pub

Algarvio no Campeonato Europeu Paralímpico

Começo Difícil em Valência

João Pinto concluiu o 1º dia no Europeu Paralímpico em antepenúltimo na frota, com muitos problemas no 2.4mR emprestado (®VelaSolidaria)
João Pinto concluiu o 1º dia no Europeu Paralímpico em antepenúltimo na frota, com muitos problemas no 2.4mR emprestado (®VelaSolidaria)
pub

João Pinto (Vela Solidária / Iate Clube Marina de Portimão) concluiu em 19º o primeiro dia de regatas no Troféu Iberdola – Campeonato Europeu Paralímpico, em Valência, Espanha, no qual participa com o apoio do Turismo de Portimão. O velejador algarvio e o seu treinador, Luís Brito, estão a sentir muitas dificuldades na afinação do barco 2.4mR emprestado pela Real Federação Espanhola de Vela.

“Foi um dia muito duro, mas uma boa aprendizagem. Dadas as condições do barco que nos emprestaram, a experiência dos atletas concorrentes e sabendo que foi a primeira competição que o João fez num 2.4, no geral foi um bom resultado” comentou o treinador, Luís Brito. “Nunca pensei dizer isto, mas não ter ficado em último já foi bom”, disse o velejador João Pinto.

João Pinto e Luís Brito chegaram a Valência segunda-feira, dia em que tiveram o primeiro contato com o barco emprestado, o qual encontraram em más condições. Durante dois dias, a dupla portimonense realizou treinos e trabalhou durante muitas horas na afinação do barco.

Treinador Luís Brito a trabalhar na afinação do 2.4mR emprestado (®VelaSolidaria)

Treinador Luís Brito a trabalhar na afinação do 2.4mR emprestado (®VelaSolidaria)

Ontem, quarta-feira 9 de setembro foi o primeiro dia efetivo de regatas no Europeu Paralímpico. Foram realizadas três regatas e João Pinto concluiu o dia no 19º lugar, numa frota composta por 21 barcos.

Outros dois velejadores portugueses participam no campeonato: Manuel Soares (18º) e Fernando Pinto (20º). Estes dois velejadores treinam diariamente com barcos 2.4mR em Leixões e  participam com regularidade em competições em Espanha.

O primeiro dia de competição no Europeu Paralímpico foi dominado por três velejadores, que se destacaram da concorrência e foram os únicos a vencer regatas, uma cada: o francês Damien Seguin (1º), o britânico John Brooker (2º) e o austríaco Sven Reiger (3º).

O Campeonato Europeu Paralímpico está a ser disputado nas Classes 2.4mR, Skud 18 e Sonar e é organizado pelo Real Clube Náutico de Valência, com a supervisão da Federação Europeia de Vela (EUROSAF). A competição decorre até sábado, 12 de setembro.

Campeonato Europeu Paralímpico prossegue até sábado, 12 de setembro (®VelaSolidaria)

Campeonato Europeu Paralímpico prossegue até sábado, 12 de setembro (®VelaSolidaria)

O Troféu Iberdola – Campeonato Europeu Paralímpico é a primeira competição oficial em que João Pinto participa com um barco 2.4mR. É apenas a segunda vez que o velejador algarvio ‘anda’ naquele tipo de barco individual paralímpico, depois da primeira experiência num estágio internacional em Inglaterra, em Agosto.

João Pinto é campeão nacional e vice-campeão europeu de Vela Adaptada em Access 303 Duplos. O velejador algarvio tem muita experiência em barcos Access, incluindo em versão individual, mas (quase) nenhuma experiência em barcos 2.4mR, a classe pela qual poderá tentar a qualificação de Portugal aos Jogos Paralímpicos Rio 2016.

Em Portugal existem apenas 3 barcos 2.4mR, em Leixões. O 2.4mR não é utilizado em competições oficiais de Vela Adaptada em Portugal e João Pinto nunca conseguiu ter acesso a barcos da classe, para preparar a qualificação Paralímpica. A Federação Portuguesa de Vela implementou um Programa de Preparação Paralímpico, através do qual João Pinto participou no estágio em Inglaterra, o qual concluiu com uma vitória na regata final.

João Pinto e Luís Brito poderão ser chamados a um segundo estágio, em Novembro, em Melbourne, Austrália. Caso sejam convocados pela Federação Portuguesa de Vela, João Pinto irá tentar a qualificação de Portugal para o Rio 2016, participando no Mundial Paralímpico, que irá decorrer em Melbourne, em Novembro-Dezembro.

Comentários