pub

Liga MEO Surf 2019 | Renault Porto Pro | Dia 1

Marlon Lipke Arrasa no Primeiro Dia em Matosinhos

Algarvio Marlon Lipke, campeão em título do evento, venceu hoje três baterias e fez duas das cinco melhores ondas do dia (®JorgeMatreno/ANSurfistas)
pub

A Praia Internacional de Matosinhos ofereceu ondas de potencial elevado para o dia inaugural do Renault Porto Pro, a terceira de cinco etapas da Liga MEO Surf, principal competição de surf em Portugal e onde se disputam os títulos máximos da modalidade. Numa jornada longa, que teve início às 7H30, e exclusivamente dedicada à prova masculina, os melhores surfistas nacionais estiveram à altura das expectativas e corresponderam com pontuações excelentes e performances de alto nível. A competição Feminina vai começar sábado e com a algarvia Yolanda Hopkins (Clube Naval de Portimão) a vestir a licra de líder do ‘ranking’ nacional.

O dia ficou igualmente marcado por várias surpresas, com a maior delas a ser a eliminação do tricampeão nacional Vasco Ribeiro logo na 2.ª ronda, num heat vencido pelo regressado José Ferreira, que já não competia desde o vice-título nacional alcançado em 2016. Mas Vasco não foi o único top a ficar pelo caminho precocemente, pois Ivo Cação, João Kopke e Guilherme Fonseca foram outros dos surfistas a serem eliminados com alguma surpresa à mistura nas rondas inaugurais deste Renault Porto Pro.

Marlon Lipke ‘arranca’ Três Vitórias Robustas

Em sentido inverso, o algarvio Marlon Lipke foi o grande destaque do dia, começando da melhor forma a defesa do título conquistado no ano passado na etapa nortenha. O surfista algarvio, ex-top do WCT, conseguiu duas das cinco melhores ondas do dia, com destaque para uma de 8 pontos em 10 possíveis, e também um dos dois melhores score do dia, com um total de 15,25 pontos em 20 possíveis, na 3.ª ronda.

A performance segura de Marlon ao longo de todo o dia garantiu-lhe três vitórias robustas e a passagem aos quartos-de-final do Renault Porto Pro. Miguel Blanco e Tomás Fernandes foram outros dos favoritos a cumprir com as expectativas e a chegar com sendas vitoriosas à fase man-on-man da prova nortenha. O mesmo não se pode dizer de nomes como Gony Zubizarreta, Filipe Jervis ou José Ferreira, este último fruto de uma interferência, que caíram na 3.ª ronda.

Entre os oito surfistas que vão discutir a vitória no Renault Porto Pro destaque para uma forte presença da nova geração. Os jovens Francisco Almeida e João Moreira foram duas das agradáveis surpresas do dia, conseguindo igualmente vagas na fase man-on-man. Eduardo Fernandes, Francisco Alves e o local João Guedes são os outros surfistas ainda em prova.

Heats dos quartos-de-final masculinos:
H1: MARLON LIPKE X EDUARDO FERNANDES
H2: MIGUEL BLANCO X FRANCISCO ALMEIDA
H3: JOÃO MOREIRA X JOÃO GUEDES
H4: TOMÁS FERNANDES X FRANCISCO ALVES

Apenas Quatro Algarvios em Prova

A edição deste ano do Renault Porto Pro tem uma forte conotação algarvia, mas com poucos algarvios em prova. Marca Algarve porque o campeão em título do evento é o algarvio Marlon Lipke (Clube de Surf de Faro) e porque a algarvia Yolanda Hopkins (Clube Naval de Portimão) vai estrear nesta etapa – amanhã, sábado 18 de maio – a licra Santander de líder do ‘ranking’ nacional Feminino.

Marlon Lipke e Yolanda Hopkins constituem metade da comitiva algarvia em prova, um conjunto invulgarmente pequeno de representantes da região no palco nacional. Martim Magalhães (Clube Naval de Portimão) e Miguel Marinho (Albufeira Surf Clube) foram os restantes algarvios que se apresentaram ao ‘call’ esta manhã e não sobreviveram ao primeiro dia.

O algarvio Martim Magalhães, em dia de aniversário, passou em 2º na bateria de abertura do evento e depois perdeu em 3º na Ronda 2 Masculina, numa bateria dominada pelo duelo entre Marlon Lipke e Filipe Jervis. O veterano surfista de Albufeira Miguel Marinho perdeu ‘de primeira’, em 3º na Ronda 1.

Tomás Nunes (Albufeira Surf Clube) também estava inscrito mas não compareceu à chamada. O surfista algarvio optou por competir, este fim de semana, no Campeonato Nacional de Surf Escolar,  na Praia do Cabedelo, em Viana do Castelo, onde se apresenta como campeão regional escolar.

O início da prova feminina ficou adiado para sábado, com a chamada a estar marcada para as 7 horas.

Agenda para sábado, 18 de Maio
07h00 – Call segundo dia de competição
9h00 – Workshop fotografia Canon por Ricardo Bravo
10h00 – Fundação Alice: limpezas de praia (voluntários)
12h00 – Jerónimo Martins: desafio de proteção dos oceanos
16h00 – Somersby Sunset Party

No domínio das limpezas de praia da Fundação Altice, sob coordenação da Plastic Sundays, esta sexta-feira, as iniciativas decorreram das 9h30 às 17h00 na Praia Internacional, com a participação de cerca de centena e meia de crianças, jovens e seniores oriundos de escolas e associações do Porto (Escola Chapim Azul, APPACDM Porto, Clip The Oporto International School e Associação Benéfica e Previdente do Porto). No Sábado, das 10h00 às 13h00, os trabalhos destinam-se a voluntários. Os resultados serão contabilizados em www.ansurfistas.com/share.

A agenda de sustentabilidade da Liga MEO Surf 2019 conta também com a participação do Grupo Jerónimo Martins, com dinâmicas associadas à proteção da biodiversidade e promoção da alimentação saudável. Em Matosinhos, entre as 12h00 e as 15h30 de cada dia de prova, o público é convidado a colocar à prova os seus conhecimentos sobre os oceanos, os desafios que estes enfrentam e o que podemos fazer para ganhar o combate contra a poluição por plástico que ameaça a vida marinha e toda a cadeia alimentar.

Todas as etapas da Liga MEO Surf 2019 poderão ser acompanhadas em direto na Sport TV, assim como nos restantes meios oficiais: facebook do MEO, app na posição 810 da grelha de canais MEO, www.ansurfistas.com e redes sociais em @ansurfistas.

A Liga MEO Surf 2019 é uma organização da Associação Nacional de Surfistas e da Fire!, com o patrocínio do MEO, Renault, Allianz Seguros, Bom Petisco, Banco Santander, Somersby, Rip Curl, os parceiros de sustentabilidade Fundação Altice e Jerónimo Martins, com o apoio local das Câmara Municipais do Porto e Matosinhos e Onda Pura, com o apoio técnico da Federação Portuguesa de Surf.

Fonte: Nota de Imprensa da Associação Nacional de Surfistas, editada com subtítulo dedicado ao Algarve

Links:

Allianz Figueira Pro | 2ª Etapa Liga MEO Surf 2019

Allianz Ericeira Pro | 1ª Etapa Liga MEO Surf 2019

Comentários