pub

Formula Windsurfng

Algarvio Miguel Martinho na Luta por Título Mundial

Miguel Martinho está na Alemanha com o objetivo de melhorar o 4º lugar mundial absoluto conquistado o ano passado (®IFWC)
Miguel Martinho está na Alemanha com o objetivo de melhorar o 4º lugar mundial absoluto conquistado o ano passado (®IFWC)
pub

Miguel Martinho (Clube Naval de Portimão) está na luta pelo título mundial de Formula Windsurfing. O Campeonato do Mundo Absoluto da modalidade está a decorrer na Alemanha, no âmbito do evento Multivan Summer Open, em Sylt. O atleta algarvio já cumpriu um dia de regatas e segue dentro do Top 10 entre 50 competidores em representação de 15 países.

O Campeonato do Mundo de Formula Windsurfing Multivan 2017 começou ontem, dia 30 de maio, e vai decorrer até segunda-feira, 5 de junho. Miguel Martinho é o único português em prova. O atleta algarvio é multicampeão nacional de Formula Windsurfing e conseguiu em 2016 um impressionante palmarés: Campeão Europeu Masters, Vice-Campeão Mundial Masters e Top 4 Mundial Absoluto. 

Atletas cumpriram duas regatas no primeiro dia, terça-feira; e não saíram esta quarta-feira (®IFWC)

Atletas cumpriram duas regatas no primeiro dia, terça-feira; e não saíram esta quarta-feira (®IFWC)

Miguel Martinho está na Alemanha com o objetivo de melhorar o 4º lugar mundial absoluto conquistado o ano passado. O Mundial deste ano começou ontem, com a realização de duas regatas, pelas quais os atletas esperaram até às 19h00 locais. “Com vento de 9 a 13 nós fizemos 2 regatas, na primeira fiquei em 5º lugar e na segunda vinha bem, mas fiz um erro na 2ª volta que me custou 4 posições; terminei em 10º”, comentou o atleta algarvio.

Esta quarta-feira, segundo dia do Mundial na Alemanha, não foram realizadas regatas, devido a condições demasiado adversas no mar e vento forte, entre os 25 e os 30 nós. Miguel Martinho segue na 8ª posição da classificação geral após as duas regatas realizadas terça-feira. A frota é liderada pelo australiano Steve Allen, com dois 2ºs nas regatas do primeiro dia.

Comentários