pub

XII Encontro Internacional de Vela Ligeira

CNPortimão Brilha na Semana do Mar

Beatriz Gago, POR 2434 venceu quatro dias cinco regatas disputadas na prova açoriana (®ArturFilipeSimoes/CNH)
Beatriz Gago, POR 2434 venceu quatro dias cinco regatas disputadas na prova açoriana (®ArturFilipeSimoes/CNH)
pub

O Clube Naval de Portimão representou o Algarve com excelentes resultados em Optimist Juvenil no XII Encontro Internacional de Vela Ligeira do Festival Náutico da Semana do Mar na Cidade da Horta, Ilha do Faial, Açores. O clube algarvio alcançou a vitória, por intermédio da tricampeã de Portugal Beatriz Gago e o terceiro lugar do pódio, por Rodrigo Dias e colocou um total de quatro velejadores nos seis primeiros lugares de uma frota composta por 71 atletas do Continente e Ilhas.

O XII Encontro Internacional de Vela Ligeira decorreu entre os dias 8 e 10 de agosto, organizado pelo Clube Naval da Horta e com o apoio da Associação Regional de Vela dos Açores. Foi uma das muitas provas de diversas modalidades que rechearam a Semana do Mar com muita alegria e convívio.

O Clube Naval de Portimão concluiu o encontro com sete (7) velejadores em Optimist Juvenil e todos eles terminaram dentro do primeiro terço da frota. Beatriz Gago, a tricampeã portuguesa que fez 4º lugar feminino no Mundial deste ano dominou a prova na Horta com vitórias em quatro das cinco regatas disputadas.

Rodrigo Dias, que tem vindo a subir de forma este ano, alcançou o 3º lugar do pódio no Faial. Beatriz Cintra, que também representou Portugal no Mundial de Optimist deste ano fez 3º lugar feminino, 5º na geral. Logo atrás terminou Mara António, em 6º na geral.

Os restantes resultados dos velejadores do Clube Naval de Portimão foram os seguintes: 8º Daniel Cristiano, 17º António Monteiro, 20º Francisco Dias.

Uma oitava atleta do Clube Naval de Portimão compareceu no encontro mas não concluiu a prova. “A Rafaela Sousa sofreu um incidente no segundo dia de prova, teve de receber assistência hospitalar e ficou impossibilitada de competir nos restantes dias”, explicou o treinador Frederico Coutinho Rato. A atleta sofreu uma lesão em tendões e cartilagem da mão direita e ficou sujeita a ligadura de imobilização. Não conseguiu realizar mais que uma regata na prova, tendo terminado em 55º. Apesar do desaire na Cidade da Horta, a atleta já recuperou da lesão.

Comentários