pub

Centro de alto rendimento já está a funcionar

420 Abrem Vilamoura Sailing

Vilamoura Sailing estreou-se com um estágio da Classe 420. Centro de alto rendimento foi apresentado na Marina de Vilamoura, sexta-feira, 17 de fevereiro (®PauloMarcelino)
Vilamoura Sailing estreou-se com um estágio da Classe 420. Centro de alto rendimento foi apresentado na Marina de Vilamoura, sexta-feira, 17 de fevereiro (®PauloMarcelino)
pub

A Associação Portuguesa da Classe 420 estreou o novo centro de alto rendimento de vela na Marina de Vilamoura, com um estágio a decorrer até domingo. O Vilamoura Sailing – Hi Performance Centre foi apresentado esta sexta-feira, 17 de fevereiro, na presença de individualidades da região e das 15 tripulações em treino. Isolete Correia, diretora da marina, traçou o azimute estratégico nas palavras de abertura: “É para combater a sazonalidade e colocar Portugal como destino náutico internacional”.

O presidente da Região de Turismo do Algarve, Desidério Silva, e o presidente da Câmara de Loulé, Vítor Aleixo, deram moldura política ao evento e expressaram apoio ao projeto. “Este projeto é um ‘upgrade’ para a região” e por isso, sublinhou Desidério Silva: “Estou aqui hoje em troca da camisola amarela em Aljezur”. Vítor Aleixo, num olhar mais local, declarou: “É mais um tijolo neste edifício magnífico de turismo de excelência que é Vilamoura. O desafio agora é mantermo-nos na linha da frente”.

O Vilamoura Sailing foi uma ideia de Nuno Reis, da Companhia Náutica, tornada realidade em parceria com Vilamoura World. Na vela de competição há “muita procura por zonas no Sul da Europa”, mais temperadas; e o início do novo ciclo olímpico para Tóquio 2020 é o estímulo ideal.

Nuno Reis, Isolete Correia, Vítor Aleixo e Desidério Silva na cerimónia de apresentação do projeto (®PauloMarcelino)

Nuno Reis, Isolete Correia, Vítor Aleixo e Desidério Silva na cerimónia de apresentação do projeto (®PauloMarcelino)

“Queremos criar ligação com Ásia e Norte da Europa, particularmente Alemanha, Suíça, Áustria e Polónia. Estamos em vias de anunciar a instalação de bases permanentes de duas federações internacionais em Vilamoura. Uma das equipas (nacionais) terá quatro atletas e dois técnicos em permanência, entre Março e Junho”, revelou Nuno Reis, em declarações ao Swell-Algarve.

O Vilamoura Sailing oferece soluções permanentes e pontuais (estágios) para o treino de vela de alta competição. Está estrategicamente colocado numa região costeira com bom clima e num continente que recebe as mais importantes provas internacionais de vela.

O novo centro diferencia-se também por disponibilizar pacotes completos, com embarcações de várias classes e botes de apoio e soluções de alojamento em parceria com os Hotéis Dom Pedro. “Vamos trabalhar próximo da Federação Portuguesa de Vela, dar muito ênfase à Classe Optimist e tentar trazer uma prova internacional em 2018”, promete Nuno Reis.

Convidados institucionais com as tripulações da Classe 420 já em estágio no Vilamoura Sailing (®PauloMarcelino)

Convidados institucionais com as tripulações da Classe 420 já em estágio no Vilamoura Sailing (®PauloMarcelino)

Reforçando o sentido prático sublinhado pelo presidente da região de turismo e muito característico da forma de estar do mentor do projeto, o Vilamoura Saling foi apresentado com o centro de alto rendimento já em funcionamento. A pequena cerimónia foi coordenada com a hora de chegada a terra das 15 tripulações nacionais de 420 que ali estão a estagiar desde quinta-feira.

Estágio com Campeões do Mundo

As 15 tripulações, compostas por atletas dos 15 aos 22 anos de idade e de vários clubes portugueses incluem quatro tripulações femininas e as quatro tripulações algarvias da classe (três do Ginásio Clube Naval de Faro e uma do Clube de Vela de Lagos), uma das quais feminina, de Faro.

Os estagiários estão a cumprir um plano rigoroso de treino, com sessões teóricas pela manhã, saídas de mar à tarde, com filmagens, para posterior visionamento e consequente aperfeiçoamento no dia seguinte.

Os irmãos Diogo e Pedro Costa, campeões do mundo em título, integram o corpo técnico que está a realizar o estágio até domingo, 19 de fevereiro. O corpo técnico é liderado por Gonçalo Ribeiro, treinador responsável pela Associação Portuguesa da Classe 420.

Velejadores chegaram a terra pouco antes da cerimónia. Estágio da Classe 420 termina domingo, 19 de fevereiro (®PauloMarcelino)

Velejadores chegaram a terra pouco antes da cerimónia. Estágio da Classe 420 termina domingo, 19 de fevereiro (®PauloMarcelino)

Devido ao estágio, a 2ª Prova do Campeonato do Algarve de Vela Ligeira 2016/2017, que decorre este fim-de-semana, em Vilamoura, não irá integrar as quatro tripulações algarvias da Classe 420.

Os velejadores algarvios preferem aproveitar e evoluir com o estágio, até porque estão a poucos dias da 1ª Prova de Apuramento Nacional da Classe 420, que irá decorrer no âmbito da 43º Torneio Internacional de Vela do Carnaval, também em Vilamoura, nos dias 25 a 27 de fevereiro.

Comentários