pub

Canoagem | Rúben Luís, Maria Wilkinson, Joana Ramos e Beatriz Ribeiros

Quatro Esperanças Algarvios Campeões Nacionais

Equipa do Kayak Clube Castores do Arade terminou o Nacional Esperanças em 4º lugar. KCCA afirmou-se no campeonato como o melhor clube nacional a Sul do Rio Douro (®KCCA)

equipa mais jovem do Kayak Clube Castores do Arade (KCCA) participoudia 30 de junhona 3ª e última etapa do Campeonato Nacional de Esperanças em canoagemem Vila Nova da Barquinhano rio Tejo, que contou com 662 participantes de 46 clubesO nacional de Esperanças é dedicado aos escalões mais novos da canoagem, com idades compreendidas entre os 8 e os 16 anos, em circuitos entre os 2 e os 5 km. Os ‘castores’ Rúben Luís e Maria Wilkinson sagraram-se Campeões Nacionais, respetivamente, em K1 Iniciado e K1 Iniciado Feminino. O KCCA conquistou o 4º lugar por equipas, afirmando-se como o melhor clube de canoagem Esperanças a Sul do Rio Douro. E a dupla Joana Ramos / Beatriz Ribeiros, do Grupo Desportivo de Alcoutim conquistou o título nacional em K2 Cadete Feminino.

DUPLA DE ALCOUTIM CAMPEÃ EM K2 CADETE FEMININO

Joana Ramos e Beatriz Ribeiros garantiram o título nacional em K2 Cadete Feminino com o 2º lugar alcançado em Vila Nova da Barquinha. A dupla alcouteneja terminou a 3ª etapa a 1,75 segundos das vencedoras.

O resultado na 3ª etapa, somado à vitória na 2ª etapa e ao 2º lugar na 1ª, em Alcoutim, confirmou a conquista do título nacional pela tripulação de Alcoutim.

Joana Ramos e Beatriz Ribeiros, em primeiro plano, são Campeãs Nacionais em K2 Cadete Feminino (®GDA)

CASTORES COM SETE MEDALHAS VÁRIOS TOP-10

Os castores alcançaram um total de 7 medalhas sendo duas de ourotrês de prata e duas de bronze

A primeira vitória alcançada pertenceu Maria Wilkinson, em K1 Iniciado Feminino, que cumpriu os 2km em 9 minutos e 38 segundos, menos 13 segundos que sua irmã gémea, Isabella Wilkinson, que garantiu a medalha de prata e respectiva dobradinha para os Castores do Arade ficando, Filipa Lamas, do CN Ponde de Lima na terceira posição com 10’23’’.

A segunda vitória do dia foi conquistada ao sprint, por Filipe Busel em K1 Iniciado A, que fez apenas menos 1 segundo do que Rui Esteves do GCDRGemeses. 

Os atletas Rúben Luís e Guilherme Reis alcançaram as restantes medalhas de prata em K1 Iniciado e K1 Infantil A, respectivamente. Rúben Luís protagonizou um dos momentos do dia com um excelente sprint final contra o adversário e amigo, Afonso Pereira do CN Prado, garantindo o 2º lugar por apenas 43 centésimos de segundo. Guilherme Reis foi 3,39 segundos mais rápido do que o terceiro classificado, Duarte Cerdeira do CNSesimbra, e ficou a 12 segundos do vencedor, Rodrigo Azevedo do GCDRGemeses.

As duas medalhas de bronze sorriram a Ianis Bebiano em K1 Menor e a Inês Luís em K1 Infantil B. Ianis Bebiano demorou 11’13’’ minutos a cumprir os 2 km de prova, mais 11 segundos do que o 2º classificado, Nuno Barros do CN PradoInês Luís demorou 20’41’’ minutos a cumprir os 5km da sua prova terminando a pouco mais de 30 segundos da 2ª classificada, Luana Sousa do CN Crestuma.

A dupla, Iara Bebiano e Leonor Ramos, obteve o 4º lugar no K2 Iniciado feminino a apenas 6 segundos do pódio e destaque ainda para o top-10 alcançado por Ana Gouveia (10º lugar) em K1 Iniciado feminino.

CASTORES SOMAM DOIS TÍTULOS NACIONAIS E UMA VICE-CAMPEÃ

Com a última etapa cumprida termina o nacional de Esperanças de 2018 com os Castores a alcançarem dois títulos nacionais e um de vice-campeã. Um título por intermédio de Rúben Luís em K1 Iniciado que somou 62 pontos mais 6 do que Tiago Maciel do Viana Garças Clube com 56 e mais 12 do que Afonso Pereira do CN Prado, terceiro classificado com 50 pontos. 

