pub

Allianz Ericeira Billabong 2016 | 3ª Etapa (última)

Martim Magalhães Faz 2º Lugar na Ericeira

Frederico 'Martim' Magalhães em ação na última etapa do circuito do Ericeira Surf Clube (®AlvaroFr/EriceiraSC)
Frederico 'Martim' Magalhães em ação na última etapa do circuito do Ericeira Surf Clube (®AlvaroFr/EriceiraSC)
pub

O surfista algarvio Frederico ‘Martim’ Magalhães foi vice-campeão na 3ª Etapa (última) do Allianz Ericeira Billabong 2016, circuito local organizado pelo Ericeira Surf Clube. O atleta do Clube Naval de Portimão fez 2º lugar na final Open em Ribeira D’Ilhas e concluiu o circuito em 5º lugar no ‘ranking’ da categoria, mas com menos uma etapa disputada que os quatro primeiros classificados.

A etapa começou na passada quinta-feira 8 de dezembro com as categorias Sub-12, Sub-14, Sub-16 e Feminino e foi concluída no fim-de-semana, 10 e 11 de dezembro, já com os atletas Sub-18, Open, e Masters também na água, num total de 110 atletas inscritos, muitos de elevado nível técnico. Ribeira D’Ilhas apresentou ‘sets’ consistentes, mas massudos de 2 metros no sábado, sobretudo, de manhã e condições ainda melhores no domingo, elevando a fasquia do esforço físico para todos os participantes.

‘Martim’ Magalhães enfrentou a etapa com objetivos de performance, no âmbito do seu plano de treinos. Recorde-se que o surfista algarvio, praticamente, vive há mais de um ano na Ericeira, onde se treina sob a orientação do conhecido treinador José Maria Pyrrait. ‘Martim’ avançou sempre em segundo nas suas baterias, desde os oitavos-de-final, fase inicial em que conseguiu ‘virar’ a bateria nos últimos segundos.

Algarvio 'Martim' Magalhães, sem prancha, no pódio Open da etapa em Ribeira D'Ilhas (®AlvaroFr/EriceiraSC)

Algarvio ‘Martim’ Magalhães, sem prancha, no pódio Open da etapa em Ribeira D’Ilhas (®AlvaroFr/EriceiraSC)

O surfista algarvio conseguiu sempre ‘tirar uma onda da cartola’ para chegar ao apuramento em cada bateria. A situação repetiu-se na final, onde ‘Martim’ subiu de 4º para 2º na última onda (6,27 pontos), vencendo o duelo particular com o brasileiro Felipe Teixeira. A última onda de ‘Martim’ não foi suficiente para ganhar porque Henrique Pyrrait, seu companheiro de treinos, conseguira antes desencantar 8,33 pontos, mostrando melhor escolha de ondas.

Henriqye ‘Neco’ Pyrrait venceu a etapa e sagrou-se Campeão Open do Allianz Ericeira Billabong 2016. Henrique Pyrrait estava sob forte pressão no ‘ranking’, imposta por Arran Strong e Gonçalo Fragoso, vencedores das etapas anteriores. Mas a última etapa correu mal aos adversários. Gonçalo Fragoso fez 17º lugar e Arran Strong foi 7º classificado, conseguindo ainda sagrar-se vice-campeão do circuito. ‘Martim’ Magalhães terminou em 5º lugar no ‘ranking’, com dois 2ºs lugares em duas etapas, tendo faltado à etapa inaugural, o que lhe diminuiu as contas finais.

Matias Canhoto (Sub-12), Gabriel Ribeiro (Sub-14 e Sub-16), Arran Strong (Sub-18), Henrique Pyrrait (Open), Gonçalo Dias (Masters) e Elisabete Mendes (Feminino) são os Campeões Allianz Ericeira Billabong 2016. O Ericeira Surf Clube está a preparar uma gala de encerramento, para entrega de prémios, diplomas e troféus.

Finais 3ª Etapa Allianz Ericeira Billabong 2016

Sub-12
1. Martim Van Zeller
2. Francisco Mittermayer
3. Tomás Gonçalves
4. Oliver Clinton


Sub-14
1. Gabriel Ribeiro | Campeão do circuito
2. Yuval Ben Hayon
3. Vasco Claro
4. Matias Canhoto


Sub-16
1. Jonny Cohen
2. Tommer Linviker
3. José Maria Ribeiro
4. Sebastião Ramirez


Sub-18
1. Arran Strong | Campeão do circuito
2. Tiago Santos
3. Vasco Claro
4. João Galeão

Open
1. Henrique Pyrrait | Campeão do circuito
2. Martim Magalhães
3. Felipe Teixeira
4. Pedro Rua

Masters
1. Adriano de Jesus
2. Gonçalo Dias | Campeão do circuito
3. Mauricio Vieira
4. Rodrigo Ruivo


Feminino
1. Margarida Ribeiro
2. Elisabete Mendes | Campeã do circuito
3. Maria Petersson
4. Filipa Tavares

Links:

2ª Etapa | novembro

Comentários