pub

12 janeiro | 16h-20h

Surf Olímpico em Debate na Lusófona

CONFERÊNCIA SURF NOS JOGOS OLÍMPICOS_FEFD_17
pub

A Surf vai ser modalidade olímpica nos Jogos Tóquio 2020. A chegada da modalidade ao maior evento desportivo do planeta é um momento histórico, com impacte no próprio desporto e sobre o qual importa refletir. Esse é o propósito da conferência ‘O Surf nos Jogos Olímpicos’ que vai realizar-se quinta-feira, 12 de janeiro, na Universidade Lusófona, em Lisboa. A entrada é livre.

A conferência vai decorrer nas instalações da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, no Campo Grande, entre as 16h00 e as 20h00. A instituição de ensino superior chamou ao palco do debate ilustres representantes de diversas áreas relacionadas com o desporto, desde treinadores e atletas, passando por comunicadores e representantes comerciais.

O debate vai decorrer em seis painéis temáticos. Os oradores convidados são: José Curado (diretor do Instituto Lusófono de Treino Desportivo e referência internacional na matéria), Gonçalo Lopes (representante da marca Hurley em Portugal), Miguel Pedreira (jornalista), Jorge Gato Ribeiro e Miguel Moreira (treinadores e mentores), Guilherme Ribeiro, João Moreira e Joaquim Chaves (jovens atletas de Surf) e Joana Pratas (atleta olímpica de Vela).

O debate será moderado por Sandro Maximiliano, responsável pela Academia Lusófona Surf – Formação e Competição. No início deste novo ciclo olímpico a caminho de Tóquio é importante perceber o que tem de mudar na preparação dos atletas e os vários ângulos de oportunidade que o estatuto olímpico empresta ao Surf.

Comentários