pub

Circuito Nacional de Longboard | 5ª Etapa

João Dantas Adia em Faro a Discussão do Título

João Dantas venceu em Faro e adiou a discussão do título nacional para São Pedro do Estoril (®PauloMarcelino)
João Dantas venceu em Faro e adiou a discussão do título nacional para São Pedro do Estoril (®PauloMarcelino)
pub

Em dia de tempestade em Portugal, a Praia Faro recebeu a 5ª Etapa do Circuito Nacional de Longboard, este domingo, 4 de outubro, com água quente e ondas certinhas de meio-metro. Em dia de decisões eleitorais, um título nacional ficou por decidir. O jovem João Dantas venceu a prova na categoria Open, reassumiu o comando do ‘ranking’ e adiou a discussão do título para a última etapa. Kathleen Barrigão venceu na categoria Sub-18 e confirmou a conquista do título nacional com o pleno de vitórias nas quatro etapas que contam para as contas finais.

Temia-se falta de ondas e houve mar suficiente para as pranchas grandes. Temia-se a tempestade e apenas ocorreram breves períodos de chuva, sem vento para estragar a formação das ondas. Eram esperados os melhores ‘longboarders’ de Portugal na Praia de Faro… e estes compareceram e deram espetáculo, com excepção para as ausências de Ruben Silva e do campeão nacional, Bruno Grandela, que continua lesionado.

A penúltima etapa do Circuito Nacional de Longboard 2015 foi organizada pelo Clube de Surf de Faro e disputada por 6 atletas na categoeira Sub-18 (a partir das meias-finais) e por 16 atletas na categoria Open (a partir dos quartos-de-final).

Kathleen Barrigão, 16 anos e surfista da Parede (Grande Lisboa), chegou a Faro com o título nacional Sub-18 assegurado e confirmou-o com mais uma vitória.. por 0,05 pontos. É a primeira rapariga a conquistar o título nesta categoria criada em 2014. “Sempre quis ser a primeira rapariga a ter este título”, disse Kathleen Barrigão, ao Swell-Algarve. Em dois anos de prática de Longboard, conseguiu.

Kathleen Barrigão venceu em Faro e é já Campeã Nacional Sub-18 de Longboard (®PauloMarcelino)

Kathleen Barrigão venceu em Faro e é já Campeã Nacional Sub-18 de Longboard (®PauloMarcelino)

“O longboard não é um desporto para velhos; dá altas manobras e ‘nose ride’. Gostava que houvesse mais raparigas, porque podemos ganhar aos rapazes”, diz Kathleen Barrigão. A surfista da Parede treina-se com o pai e vai aventurar-se nos QS em Inglaterra e França e apostar mais no Open em 2016.

Na categoria Open a emoção era maior e assente num duelo entre gerações pelo título nacional, protagonizado por Diogo Gonçalves, 36 anos de idade e campeão nacional em 2006; e por João Dantas, 17 anos de idade e campeão nacional e vice-campeão europeu Sub-18 em título.

Se ganhasse em Faro e João Dantas não chegasse ao 2º lugar na etapa; Diogo Gonçalves teria conquistado hoje, no Algarve, o título nacional de Longboard na categoria Open, no seu primeiro ano em pleno (em 2014 não fez o circuito inteiro) depois de se ter retirado das competições em 2007. O surfista de Carcavelos foi 2º classificado em Faro. “Fiquei com pena de não ter ganho e arrumado já a questão. Mas ele (João Dantas) vai perder em casa”, comentou, bem humorado, Diogo Gonçalves.

Diogo Gonçalves perdeu em Faro a liderança do ranking nacional (®PauloMarcelino)

Diogo Gonçalves perdeu em Faro a liderança do ranking nacional (®PauloMarcelino)

João Dantas venceu a etapa Open em Faro, com uma final discutida ‘taco-a-taco’ com Diogo Gonçalves e na qual estiveram na água os quatro primeiros do ‘ranking’ nacional, incluindo Eduardo Ribeiro (3º) e o farense Luís Esteves (4º), este último bastante apagado na final, porque esperou por ondas de ‘set’ que depois não aproveitou.

Com a vitória em Faro, João Dantas, surfista de São Pedro do Estoril, passa a depender apenas de si próprio para conquistar o título nacional na última etapa, que vai ser disputada em São Pedro do Estoril. “Agora estou em 1º a 10 pontos do Diogo. Em São Pedro do Estoril é onde tudo se vai decidir. Basta-me fazer melhor resultado que o Diogo. Sinto-me um bocado nervoso por discutir o título em casa, mas estou confiante”, comentou João Dantas, para o Swell-Algarve.

João Dantas quer ser campeão nacional 'em casa' e vai apostar em 2016 nos QS europeus (®PauloMarcelino)

João Dantas quer ser campeão nacional ‘em casa’ e vai apostar em 2016 nos QS europeus (®PauloMarcelino)

No ‘campo algarvio’, destaque para Issac Felizardo, de Portimão, que foi finalista Sub-18 e venceu a sua meia-final com a campeã Kathleen Barrigão em 2º. José Mestre, de Faro, também foi finalista Sub-18. Na categoria Open, o melhor algarvio foi o farense Luís Esteves, finalista e 4º classificado.

Manuel Mestre (‘Necas’), vencedor da etapa o ano passado, chegou este ano às meias-finais e a ‘doutora’ Inês Martins, também de Faro, ficou-se pelos quartos-de-final Open. Destaque também entre os locais para o jovem ginasta André Dias, 12 anos de idade, que pegou numa ‘longboard’ e fez um ‘heat’ na categoria Sub-18.

A 5º Etapa do Circuito Nacional de Longboard 2015 foi organizada pelo Clube de Surf de Faro, com a supervisão e apoio técnico da Federação Portuguesa de Surf. A ANA Aeroportos Algarve foi o principal patrocinador da prova, que contou ainda com os apoios Vinci Airports, WAX Resto-Bar, Pipeline surfshop, Plâncon Surfboards, Hotéis IBIS, SPNG Design, Câmara Municipal de Faro e Junta de Freguesia do Montenegro.

Finais 5ª Etapa Circuito Nacional de Longboard – Faro

Pódio Open (®PauloMarcelino)

Pódio Open (®PauloMarcelino)

Open

1. João Dantas (16,30 pts)

2. Diogo Gonçalves (15,65 pts)

3. Eduardo Ribeiro (11,60 pts)

4. Luís Esteves (9,15 pts)

Pódio Sub-18 (®PauloMarcelino)

Pódio Sub-18 (®PauloMarcelino)

Sub-18

1. Kathleen Barrigão (9,85 pts)

2. João Gama (9,80 pts)

3. Issac Felizardo (8,00 pts)

4. José Meste (5,60 pts)

Links:

Galeria de Imagens | Pictures

Comentários