pub

Evento Vissla em Santander | 17 a 19 junho

Festival Cósmico Celebra Estilo ‘Retro’

Cosmic Children Festival vai já na sua 11ª edição. A Vissla internacionalizou este ano o conceito, com o Cosmic World Tour (®DR)
Cosmic Children Festival vai já na sua 11ª edição. A Vissla internacionalizou este ano o conceito, com o Cosmic World Tour (®DR)
pub

Santander vai receber nos próximos dias 17 a 19 de junho o Cosmic Children Festival, um evento da Vissla para celebrar o estilo de surf ‘retro’ e homenagear os primeiros tempos de ‘design’ mais alternativo e experimental de pranchas de surf, uma época em que as pranchas eram ‘rainhas’ nas lojas de surf, os ‘shapers’ eram gurus e o surf tinha uma alma mística. O evento vai decorrer em Santander e na Praia de Lineares, na região espanhola da Cantábria, e inclui a participação de ‘shapers’ de diversos países, incluindo Nick Urrichio e Nuno Matta, de Portugal.

O evento vai começar na cidade de Santander, sexta-feira 17 de junho, com a apresentação do filme ‘Dream Steeple’, da Vissla; a inauguração de exposições de fotografias dos californianos Kenny Hurtado e Jeremiah Klein e de uma exposição de pinturas da italiana Silvia Mirilormar inspiradas pelas fotografias dos norte-americanos. Será também inaugurada uma exposição sobre indústria sustentável, na qual a Vissla vai apresentar os seus fatos de neoprene ecológicos e calções de fibra de coco reciclado.

No fim-de-semana, 18 e 19 de junho, o evento muda-se para a praia em Liencres, a nove quilómetros da cidade de Santander. As ondas do Mar Cantábrico e o areal da Praia de Liencres vão celebrar o estilo ‘retro’ de uma forma muita especial. Na praia haverá muita animação, com música e recreações mascaradas.

Nas ondas vai haver competição, com pranchas ‘retro’: Prova de Single e Twin Fin, para pranchas originais com mais de 30 anos, ou réplicas; prova para veteranos com mais de 50 anos de idade; prova para ‘shapers’ e amadores com pranchas feitas pelos próprios; prova para Sub-14 com pranchas ‘retro’, e uma prova por equipas familiares até três gerações de surfistas. Haverá ainda uma aula de surf para crianças com Síndrome de Down e uma ‘expression session’ para as ’tábuas’ mais experimentais e históricas.

Este é um bom exemplo de como se pode celebrar as origens e passar às gerações mais novas o testemunho do espírito livre e experimental do surf ocidental. É já a 11ª edição do Cosmic Children Festival, a ‘jóia da coroa’ do Cosmic World Tour, que a Vissla lançou este ano com a estreia de mais dois eventos semelhantes, na California, EUA (maio) e em Porto Rico (julho).

A celebração ‘cósmica’ da Vissla faz referência ao pulsar do cosmos, da natureza, na experiência de deslizar numa onda. “Eu faço surf para sentir essa energia, esse pulsar”, confessou há dias a lenda viva do surf mundial, Rusty Miller, ao Swell-Algarve, no Sagres Surf Culture.

Comentários