pub

Algarvia apurada em Sub-16 Feminino

Concha Balsemão Finalista Mundial GromSearch

Concha Balsemão em ação na esquerda de Matosinhos, onde conquistou 2ª vitória consecutiva e o passaporte direto para a final mundial Rip Curl GromSearch 2018 em Sub-16 Feminino (®ToMane)
pub

A algarvia Concha Balsemão vai representar Portugal em Sub-16 Feminino na Final Mundial do circuito Rip Curl GromSearch 2018, em local e datas ainda por anunciar. A surfista da Carrapateira venceu a 3ª etapa (última) nacional, disputada este fim-de-semana 1 e 2 de dezembro, na Praia Internacional do Porto, e conquistou o apuramento direto na categoria. Constância Simões, de Portimão, foi outra algarvia em destaque ao confirmar o pleno nas etapas portuguesas com a terceira vitória em Sub-12 Feminino, reforçada com o triunfo também em Sub-14 Feminino.

Em prova estiveram mais de 80 surfistas, nas categorias Sub-12, Sub-14 e Sub-16.  O Algarve esteve também representado por Tomás Nunes e Martim Brandão, atletas do Albufeira Surf Clube. Tomás Nunes chegou aos quartos-de-final Sub-16 e terminou a etapa em 9º na categoria. Martim Brandão perdeu de primeira em Sub-12 e ficou em 13º.

O algarvio João Mendonça, atleta federado pela Associação de Surf da Costa de Caparica, foi finalista, 3º classificado Sub-14. O surfista da Arrifana, Aljezur, falhou a sua terceira vitória (pleno) na categoria, mas continua muito bem posicionado no ‘ranking’ português GromSearch.

Os melhores resultados algarvios foram alcançados pelas ‘meninas’ do Portimão Surf Clube. Constância Simões esteve muito ativa: venceu a final direta Sub-12 Feminino, garantindo o pleno de vitórias na categoria em todas as etapas portuguesas; e triunfou também em Sub-14 Feminino. Foi a segunda subida de Constância ao pódio Sub-14 Feminino, depois do 2º lugar na Caparica (1ª etapa).

Algarvia Constância Simões obteve no Porto a sua terceira vitória Sub-12 Feminino e venceu também em Sub-14 Feminino, a sua segunda subida ao pódio na categoria (®DR)

Concha Balsemão estava na luta pelo apuramento mundial direto na categoria Sub-16 Feminino, novidade no GromSearch este ano. Depois do 2º lugar na Caparica (1ª etapa) e da vitória em Peniche (2ª etapa), a surfista da Carrapateira sabia que tinha o objetivo da época ao alcance. “Estava um bocado nervosa porque esta final era decisiva, queria muito ganhar, por isso pensei em tudo o que tinha trabalhado este ano e todo o esforço que fiz para chegar a esta final”, confessou a atleta, ao Swell-Algarve.

A surfista algarvia algarvia preparou-se bem para este campeonato, viajando mais cedo para o Porto, para se treinar na conhecida ‘esquerda’ de Matosinhos com um treinador local. “No primeiro dia de prova passei as meias finais em primeiro lugar no heat. As ondas estavam boas, mas estava muito frio”, disse Concha Balsemão, ao Swell-Algarve.

No segundo dia, 2 de dezembro, a algarvia apanhou um susto antes da final. “Fui fazer um free surf cedo antes de o campeonato (re)começar, mas passado um bocado comecei a sentir-me mal, cheia de frio, com dores de barriga e de cabeça. Senti que estava mesmo a ficar doente. O meu heat era o penúltimo do dia e eu estava a passar mal, bebi uns chás e fiquei um pouco melhor”, recordou a atleta.

No momento da verdade, na final Sub-16 Feminino, a surfista da Carrapateira concentrou-se e recuperou a confiança. “Quando entrei para o heat estava bastante confiante e comecei logo na minha primeira onda com um sete (7) pontos, o que foi ótimo. O heat foi renhido mas eu consegui ganhar, consegui alcançar o meu objetivo deste ano”, disse a atleta algarvia.

Concha Balsemão e Afonso Antunes, os Sub-16 portugueses apurados para a Final Mundial Rip Curl GromSearch 2018 (®ToMane)

“Estou muito feliz. Queria agradecer muito a toda a gente que me tem ajudado; à minha família, à Hurley, à Semente Surfboards, à Feather fins, ao meu treinador José Maria Cabrera e ao meu PT Jorge Brioso! Se não fossem eles nada disto seria possível”, concluiu Concha Balsemão.

O Rip Curl GromSearch 2018 foi disputado em séries nacionais em sete (7) países europeus. Em Portugal, o circuito teve três etapas nacionais: Caparica, Peniche e Porto (ver abaixo). A etapa no Porto encerrou o ‘ranking’ nacional português GromSearch 2018 e decorreu no âmbito do evento ‘Porto & Matosinhos Wave Series 2018’.

O circuito atribui este ano apuramento direto para a Final Mundial aos melhores Sub-16 Masculino e Feminino do Reino Unido, França, Espanha e Portugal. Afonso Antunes (3º no Porto) e Concha Balsemão são os portugueses apurados para essa final. Nas restantes categorias, os surfistas lutam por pontos para ‘rankings’ Nacionais GromSearch. Onde e quando será realizada a grande final internacional é um segredo bem guardado até semanas antes do evento, para manter o interesse até ao fim.

Rip Curl GromSearch 2018 | Portugal

2ª Etapa | Peniche, outubro

1ª Etapa | Caparica, junho

Comentários