pub

Circuito Nacional de Longboard 2017 | 3ª Etapa

Luís Esteves Finalista na Ericeira

Luís Esteves fez uma onda de 9 pontos em Ribeira D'Ilhas e terminou a etapa em 3º (®ESC)
Luís Esteves fez uma onda de 9 pontos em Ribeira D'Ilhas e terminou a etapa em 3º (®ESC)
pub

O surfista algarvio Luís Esteves (Clube de Surf de Faro) foi finalista, 3º classificado na 3ª Etapa do Circuito Nacional de Longboard 2017. “Foi o melhor campeonato de ondas de que me lembro… Ribeira D’Ilhas clássico. Foi incrível”, comentou o atleta farense, ao Swell-Algarve.

Luís Esteves foi o único atleta algarvio presente na 3ª etapa do nacional de pranchas grandes. A prova decorreu num único dia, ontem, sábado 27 de maio, organizada pelo Ericeira Surf Clube, com o apoio técnico da Federação Portuguesa de Surf. Há uma semana, na 2ª etapa, no Porto, Luís Esteves fez 7º lugar. Este fim-de-semana, na Ericeira, o algarvio repetiu o 3º lugar que alcançou, em abril, na 1º etapa.

Com boas ondas em Ribeira D’Ilhas, Luís Esteves avançou desde os oitavos-de-final sempre com notas boas, tendo mesmo feito uma onda de 9 pontos na primeira ronda. “Na final houve poucas ondas e caí numa”, comentou o algarvio.

Pódio Open em Ribeira D'Ilhas, com algarvio Luís Esteves, à esquerda, em 3º lugar (®ESC)

Pódio Open em Ribeira D’Ilhas, com algarvio Luís Esteves, à esquerda, em 3º lugar (®ESC)

Ainda assim, Luís Esteves fez um par de seis na final e terminou muito perto do 2º lugar na etapa, conquistado por João Dantas. A prova foi ganha por Diogo Gonçalves, que fez uma onda de 9,25 pontos na final. Em 4º lugar na final terminou Manuel Dantas.

Em 2016, Luís Esteves optou por não correr todo o nacional de Longboard. “Só fui a uma ou duas provas. Quis mesmo parar”, confirmou o atleta. Este ano, Luís Esteves está de volta ao circuito, sem pressão, “com vontade de curtir e puxar o Longboard para cima. Temos bons atletas, mas não temos bons apoios”, comentou.

Uma das razões do sucesso e da vontade é a tábua que leva para as provas. Luís Esteves está este ano a competir com um longboard Lufi novo modelo, com epoxy e carbono. É uma prancha mais rápida, com melhor controlo e menor necessidade de remar. “É mais fácil em tudo”, diz o surfista de Faro.

O Circuito Nacional de Longboard 2017 vai agora ‘a banhos’ e estará de regresso em setembro, para a 4ª Etapa, em Faro.

Links:

2ª Etapa CN Longboard 2017 | Porto (maio)

1ª Etapa CN Longboard 2017 | Costa de Caparica (abril)

Comentários