pub

Ricardo Diniz

Peregrino Náutico Faz Escala em Portimão

Navegador solitário Ricardo Diniz está em viagem para o Brasil numa missão de fé, paz e amor. Leva a bordo uma Imagem de Nª Srª de Fátima, para Salvador da Bahia (®JoaoBracourt)
Navegador solitário Ricardo Diniz está em viagem para o Brasil numa missão de fé, paz e amor. Leva a bordo uma Imagem de Nª Srª de Fátima, para Salvador da Bahia (®JoaoBracourt)
pub

Ricardo Diniz está em missão de fé, paz e amor. O velejador solitário português iniciou uma peregrinação náutica com destino a Salvador da Bahia, Brasil, onde vai entregar uma Imagem benzida de Nossa Senhora de Fátima. O adeus a Portugal aconteceu em Portimão. Esta quinta-feira, 30 de novembro, o Embaixador dos Oceanos levantou âncora na Foz do Rio Arade rumo a Cabo Verde.

O Centenário das Aparições de Fátima e os 300 anos da Senhora da Aparecida, que se celebram em 2017 são o motivo da expedição Fé, Paz e Amor. É a mais recente missão de Ricardo Diniz, velejador solitário de 40 anos de idade que já percorreu mais de 100 mil milhas náuticas, o equivalente a quase quatro voltas ao Mundo, em diversas expedições de boa vontade.

Missão Fé, Paz e Amor demorou mais de um ano a preparar (®JoaoBracourt)

Missão Fé, Paz e Amor demorou mais de um ano a preparar (®JoaoBracourt)

Em 2006, por exemplo, velejou de Portimão a Londres com uma garrafa de Vinho do Porto, para oferecer à Rainha Isabel II, por ocasião do 80º aniversário da monarca inglesa e para celebrar a Aliança mais Antiga da História e os 250 anos da Região Demarcada do Douro. Em 2007 foi nomeado, pela Comissão Europeia, Embaixador dos Oceanos.

Missão Fé, Paz e Amor começou no passado dia 15 de outubro, quando Ricardo Diniz recebeu uma Imagem de Nossa Senhora de Fátima feita e benzida especialmente para a expedição. O velejador transportou a Imagem do Santuário de Fátima até Peniche, numa distância de cerca de 100 quilómetros percorridos a pé em cinco dias.

No dia 11 de novembro, o veleiro Fé, Paz e Amor, com a Imagem de Nossa Senhora de Fátima a bordo zarpou de Peniche e fez escala em Lisboa. O plano era rumar ao horizonte atlântico a partir da capital portuguesa, mas após a largada, dia 13 de novembro, Ricardo Diniz detetou complicações meteorológicas na rota e rumou a Sul, acabando por aportar em Portimão.

Ricardo Diniz à saída da Barra de Portimão, esta quinta-feira, 30 de novembro (®JoaoBracourt)

Ricardo Diniz à saída da Barra de Portimão, esta quinta-feira, 30 de novembro (®JoaoBracourt)

A espera na Cidade da Foz do Arade foi longa, mas Ricardo Diniz não tem pressa em chegar ao destino. A peregrinação náutica foi retomada esta quinta-feira, uma vez reunidas as condições favoráveis na rota que vai levar o velejador solitário até à Ilha de São Vicente, em Cabo Verde.

Ricardo Diniz deverá chegar a São Vicente no dia 9 ou 10 de dezembro. Durante essa escala, a Imagem de Nossa Senhora de Fátima ficará exposta na Igreja Matriz do Mindelo e o velejador irá dar uma palestra na Escola do Mar. A travessia atlântica com destino a Salvador da Bahia será a etapa seguinte, unindo Portugal e Brasil num gesto de fé… à dimensão do mar que a todos abraça.

Acompanhe a expedição em http://ricardodiniz.com/fatima/

Comentários