pub

Liga MEO Surf 2018 | 4ª Etapa | 6 a 8 julho | Heat Draw

Duas Mãos Cheias de Algarve no Allianz Sintra Pro

Algarvia Yolanda Hopkins é Top 3 nacional feminino e pode melhorar face à ausência da líder do 'ranking' na Praia Grande (®PedroMestre/ANSurfistas/arquivo)
pub

O Algarve vai estar presente no Allianz Sintra Pro com doze (12) atletas em representação de quatro (4) clubes da região. A 4ª Etapa da Liga MEO Surf 2018 decorre de 6 a 8 de julho, na Praia Grande, e vai coroar o vencedor do Allianz Triple Crown e definir posições na perseguição aos títulos nacionais, masculino e feminino. Marlon Lipke (Algarve Surf Clube) em 4º no ‘ranking’ masculino e Yolanda Hopkins (Clube Naval de Portimão) em 3º no feminino são os melhores algarvios na principal Liga portuguesa de surf.

Em prova na Praia Grande, a partir das 8:30 de sexta-feira, 6 de junho, vão estar atletas dos clubes algarvios Albufeira Surf Clube – A.S.C. (3), Clube Naval de Portimão – CNPTM (3), Portimão Surf Clube – PTMSC (3) e Algarve Surf Clube – ASC (3). Destaque para o jovem Tomás Nunes (AlbufeiraSC), que se estreou este ano na Liga e tem em Sintra entrada direta no quadro principal. Vai estar em ação no Heat 3 da primeira ronda masculina.

Marlon Lipke (AlgarveSC) segue no 4º lugar do ‘ranking’ nacional masculino, projectado pela vitória no Porto, e poderá ter na Praia Grande um mar à sua medida, para surpreender os adversários com o seu poderoso surf de rail. Yolanda Hopkins está muito forte este ano e vai beneficiar no Allianz Sintra Pro com a ausência de Teresa Bonvalot, líder do ‘ranking’ nacional feminino, segundo o ‘heat draw’, conhecido esta quinta-feira.

‘Heat Draw’ Algarvio

Masculino | Ronda 1

H1: João Kopke / Ivo Cação / Luís Perloiro / Francisco Canelas (PTMSC)

H3: Guilherme Fonseca / Gonçalo Vieira / Tomás Nunes (A.S.C.) / Paco Peruzzo

H4: Marlon Lipke (ASC) / Gabriel Ribeiro / Kiron Jabour / Tomás Lacerda

H5: Pedro Henrique (ASC) / Guilherme Fonseca / Francisco Duarte (CNPTM) / Tomás Gonçalves

H6: Eduardo Fernandes (ASC) / Simão Penha / Gaspar Teixeira / Francisco Mittermayer

H8: Gony Zubizarreta / Ivan Bailote (A.S.C.) Miguel Marinho (A.S.C.) / António Laureano

H13: Francisco Alves / Paulo Almeida (PTMSC) / Henrique Pyrrait / Ricardo Teixeira

H15: Martim Magalhães (CNPTM) / João Vidal / Filipe Pessanha / Matias Canhoto

Feminino

Trial: Beatriz Carvalho / Concha Balsemão (PTMSC) / Filipa Marquês / Gabriela Diniz

R1/H4: Yolanda Hopkins (CNPTM) / Mariana Brandão / Mariana Garcia

No quadro feminino do Allianz Sintra Pro vai estar em competição uma surfista de berço algarvio mas que vive agora na Grande Lisboa e representa a Associação de Surf da Costa de Caparica: Matilde Passarinho, jovem talento que aprendeu a surfar no Algarve, onde residiu nos primeiros anos da sua vida.

Algarvio Marlon Lipke já provou este ano ser capaz de vencer uma etapa e mar grande em Sintra é uma vantagem para o seu estilo de surf (®PedroMestre/ANSurfistas/arquivo)

Duelos Escaldantes na Ronda Inaugural

O sorteio de baterias foi revelado esta quinta-feira e apresenta embates entre alguns dos principais surfistas nacionais logo na ronda inaugural. No caso da prova feminina a campeã nacional em título e também da etapa, Carol Henrique, tem pela frente logo na estreia a número 2 nacional Camilla Kemp. Já na prova masculina destaque para o duelo entre Miguel Blanco, que procura recuperar terreno na luta pelo título, e o local Nic von Rupp.

Registo ainda para os wildcards locais, com caras bem conhecidas a juntarem-se à competição masculina. Além de Tiago Teotónio Pereira e Manuel Sá Pessoa, o jovem António Laureano será outro dos convidados. O wildcard feminino foi para Margarida Ribeiro.

Já sendo conhecido o quadro de competição, também é o momento de fazer os ajustes finais das equipas no Rip Curl Fantasy Surfer (fantasy.ansurfistas.com), que nesta etapa oferece um relógio Rip Curl Search GPS para o vencedor e um chapéu da Polen Surfboards para o segundo lugar.

