pub

Moche Rip Curl Pro Portugal | Antevisão Quartos-de-Final

‘Simpo’ Assume Vantagem Contra ‘Kikas’

Brett Simpson, entrevistado esta manhã no 'Dawn Patrol', disse estar em vantagem para o duelo com Frederico Morais nos quartos-de-final (®screenshot)
Brett Simpson, entrevistado esta manhã no 'Dawn Patrol', disse estar em vantagem para o duelo com Frederico Morais nos quartos-de-final (®screenshot)
pub

Brett Simpson (‘Simpo’) assumiu estar em “vantagem” para o duelo contra Frederico Morais (‘Kikas’) no Moche Rip Curl Pro Portugal. O confronto entre o norte-americano e o português é uma das duas baterias já definidas para os quartos-de-final da etapa portuguesa do Samsung Galaxy Championship Tour, em Supertubos, Peniche.

Frederico Morais e Brett Simpson são duas das surpresas no Moche Rip Curl Pro Portugal. Nunca um português chegou aos quartos-de-final da etapa do Champiosonhip Tour em Portugal. E o norte-americano não avançava tão longe numa etapa do CT há anos. Frederico Morais foi  chamado à prova como suplente para surfistas lesionados e é a segunda vez que participa na etapa portuguesa do CT. Brett Simpson está no CT há seis anos.

Frederico Morais está focado. Não compete desde domingo. Mas terça-feira foi experimentar as condições difíceis junto ao Molhe Leste (®PauloMarcelino)

Frederico Morais está focado. Não compete desde domingo. Mas terça-feira foi experimentar as condições difíceis junto ao Molhe Leste (®PauloMarcelino)

Oa dois surfistas fizeram até agora um percurso superior às expetativas em Peniche. Frederico Morais venceu a sua bateria na Ronda 1, contra Kolohe Andino e Adriano de Souza, avançando diretamente para a Ronda 3, na qual eliminou o líder mundial Mick Fanning, o surfista preferido do português. Na Ronda 4, ‘Kikas’ voltou a vencer a sua bateria, contra Nat Young e Joel Parkinson, e ‘saltou’ a ronda seguinte, avançando direto para os quartos-de-final.

Brett Simpson  venceu a sua bateria na Ronda 1, contra Joel Parkinson e Italo Ferreira, e avançou para a Ronda 3, na qual eliminou Kelly Slater. Na Ronda 4, Brett Simpson foi terceiro com um ‘score’ de 17,57 pontos, numa super-bateria ganha por Filipe Toledo (19,00), com Kolohe Andino (18,00) em 2º. Brett Simpson teve de passar pela Ronda 5, onde eliminou o compatriota Nat Young, na passada terça-feira.

Captura de ecrã 2015-10-29, às 10.01.13

O californiano segue no 34º posto do ‘ranking’ e está em risco de não conseguir manter-se no Championship Tour, onde compete há seis anos consecutivos. Esta manhã, quinta-feira 29 de outubro, Brett Simpson recorreu ao estatuto de veterano para declarar vantagem na antevisão da sua bateria contra Frederico Morais nos quartos-de-final. “O Frederico tem sido muito preciso neste evento. Ele tem estado em alta, mas eu estou no CT há 6 anos. Por isso, tenho de dizer que estou em vantagem. Ele eliminou o Mick, mas eu eliminei o Kelly”, declarou o norte-americano.

Frederico Morais venceu as três baterias que disputou até agora no Moche Rip Curl Pro Portugal e com uma onda de 9 pontos em cada uma delas. Brett Simpson perdeu uma bateria (sendo forçado a ir à repescagem na Ronda 5) e ainda não registou qualquer 9, apesar de ter várias ondas ‘na casa’ dos 8 pontos.

Frederico Morais tem feito ondas de 9 pontos em todas as baterias e é o melhor português de sempre na etapa portuguesa do CT (®PauloMarcelino)

Frederico Morais tem feito ondas de 9 pontos em todas as baterias e é o melhor português de sempre na etapa portuguesa do CT (®PauloMarcelino)

O português tem um percurso exemplar (só vitórias) e de excelência (ondas de 9 pontos). O norte-americano pode ser superior no jogo aéreo, mas Frederico Morais tem sido o melhor a escolher ondas em Supertubos e tem aplicado um poderoso e infalível jogo de ‘rail’ em paredes de ondas de ‘set’.

As condições previstas para os próximos dias são favoráveis ao português. O mar vai ‘subir’ e o vento vai ‘virar’ para ‘offshore’ em Supertubos. Nessas condições vale menos o jogo aéreo que a capacidade de escolher as ondas para ‘encaixar’ os famosos ‘super tubos’ em Peniche. E essa é uma especialidade de Frederico Morais, surfista que em 2013 conseguiu o melhor resultado de um português no CT em Peniche, eliminando Kelly Slater e chegando à Ronda 3. Este ano já fez melhor e o público quer mais.

Comentários