pub

Velejador inglês formado no Clube de Vela de Lagos

Jack Cookson na Rota Olímpica

Jack Cookson vai tentar a qualificação olímpica depois de uma série de resultados brilhantes este verão (®PaulWyeth/BritishYouthSailingTeam)
Jack Cookson vai tentar a qualificação olímpica depois de uma série de resultados brilhantes este verão (®PaulWyeth/BritishYouthSailingTeam)
pub

Jack Cookson tem 19 anos de idade e fez toda a sua formação de Vela no Clube de Vela de Lagos, desde os 9 anos e até à anterior época desportiva. Regressou a Inglaterra com os pais e conquistou o 1º lugar no ‘ranking’ nacional Inglês em Laser Radial. Jack alcançou este verão uma série de resultados brilhantes em competições internacionais e mudou agora para Laser Standard, para tentar a qualificação olímpica.

Inglês muito português e mais ainda algarvio, Jack Cookson nunca teve em Portugal os apoios que conseguiu em Inglaterra e que o projetaram para a ribalta da competição em Laser Radial. Este verão, em julho e agosto, o velejador inglês conquistou Medalha de Bronze no Campeonato da Europa em Viana do Castelo; venceu o Campeonato Eurosaf da Juventude em Brest, França; e fez 7º lugar no Campeonato do Mundo, no Canadá, onde competiu diminuído por uma forte gripe.

“Mudei agora para o Laser Standard (Classe Olímpica Masculina). Já fiz 6 dias de estágio com os velejadores olímpicos (ingleses) e consegui ganhar-lhes nalgumas regatas de treino com vento fraco”, relatou Jack Cookson, na quinta-feira, 17 de setembro, no ‘site’ do seu patrocinador Capital International Group. “Na próxima semana vou reunir com o gestor do projeto Olímpico, para discutir os próximos passos e como me podem ajudar a atingir o meu objetivo Olímpico”, acrescentou o velejador, que quer estar presente nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

“Se lhe perguntarem, em privado, de que clube é; ele diz logo que é de Lagos”, comentou Rui Raimundo, treinador no Clube de Vela de Lagos e grande responsável pela formação de Jack Cookson na Vela Ligeira. O velejador inglês está agora na rota olímpica e o seu ex-treinador reconhece-lhe determinação para chegar aos Jogos Rio 2016. “Ele era sempre aquele que, quando acabavam os treinos queria sempre mais um bocadinho”, recordou Rui Raimundo, em declarações ao Swell-Algarve.

Comentários