pub

Circuito Nacional de Longboard | 3ª Etapa

Luís Esteves Finalista em Cortegaça

Lufi com João Dantas (ao centro) e Luís Esteves, respetivamente 1º e 4º classificados em Cortegaça (®Lufi)
Lufi com João Dantas (ao centro) e Luís Esteves, respetivamente 1º e 4º classificados em Cortegaça (®Lufi)
pub

Luís Esteves (Clube de Surf de Faro) alcançou a sua primeira final no Circuito Nacional de Longboard 2015. Foi em Cortegaça, onde decorreu a 3ª Etapa do circuito, disputada num único dia, ontem, domingo 16 de agosto. O surfista algarvio foi 4º classificado na etapa, na qual Manuel Mestre e José Mestre, também do Clube de Surf de Faro, estiveram menos bem, ao contrário de Isaac Felizardo (Iate Clube Marina de Portimão), que deu nas vistas pela qualidade do surf praticado.

Depois de um começo de circuito modesto (13º e 9º em duas etapas), Luís Esteves parece ter acertado o ritmo ao nível do talento que lhe é reconhecido e que lhe deu o título de vice-campeão nacional em 2013. “Já vou atrasado em relação ao João (Dantas) e ao Diogo (Gonçalves), mas ainda há muito circuito pela frente”, comentou Luís Esteves, referindo-se, respetivamente, ao vencedor e 2º classificado Open na etapa. João Dantas assumiu o comando do ‘ranking’ nacional.

“A etapa em Cortegaça correu-me bem. Passei dois ‘heats’, mas na final andei um bocado perdido e cai algumas vezes. Penso que foi porque mexi na quilha antes da final, puxei-a um pouco para trás porque as ondas estavam mais moles. Até escolhi a ondas certas, mas errei no momento”, disse Luís Esteves, ao Swell-Algarve.

Manuel Mestre (‘Necas) e José Mestre, pai e filho não foram felizes em Cortegaça, depois de terem sido finalistas Open e Sub-18, respetivamente, na etapa anterior. ‘Necas’ perdeu de primeira, em 3º lugar na sua bateria da Ronda 1 Open (quartos-de-final). O veterano e carismático surfista de Faro não se entendeu com o mar e até saiu da água antes de terminada a sua bateria. Mesmo assim, perdeu o 2º lugar de apuramento por escassas 29 décimas. “Correu mal. Esta é para descartar”, disse Manuel Mestre, ao Swell-Algarve.

Isaac Felizardo (3º), de óculos escuros, e José Mestre (4º), à frente, a descer a escadas do pódio Sub-18 (®AlbertoFelizardo)

Isaac Felizardo (3º), de óculos escuros, e José Mestre (4º), à frente, a descer a escadas do pódio Sub-18 (®AlbertoFelizardo)

José Mestre optou por não entrar em Open e apenas disputou a final direta Sub-18, que concluiu em 4º lugar, um pouco abaixo das expetativas e mostrando pouca sintonia com o mar ‘grande’ em Cortegaça. Melhor esteve Isaac Felizardo, vice-campeão regional do Sul em Longboard. O surfista de Portimão foi 3º classificado na final direta Sub-18, depois de ter perdido de primeira na categoria Open, em 4º numa bateria com Luís Esteves, Sebastião Maia e Manuel Constantino.

“Na final de sub-18 consegui corrigir todos os erros táticos que cometera no meu heat open. Apanhei as ondas certas e fiz boas manobras. Estive à frente do heat, mas acabei por ficar com o 3º lugar”, comentou Isaac Felizardo, para o Swell-Algarve. Recorde-se que Isaac Felizardo começou a correr o nacional a sério apenas na etapa anterior, na Caparica, depois da estreia em 2014, ano em que fez apenas uma etapa nacional, em Faro.

Isaac Felizardo está agora a entrar no circuito nacional e o seu estilo de surf começa a dar nas vistas. “O Isaac surfou muito bem, até o Lufi comentou comigo”, disse Manuel Mestre. Muito jovem, com uma atitude humilde mas resoluta e uma boa linha de surf, Isaac Felizardo parece ter chegado ao nacional para ficar.

Finais 3ª Etapa CN Longboard 2015 – Cortegaça

Open

1. João Dantas

2. Diogo Gonçalves

3. Eduardo Ribeiro

4. Luís Esteves (CSFaro)

Sub-18

1. Kathleen Barrigão

2. João Gama

3. Isaac Felizardo (ICMPortimão)

4. José Mestre (CSFaro)

5. ? (jovem estreante, com 11 anos, cujo nome não conseguimos apurar)

Links:

2ª Etapa CNLongboard 2015 – Caparica (Julho)

1ª Etapa CNLongboard 2015 – Ericeira (Maio)

Comentários