pub

Allianz Ericeira Pro 2019 | Dia 2

Duas Algarvias nas Meias-Finais em Ribeira d’Ilhas

Algarvia Concha Balsemão mudou este ano para o Ericeira Surf Clube e está a ser a surfista sensação no Allianz Ericeira Pro. Domingo vai defrontar Teresa Bonvalot nas meias-finais (®JorgeMatreno/ANSurfistas)
pub

As surfistas algarvias Yolanda Hopkins (Clube Naval de Portimão) e Concha Balsemão (Ericeira Surf Clube) qualificaram-se para as meias-finais Feminino do Allianz Ericeira Pro, primeira etapa da Liga MEO Surf 2019, a decorrer na Praia de Ribeira d’Ilhas. O segundo dia da prova, este sábado 2 de março, ficou marcado por mar pesado e pela eliminação do algarvio Marlon Lipke (Clube de Surf de Faro) na Ronda 3 Masculino.

As condições do mar permitiram que os melhores surfistas nacionais alcançassem pontuações elevadas, com Frederico Morais, Vasco Ribeiro e Teresa Bonvalot a destacarem-se entre a concorrência, graças a ondas na casa da excelência. Foi neste cenário de muita emoção que ficaram definidos os surfistas que domingo vão disputar as finais do Allianz Ericeira Pro e, consequentemente, a liderança do ranking Santander, com destaque para um muito aguardado embate entre Frederico Morais e Vasco Ribeiro nas meias-finais.

Com a ação a começar pelas 9 horas, este sábado não foi preciso muito tempo para saírem pontuações bem altas. No heat 3 da 3.ª ronda masculina, Kikas elevou a fasquia e conseguiu o maior score de todo o campeonato, com 18 pontos em 20 possíveis, depois de conseguir uma onda de 9,50 pontos em 10 possíveis e outra de 8,50. Mas na bateria seguinte, Vasco Ribeiro respondeu à letra e, apesar de ter terminado com um score inferior (16,45), conseguiu fazer a melhor onda do campeonato até ao momento. O tetracampeão nacional roçou a perfeição com uma pontuação de 9,85.

Marlon Lipke era o único algarvio no quadro masculino do segundo dia. Perdeu na Ronda 3, em 4º na sua bateria (®JorgeMatreno/ANSurfistas)

A prova prosseguiu com a 2ª ronda feminina, onde foi Teresa Bonvalot a destacar-se em ondas bem desafiantes para as melhores surfistas nacionais. A surfista de Cascais conseguiu uma onda de 8,50 pontos e terminou a sua bateria com 12,90 de score, deixando a campeã nacional em título, Camilla Kemp, na 2.ª posição.

O outro heat da ronda foi dominado por surfistas algarvias, com Yolanda Hopkins a assegurar a vitória e a jovem sensação Concha Balsemão a também conseguir uma vaga nas meias-finais. As duas algarvias vão competir em baterias separadas nas meias-finais. Concha Balsemão vai defrontar Teresa Bonvalot e na outra meia-final vão estar a vice-campeã e a campeã nacional, respetivamente, Yolanda Hopkins e Camilla Kemp.

O prato forte para o dia final do Allianz Ericeira Pro, domingo 3 de março, vai ser o embate entre Frederico Morais e Vasco Ribeiro na segunda meia-final masculina, eles que já se enfrentaram na 2ª ronda deste campeonato, com a balança a pender para o lado de Frederico. Na outra meia-final o campeão nacional em título Miguel Blanco vai medir forças com o surfista local Tomás Fernandes.

Algarvia Yolanda Hopkins é vice-campeã nacional e vai estar nas meias-finais frente à campeã nacional Camilla Kemp (®JorgeMatreno/ANSurfistas)

Este sábado também foi disputada a Renault Expression Session, que premiou a melhor manobra com 500 euros. O melhor surfista durante os 40 minutos deste heat especial foi João Kopke.

Para domingo o call está marcado para as 8h30 em Ribeira d’Ilhas e as expectativas estão bem elevadas para os duelos que se avizinham na disputa do triunfo final do Allianz Ericeira Pro.

Links:

Allianz Ericeira Pro 2019 | Dia 1

Fonte: Nota de Imprensa da Associação Nacional de Surfistas (editada)

Comentários