O outro título foi para Maria Wilkinson que somou os mesmos 62 pontos da sua irmã gémea, Isabella Wilkinson, mas as regras ditam que, em caso de empate pontual, a Campeã Nacional é a atleta com a melhor prestação na última etapa. A vitória em Vila Nova da Barquinha rendeu o título nacional contentando-se a sua irmã com o vice-campeonato.

Rúben Luís, de preto, Campeão Nacional K1 Iniciado (®KCCA)

Em igualdade pontual com o terceiro classificado terminou também, em K1 Menor, o atleta Ianis Bebiano com 44 pontos, os mesmos que Nuno Barros do CN Prado mas a mesma regra acima mencionada garantiu a medalha de Bronze final para o adversário por este ter sido melhor na última etapa na Barquinha. 

Ainda no top-10 nacional terminaram Inês luís, em K1 Infantil feminino, na 5ª posição com 30 pontos e a apenas 8 do pódio; Iara Bebiano e Leonor Ramos, em K2 Iniciado feminino conseguiram 30 pontos que garantiram o 6º lugar nacional; Filipe Busel em K1 Iniciado foi 7º classificado com 26 pontos.

4º LUGAR COLETIVO NA ÚLTIMA ETAPA E TAMBÉM NO NACIONAL 

A nível colectivo os Castores conseguiram 4ª posição entre 46 clubes. Foram mais os atletas dos Castores que contribuíram para essa classificação nesta última etapaIara Bebiano e Leonor Ramos foram 4ª’s em K2 Iniciado feminino; em K1 Iniciado feminino, Ana Gouveia foi 10ª e, na mesma categoria, Iris Rietkerk e Matilde Ribas terminaram na 16ª e 19ª posição, respectivamente. 

Filipe Libório foi 13º classificado no K1 Infantil e, na mesma categoria, Tomás Vasconcelos, Bernardo Verdades, Diogo Araújo, Rodrigo Gabriel e Artur Azevedo terminaram na 18ª, 19ª, 20ª, 36ª e 52ª posição, respectivamente.

Matilde Cartaxo e Teresa Laginha foram a 37ª e 44ª classificadas em K1 Infantil feminino; e finalmente, em K1 Cadete, Isaac Albuquerque, Rodrigo Gonçalves, André Soares, Tiago Vieira e José Gouveia foram, respectivamente, 22º, 26º, 28º, 35º e 58º classificado. 

Irmãs gémeas Maria e Isabela Wilkinson, de preto, terminaram o campeonato em igualdade pontual. O título nacional K1 Iniciado Feminino foi atribuído a Maria por ter ganho a última etapa (®KCCA)

KCCA MELHOR CLUBE NACIONAL A SUL DO RIO DOURO

O Kayak Clube Castores do Arade termina o Campeonato Nacional de Esperanças muito perto do pódio, numa excelente 4ª posição Nacional final com 314 pontos, atrás do Campeão Náutico de Ponte de Lima com 1416 pontos, Náutico de Prado com 662 pontos e o GCDRGemeses com 460 pontos. O KCCA é assim o melhor Clube a Sul do rio Douro o que é reflexo do excelente trabalho diário que tem sido realizado em Lagoa na divulgação da canoagem e formação de novos atletas e quem sabe de futuros campeões ao serviço das equipas nacionais.

terceira etapa do nacional de Esperanças foi organizada pela Federação Portuguesa de Canoagem em parceria com o clube local, o Clube Náutico Barquinhense, com o apoio dos Jogos Santa Casa e do IPDJ – o Instituto Português do Desporto e Juventude. Teve um total de 24 regatas repartidas entre kayaks e canoas, individuais e de 2 atletas. O Campeonato Nacional de Esperanças é constituído por 3 provas Nacionais. A primeira cumpriu-se em Alcoutim e a 2ª prova em Crestuma.

‘CASTOR’ TOMÁS SANTOS FAZ DUAS FINAIS EUROPEIAS

Tomás Santos, atleta dos Castores do Arade, conseguiu alcançar duas finais nos Campeonatos Europeus de Canoagem de Velocidade de Juniores e Sub-23 que decorreram na magnífica localidade transalpina de Auronzo di Cadore em Itália. 

O atleta algarvio disputou a final A em equipa na distância de K4 500m e uma final B – para apurar do 10º ao 18º classificado – individual em K1 200m, ambas distâncias Olímpicas. A final A por equipas foi bastante disputada. O quarteto português terminou em 6º, mas a escassos 2,347 segundos dos vencedores. Na final B K1 200m, Tomás Santos fez 4º lugar, equivalente a 13º geral. 

Fonte: Nota de Imprensa Kayak Clube Castores do Arade, excepto subtítulo referente ao bom resultado da dupla do GDAlcoutim, da responsabilidade da redação.

 

Comentários