pub

Circuito mundial de qualificação | World Surf League

‘Martim’ Perde em Netanya

Pedro Henrique, campeão nacional português e vencedor do evento israelita em 2016 fez hoje o melhor 'score' do dia (®WSL/LaurentMasurel)
Pedro Henrique, campeão nacional português e vencedor do evento israelita em 2016 fez hoje o melhor 'score' do dia (®WSL/LaurentMasurel)
pub

Frederico ‘Martim’ Magalhães (Clube Naval de Portimão) perdeu ‘de primeira’ no Seat Pro Netanya presented by Reef, primeira prova europeia do circuito mundial de qualificação da World Surf League, em Israel. O surfista algarvio foi eliminado esta quinta-feira, 19 de janeiro, na Ronda 1, quando o adversário israelita virou a bateria em cima da buzina.

‘Martim’ esteve durante toda a bateria em segundo lugar, em posição de apuramento, atrás do australiano Kelly Norris, que se agarrou à liderança com uma onda na casa dos cinco pontos. A ondulação pequena de meio metro não oferecia muitas oportunidades para pontuações altas e o surfista algarvio controlava a segunda posição com duas ondas na casa dos quatro pontos.

Mesmo no final da bateria, o israelita Vaknin Aviv fez uma onda que mudou tudo. O herói local, quatro vezes campeão de Israel precisava de 4,64 pontos para roubar o segundo lugar ao algarvio. A onda com apenas uma manobra valeu-lhe 4,87 pontos e atirou ‘Martim’ para fora de prova. O surfista algarvio vai agora digerir a derrota e dentro de poucos dias viaja para a Austrália, para um estágio de treino.

'Martim' Magalhães - aqui em treino na Praia da Rocha antes de viajar para Israel - vai iniciar dentro de poucos dias um estágio na Austrália (®PauloMarcelino)

‘Martim’ Magalhães – aqui em treino na Praia da Rocha antes de viajar para Israel – vai iniciar dentro de poucos dias um estágio na Austrália (®PauloMarcelino)

Hoje, primeiro dia da janela de competição do QS israelita de 1.500 pontos realizaram-se as primeiras rondas masculina e feminina. Frederico ‘Martim’ Magalhães e Henrique ‘Neco’ Pyrrait foram os únicos portugueses eliminados. Perderam ambos em 3º nas respetivas baterias.

Pedro Henrique, José Ferreira e Guilherme Fonseca venceram as suas baterias. Francisco Carrasco apurou-se em 2º no seu ‘heat’. Pedro Henrique, vencedor do evento em 2016, fez o melhor ‘score’ do dia (15,07 pontos). O quase português Gony Zubizarreta também venceu a sua bateria. O surfista espanhol, que passa muito tempo na Ericeira e no Algarve, é o ‘top seed’ masculino em prova, por ter terminado o QS Internacional 2016 em 41º lugar.

No quadro feminino estão em prova Carol Henrique e Camilla Kemp. As duas surfistas portuguesas ainda não se estrearam, uma vez que entram diretamente na Ronda 2.

Assista AQUI ao video da WSL com os destaques do dia, com ondas de Pedro Henrique, Guilherme Fonseca e Gony Zubizarreta.

Comentários