Vasco Ribeiro, campeão nacional em título e vencedor do Allianz Sintra Pro em 2017
“A Allianz Triple Crown é mais um desafio dentro do desafio que já é a Liga MEO Surf. Foi muito bom ter vencido em 2017. É um troféu que se disputa em três etapas que gosto muito [Ericeira, Figueira da Foz e Sintra], em três ondas que adoro surfar. Sei que este ano as minhas hipóteses são reduzidas, mas vou dar tudo na Praia Grande para conseguir o melhor resultado possível”.

Carol Henrique, campeã nacional em título e vencedora do Allianz Sintra Pro em 2017
“Estou feliz por poder competir no Allianz Sintra Pro, na Praia Grande, pois é uma praia onde costumo treinar regularmente. Gosto imenso das ondas da Praia Grande e tenho um carinho especial por esta praia porque ganhei ali a Allianz Triple Crown em dois anos consecutivos”.

Pedro Monteiro, Diretor de Prova da Liga MEO Surf
“Esta vai ser uma prova de difícil gestão em termos de mar e marés. Na sexta-feira temos a entrada de uma ondulação mais de oeste, que nos dá boas perspetivas de que este seja o dia com mar maior. A partir daí o mar começa a descer. Mas há um swell que pode entrar no domingo à tarde e nos pode dar margem de manobra”.

Em relação ao Moche Groms Cup, uma iniciativa da FPS e da ANS dedicada aos surfistas mais novos, a Praia Grande vai receber a terceira e quarta edição deste ano. Após ter sido adiada na etapa inaugural do ano, na Ericeira, esta prova vai agora realizar-se a dobrar no Allianz Sintra Pro. Guilherme Ribeiro, João Vidal, Santiago Graça, Afonso Antunes, Francisca Veselko, Gabriela Dinis, Francisco Mittermayer, António Laureano e Tomás Lacerda vão ser alguns dos jovens surfistas em prova.

A agenda para os três dias do Allianz Sintra Pro é a seguinte:

1º dia – Sexta-feira, 6 de julho
08h30 – Call primeiro dia de competição
8h30 – Briefing para os atletas sobre critérios de julgamento
09h30 – Fundação PT: início de limpezas de praia com Plastic Sun Days, Lixo Zero Portugal e crianças de instituições do concelho de Sintra
14h00 – Wave by Wave: iniciativa de intervenção terapêutica através do surf
15h00 – Moche: meias-finais do Moche Groms Cup Ericeira (por confirmar)
18h00 – Canon: sessão teórica workshop de fotografia por Ricardo Bravo
18h30 – Kike Surf Coach: sessão teórica de workshop de treinadores

2º dia – Sábado, 7 de julho
08h00 – Call segundo dia de competição (por confirmar)
08h00 – Kike Surf Coach: início de sessão prática de workshop de treinadores
09h00 – Canon: início de sessões práticas do workshop de fotografia por Ricardo Bravo
10h30 – Fundação PT: início de limpezas de praia com Plastic Sun Days destinada a voluntários
14h00 – Polen: workshop sobre pranchas de surf
15h00 – Moche: meias-finais do Moche Groms Cup Sintra (por confirmar)
16h00 – Renault: Expression Session (por confirmar)

3º dia – Domingo, 8 de julho
08h00 – Call terceiro dia de competição (por confirmar)
07h30 – Kike Surf Coach: início de sessão prática de workshop de treinadores
09h00 – Canon: início de sessões práticas do workshop de fotografia por Ricardo Bravo
14h00 – Polen: workshop sobre pranchas de surf
14h00 – Moche: Final Moche Groms Cup Ericeira (por confirmar)
14h30 – Moche: Final Moche Groms Cup Sintra (por confirmar)
15h00 – Finais do Allianz Sintra Pro (por confirmar)
16h00 – Cerimónia de Entrega de Prémios do Allianz Sintra Pro (por confirmar)

O leque completo de sub-troféus em inclui a Allianz Triple Crown, que vai ter na Praia Grande a terceira e última, a disputa pela melhor manobra na Renault Expression Session, pela melhor onda na Somersby Onda do Outro Mundo e o já referido Moche Groms Cup (cada um com 2.500€/anuais), que nesta etapa irá realizar-se em dose dupla. Por fim, o prémio Sintra Best Surfer, iniciativa da Câmara Municipal de Sintra, irá distinguir os melhores surfistas locais na etapa (masculino e feminino) com 1.500 euros. A premiação global da Liga MEO Surf 2018 é de 90.000€.

Todas as etapas da Liga MEO Surf têm transmissão em direto em www.ligameosurf.pt e no Facebook do MEO, em complemento com as plataformas oficiais da Associação Nacional de Surfistas em www.ansurfistas.com e nas redes sociais @ansurfistas.

A Liga MEO Surf 2018 é uma organização da Associação Nacional de Surfistas e da Fire!, com o patrocínio do MEO, Allianz Seguros, Renault, Somersby, Moche, Rip Curl e da Câmara Municipal de Sintra, a Fundação PT como parceira ambiental, e o apoio técnico da Federação Portuguesa de Surf.

Fonte: Nota de Imprensa da Associação Nacional de Surfistas, a partir do subtítulo “Duelos Escaldantes na Ronda Inaugural”

Comentários