pub

Curso em Portimão | Novembro (início provável)

Formação de Treinadores de Surf no Algarve

Primeira edição do curso (na imagem) foi em Lisboa, o ano passado, e formou 66 novos treinadores de surf (®UniversidadeLusofona)
Primeira edição do curso (na imagem) foi em Lisboa, o ano passado, e formou 66 novos treinadores de surf (®UniversidadeLusofona)
pub

A Universidade Lusófona vai abrir um Curso de Formação de Treinadores de Surf Grau I em Portimão. “Está previsto começar em novembro, mas não tenho ainda datas definidas”, confirmou Sandro Maximiliano, diretor do curso, ao Swell-Algarve. A formação resulta de uma parceria com o Portimão Surf Club. As aulas teóricas irão decorrer, em horário pós-laboral, nas instalações do ISMAT – Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes e as aulas práticas vão ser lecionadas na Praia da Rocha.

Sandro Maximiliano e Francisco Canelas, presidente do PortimãoSC, competiram juntos em provas de surf no passado. São amigos “há muitos anos” e dessa amizade resultou a parceria que agora vai permitir a abertura de formação credenciada para treinadores de surf no Algarve. “Fico contente de ter contribuído para o que o curso seja em Portimão. É importante haver formação e credenciação no surf”, comentou Francisco Canelas, para o Swell-Algarve.

Segundo Sandro Maximiliano, a Universidade Lusófona, através do Instituto Lusófono de Treino Desportivo Teotónio Lima, “é a única entidade formadora reconhecida pelo Estado, além das federações, para formar treinadores“. O responsável pelo curso, mestre e docente na Faculdade de Educação Física e Desporto da Universidade Lusófona, sublinhou que o Curso de Formação  de Treinadores de Surf Grau I (Pós-Graduação em Surf e Performance) é reconhecido pelo Instituto Português do Desporto e Juventude e dá acesso à cédula de treinador.

O curso que irá abrir em Portimão é idêntico ao que foi estreado pela Lusófona, o ano passado, apenas em Lisboa. Entre o corpo docente encontram-se nomes bem conhecidos do surf em Portugal, como João Macedo, o próprio Sandro Maximiliano (antigo competidor), Pedro Barbudo, Tomás Morais e até Pedro Barbosa, juiz internacional, responsável pelo módulo ‘arbitragem/julgamento’. Envolvidos estão também formadores de mérito reconhecido nas respetivas áreas específicas, como José Curado (metodologia de treino) e Rui Abrantes (preparação física).

Em Portimão, aulas teóricas vão ser no ISMAT e aulas práticas na Praia da Rocha (®UniversidadeLusofona)

Em Portimão, aulas teóricas vão ser no ISMAT e aulas práticas na Praia da Rocha (®UniversidadeLusofona)

A primeira edição do curso, o ano passado, formou 66 novos treinadores de surf em Lisboa. A segunda edição, este ano, vai abrir o mesmo curso, com os mesmo docentes em Lisboa (a partir de Outubro), Portimão (a partir de novembro) e Porto (a partir de janeiro de 2016). O curso tem cerca de 130 horas de formação curricular, com 55 horas de componente teórico-prática e as restantes em regime posterior de estágio.

O horário do curso é pós-laboral, mas ainda não está definido para Portimão, muito embora Sandro Maximiliano tenha adiantado uma hipótese: “No Algarve, o que poderá acontecer é ser sexta-feira, a partir das 19h00 (possivelmente até às 22h00), e sábado o dia inteiro”. Está previsto que a componente teórico-prática comece em novembro de 2015 e termine em fevereiro de 2016, seguindo-se um estágio, em princípio, de abril a setembro do próximo ano. “Quero que a malta de Portimão venha estagiar para o clube nas férias desportivas”, adiantou Francisco Canelas.

As candidaturas para o curso em Portimão ainda não estão abertas, até porque o horário ainda não está definido, assim como o preço. O curso em Lisboa vai custar a cada formando 950 Euros, que podem ser pagos em três prestações. “Provavelmente, vai ser mais barato no Algarve”, adiantou Sandro Maximiliano, ao Swell-Algarve, sem referir valores concretos.

As candidaturas devem abrir em outubro, após o início do curso em Lisboa. Sandro Maximiliano sintetizou, para o Swell-Algarve, as condições exigidas aos candidatos para participar na formação de treinadores de surf Grau I: “Os pré-requisitos são escolaridade mínima obrigatória e, preferencialmente, terem algum envolvimento com a modalidade”.

Para ficar a conhecer um pouco mais sobre esta formação, aconselhamos uma ‘visita’ à página do curso no ‘site’ da Universidade Lusófona, clicando AQUI. Recordamos que, como sublinhou o diretor do curso, Sandro Maximiliano, ainda não estão abertas candidaturas para Portimão. O Swell-Algarve, em colaboração com o Instituto Lusófono de Treino Desportivo Teotónio Lima, irá noticiar a abertura de inscrições para o Algarve quando for o momento próprio.

 

Comentários