pub

Para Mundial de Optimist 2017

Federação de Vela Estabelece Quota Feminina

Equipa de Portugal ao Mundial de Optimist 2017 vai ter um lugar feminino reservado (®PauloMarcelino/Arquivo)
Equipa de Portugal ao Mundial de Optimist 2017 vai ter um lugar feminino reservado (®PauloMarcelino/Arquivo)
pub

A Federação Portuguesa de Vela já definiu os critérios de acesso e de apuramento regional e nacional para a época 2016/2017. A principal novidade é a reserva de um lugar feminino na Equipa de Portugal ao Mundial de Optimist. Mas também há novas regras para as classes 420 e Laser Radial no ‘ranking’ de apuramento para o Mundial da Juventude 2017, que vai incluir as regatas disputadas no 43º Torneio Internacional de Vela do Carnaval, em Vilamoura.

Os critérios foram divulgados pela FPV e podem ser consultados AQUI. De acordo com as regras da Associação Internacional da Classe Optimist (IODA – International Optimist Dinghy Association), cada equipa nacional no Mundial de Optimist é composta por um máximo de cinco (5) velejadores, independentemente do género (masculino ou feminino). Os primeiros cinco classificados no ‘ranking’ do critério de apuramento da classe em Portugal eram, até agora, os velejadores que representavam o País no Mundial de Optimist. Essa regra foi alterada.

A federação estipulou para este ano que um dos cinco lugares no Mundial de Optimist fica reservado para uma velejadora, desde que se tenha classificado nos primeiros dez lugares do ‘ranking’ nacional de apuramento. “Ficam apurados para os restantes lugares, os primeiros classificados do ‘ranking’, independentemente do género”, esclarece a Federação Portuguesa de Vela.

O apuramento nas classes 420 e Laser Radial, para o Mundial da Juventude 2017, também sofreu alterações. A qualificação das tripulações e velejadores deixa de ser o resultado de uma prova única, o Campeonato de Portugal de Juniores. O apuramento passa a ser feito por um ‘ranking’ composto pelas regatas disputadas no 43º Torneio Internacional de Vela do Carnaval, em Vilamoura (25 a 27 de fevereiro) e no Campeonato de Portugal de Juniores, em Viana do Castelo (6 a 9 de abril).

É importante sublinhar que a alteração no critério de apuramento das classes 420 e Laser Radial confere ainda maior importância ao Torneio Internacional de Vela do Carnaval. Recorde-se que o evento em Vilamoura é a maior e mais antiga prova de Vela Ligeira em Portugal e conta também como apuramento para o Campeonato Europeu Junior em Laser 4.7.

Comentários