pub

42º Torneio Internacional do Carnaval

Festa da Vela Encerra em Vilamoura

Daniela Miranda (à esquerda) venceu e Bruna Carvalho (à direita) foi a 2ª melhor feminina na frota 4.7 do troféu internacional em Vilamoura (®PauloMarcelino/Arquivo)
Daniela Miranda (à esquerda) venceu e Bruna Carvalho (à direita) foi a 2ª melhor feminina na frota 4.7 do troféu internacional em Vilamoura (®PauloMarcelino/Arquivo)
pub

O 42º Torneio Internacional de Vela do Carnaval chegou hoje ao seu final em Vilamoura. A prova contou com a participação de cerca de 300 velejadores e teve organização do Clube Internacional da Marina de Vilamoura. Daniela Miranda (Associação Naval do Guadiana) venceu a prova na classe Laser 4.7. Beatriz Gago (Clube Naval de Portimão) fez 1º lugar Feminino na classe-rainha Optimist Juvenis, concluindo o torneio na 11ª posição, logo seguida de Beatriz Cintra, também do CNPortimão. Manuel Ramos, do Clube de Vela do Barreiro, foi o melhor português na classe, 4º na classificação final.

No último dia do 42º Torneio Internacional de Vela do Carnaval o vento soprou entre os 5 e os 9 nós de Sudoeste. Vento fraco que não é a melhor condição para Beatriz Gago. A velejadora de Portimão começou o último dia na 5ª posição da tabela Optimist Juvenis, mas perdeu lugares nas duas regatas das medalhas.

Em Optimist Juvenis, o domínio alemão foi total com Roko Mohr, Mic Mohr e Adrien Suroca, a ocuparem o pódio. Manuel Ramos, foi o melhor português na 4ª posição e Beatriz Gago foi a primeira feminina, 11ª da geral. Esta prova serviu de Evento-Teste para o Mundial da classe a realizar de 25 de Junho a 4 de Julho também em Vilamoura.

Beatriz Gago foi 1ª Feminino em Optimist Juvenis, classe que realizou em Vilamoura o 1º evento-teste para o Mundial em junho (®RodrigoMRato/LxSailing)

Beatriz Gago foi 1ª Feminino em Optimist Juvenis, classe que realizou em Vilamoura o 1º evento-teste para o Mundial em junho (®RodrigoMRato/LxSailing)

Em Optimist Infantis, Tiago Lima e Marta Alves, ambos do Clube de Vela de Viana do Castelo, foram 1o e 3o da geral, com Júlia Cardoso, da Associação Náutica da Madeira, a seguir na segunda posição.

Tomás Barreto/João Prieto, do Clube Naval de Cascais, venceram nos 420. Rita Lopes/Pedro Cruz, também do Clube Naval de Cascais, e Francisco Mata/Rui Oliveira, do Clube de Vela do Atlântico, foram 2º e 3º, respectivamente. Diogo Costa/Pedro Costa, do Clube de Vela do Atlântico, foram desqualificados na última regata e perderam a vitória na classe, descendo para o 6º lugar na geral.

Henrique Brites, do Clube Naval de Cascais, alcançou o triunfo em Laser Radial. Tomás Martins e Carolina João, ambos do Sport Algés e Dafundo, ocuparam as 2a e 3a posições.

Equipa masculina do Clube de Vela do Barreiro, com Manuel Ramos (2º da esquerda), que foi o melhor português em Optimist Juvenis (®RodrigoMRato/LxSailing)

Equipa masculina do Clube de Vela do Barreiro, com Manuel Ramos (2º da esquerda), que foi o melhor português em Optimist Juvenis (®RodrigoMRato/LxSailing)

Daniela Miranda, da Associação Naval do Guadiana, foi a primeira em Laser 4.7. Miguel Rouxinol e Gonçalo Peixoto, do Clube de Vela Atlântico, terminaram em 2º e 3º. Bruna Carvalho, também da Associação Naval do Guadiana, foi a 2ª melhor feminina, 6ª na geral.

Nos Snipe, Tiago Roquette/Salvador Roquette, do Clube We Do Sailing, foram os vencedores. Pedro Barreto/Sofia Barreto e Luís Guedes Queiroz/António Pereira, do Clube Naval de Cascais completaram o pódio.

António Santos/Rita Santos, do Clube de Vela do Sado, foram primeiros em Dart 18. A dupla Luís Santos/João Santos, também do Clube de Vela do Sado, foi segunda e Francisco Melo/António Jesuíno, do CIMAV, ficaram na terceira posição.

Fonte: Nota de Imprensa da Federação Portuguesa de Vela

Comentários