pub

Vela Adaptada

Vela Solidária Preparada para Nova Época

Vela Solidária trabalha com pessoas com deficiência e utentes de instituições de solidariedade social (®VelaSolidaria)
Vela Solidária trabalha com pessoas com deficiência e utentes de instituições de solidariedade social (®VelaSolidaria)
pub

A Vela Solidária, projeto náutico e social da Associação Teia d’Impulsos, de Portimão, preparou a nova época de Vela Adaptada com perspetivas de reforço na intervenção social através dos seus pólos em Portimão, Lagos, Lisboa e Porto. No quadro desportivo, a Vela Solidária vai participar nas provas de apuramento e no Campeonato Nacional de Vela Adaptada, com a sua equipa federada pelo Iate Clube Marina de Portimão; e também em regatas costeiras, no Algarve, em Lisboa e no Porto, com a sua equipa feminina, constituída por raparigas de instituições sociais com quem a Vela Solidária tem parceria.

A Vela Solidária é um projeto de cariz social que visa contribuir para uma melhor integração social com base na prática regular de vela. Os objetivos para 2016 nos pólos do projeto em Lisboa e Porto/Vila Nova de Gaia, são de consolidação dos beneficiários e instituições e lançar convites para atrair mais instituições.

Pólo central da Vela Solidária funciona na Marina de Portimão (®PauloMarcelino/Arquivo)

Pólo central da Vela Solidária funciona na Marina de Portimão (®PauloMarcelino/Arquivo)

Em Lagos o objetivo é aumentar o número de pessoas com deficiência que já beneficiam das atividades, nomeadamente através da NECI e voltar a ter utentes do CASLAS. Ainda em Lagos, a Vela Solidária vai reforçar a parceria com o Clube de Vela de Lagos, que desde o ano passado tem acolhido nas suas atividades regulares algumas crianças que lhes chegam através da Vela Solidária.

Em Portimão, a Vela Solidária está num processo de manutenção das atividades com o Lar Bom Samaritano e com a Casa da Nossa Senhora da Conceição, desenvolvendo atividades com grupos específicos de crianças no sentido de facultar o desenvolvimento das suas competências, de forma a que estas transformações sejam visíveis dentro das próprias instituições.

Vertente Desportiva

A Vela Solidária tem uma forte componente desportiva de envolvimento em regatas costeiras e provas do nacional de Vela Adaptada. A equipa perdeu este ano a sua estrela maior, o velejador João Pinto, que abandonou o projeto, após ter conquistado vários títulos nacionais em três anos.

Equipa feminina da Vela Solidária deverá participar em 4 regatas costeiras este ano (®VelaSolidaria)

Equipa feminina da Vela Solidária deverá participar em 4 regatas costeiras este ano (®VelaSolidaria)

Para a nova temporada, a Vela Solidária vai manter a sua equipa feminina, formada por raparigas de instituições de Portimão e de Lagos que trabalham há dois anos com a Vela Solidária. Está previsto essa equipa feminina participar em duas regatas ao longo da costa algarvia e ainda na Mateus Rosé Sailing Cup, organizada pela BBDouro, parceira da Vela Solidária; e na Quebramar Sailing Week, promovida pelo Clube Naval de Cascais.

A equipa principal de competição para as Provas de Apuramento Nacional e para o Campeonato de Portugal de Vela Adaptada é constituída por Guilherme Ribeiro, Luis Ramalho, João Silva e Noel Coelho. Esta equipa tem a responsabilidade de defender o título nacional Access 303 Duplos conquistado no ano passado pela dupla João Pinto/Guilherme Ribeiro.

Equipa de competição Vela Adaptada 2016: Guilherme Ribeiro, Luis Ramalho, João Silva e Noel Coelho (®VelaSolidaria)

Equipa de competição Vela Adaptada 2016: Guilherme Ribeiro, Luis Ramalho, João Silva e Noel Coelho (®VelaSolidaria)

Estes velejadores irão participar nas 2 provas nacionais que terão lugar em Albufeira, nos dias 2 e 3 de abril; e em Lisboa, nos dias 14 e 15 de maio; e irão representar a Vela Solidária e defender o título nacional no Campeonato Nacional de Vela Adaptada, em, Viana do Castelo, nos dias 24 a 26 de junho.

O Campeonato Nacional de Vela Adaptada vai ser disputado na classe Access, em 303 Duplos e 2.3. Guilherme Ribeiro é campeão nacional em título na categoria 303 Duplos e vai defender este ano o título em parceria com Luís Ramalho. Os velejadores João Silva e Noel Coelho vão competir em 2.3. Se houver alguma prova com 303 Singulares, o representante da Vela Solidária será Guilherme Ribeiro.

Comentários