pub

4ª Etapa Projunior Europeu | França

Tempestade adia Competição em Lacanau

Condições de tempestade, demasiado selvagens para surfar, obrigaram a cancelar o Dia 1 da prova em França (®WSL/SebastienHunuguen)
Condições de tempestade, demasiado selvagens para surfar, obrigaram a cancelar o Dia 1 da prova em França (®WSL/SebastienHunuguen)
pub

O Dia 1 do Airwalk Lacanau Pro Junior foi cancelado devido a condições demasiado selvagens no mar. A prova deveria ter começado esta sexta-feira, 14 de agosto, mas ao forte swell, com ondas de 2 a 3 metros, juntou-se vento intenso. O resultado foi um ‘line up’ de tempestade impróprio para surfar.

Os algarvios Francisco Duarte, Frederico ‘Martim’ Magalhães, Jakob Lilienweiss e Yolanda Hopkins vão ter de esperar pelo novo ‘call’, marcado para as 07h30 locais de sábado. “Esperamos começar a prova em melhores condições”, comentou Rob Gunning, ’tour manager’ WSL para a Europa.

Ondulação forte de 2 a 3 metros em Lacanau, como tínhamos antecipado, mas com demasiado vento para ter formação manobrável (®WSL/PierreOlivierMazoyer)

Ondulação forte de 2 a 3 metros em Lacanau, como tínhamos antecipado, mas com demasiado vento para ter formação manobrável (®WSL/PierreOlivierMazoyer)

O Airwalk Pro Junior termina domingo, 16 de agosto, pelo que o andamento da prova (masculina e feminina) terá de ser acelerado após a perda do primeiro dia. Segundo as previsões, o mar deve descer já a partir de sábado, pelo que há boas perspetivas para o arranque da prova.

Refira-se, a título de curiosidade, que Jakob Lilienweiss teve sorte no ‘heat draw’. Em consequência de uma inscrição feita com muita antecedência, o surfista do Algarve Surf Clube foi colocado diretamente na Ronda 2, saltando uma fase logo à partida.

Comentários