento australiano, esta madrugada (hora portuguesa).

O surfista português foi eliminado pelo australiano Adrian ‘Ace’ Buchan, depois de ter dominado os primeiros dois terços do duelo no ‘main break’ do evento. As condições estiveram favoráveis para o portugês aplicar os poderosos arcos de ‘carve’, mas o trabalho nas ‘paredes’ de dois a três metros foi perturbado pelo forte vento ‘offshore’ que enrugou a superfície das ondas no pico principal do evento.

Frederico Morais fez uma onda excelente de 8,57 pontos (em dez possíveis) e juntou outra onda de 6,93 pontos, totalizando 15,50 pontos. À entrada no último terço da bateria, o português liderava, mas ‘Ace’ Buchan conseguiu dar a volta com duas boas ondas (8,83+7,67) nos últimos dez minutos, totalizando 16,50 pontos. Frederico Morais foi o surfista com pontuação mais elevada entre todos os eliminados na Ronda 2.

O segundo dia do Drug Aware Margaret River Pro decorreu no ‘Main Break’, depois de um dia de abertura que estreou um local alternativo, o famoso ‘North Point’ em competições de surf. ‘Kikas’ não se encontrou em ‘North Point’ e perdeu em 3º na sua bateria, ficando obrigado a disputar a Ronda 2, na qual perdeu esta madrugada. As grandes surpresas da ronda foram as eliminações dos cabeças-de-série Gabriel Medina, Matt Wilkinson e Mick Fanning, respetivamente, contra Jacob Wilcox, Nat Young e Kanoa Igarashi.

O evento feminino simultâneo começou esta madrugada (hora portuguesa), tendo sido realizadas quatro baterias da Ronda 1. O destaque na estreia feminina foi Tyler Wright, com uma onda excelente (8,67 pontos) e um ‘score’ de 16,34 pontos.

Comentários