pub

Championship Tour WSL | Quiksilver Pro Gold Coast

Frederico Morais Estreia-se com Vitória

Frederico Morais na bateria de estreia como atleta CT, em Snapper Rocks (®WSL/EdSloane)
Frederico Morais na bateria de estreia como atleta CT, em Snapper Rocks (®WSL/EdSloane)
pub

Frederico Morais estreou-se com uma vitória como competidor oficial no Championship Tour da World Surf League. A estreia aconteceu esta madrugada (hora portuguesa), na bateria 10 da Ronda 1 do Quiksilver Pro Gold Coast, primeira prova do CT 2017, em Snapper Rocks, Austrália. O surfista de Cascais venceu a bateria e apurou-se diretamente para a Ronda 3.

A estreia de ‘Kikas’ foi um momento especial para o surf nacional. Frederico Morais é o segundo português a conseguir um lugar no Championship Tour, depois de Tiago Pires, pioneiro que por lá andou durante sete anos. Isto sem esquecer o algarvio Marlon Lipke e o campeão nacional Pedro Henrique, que também passaram pelo CT quando ainda não tinham nacionalidade portuguesa. Pedro Henrique esteve lá em 2006, quando vivia no Brasil; e Marlon Lipke foi atleta CT em 2009, quando tinha apenas nacionalidade alemã, apesar de sempre ter vivido em Portugal, no Algarve.

Frederico Morais venceu a sua bateria de estreia e com alguma emoção à mistura. Os ‘super carves’ do português, que maravilharam os juízes da WSL no Hawai, no final da qualificação do ano passado, continuam a deslumbrar os responsáveis pelo julgamento. Frederico Morais competiu contra Filipe Toledo e Adrian Buchan e foi mais forte.

‘Kikas’ fez a melhor onda da bateria (8,73 pontos), mas Filipe Toledo trabalhou muito e esteve na liderança com duas notas na casa dos sete pontos. Frederico Morais tinha um ‘backup’ de 6,33 pontos e precisava de 6,34 pontos para vencer a bateria. O português fez uma onda no último minuto e já estava na areia quando a nota saiu: 6,97 pontos. Consumou-se a vitória e o apuramento direto para a Ronda 3. Parabéns ‘Kikas’!

Comentários