pub

4ª Etapa Projunior Europeu | França

Algarvios vão ter Mar Grande em Lacanau

Imagem de arquivo do 'line up' em Lacanau, que vai ter condições de gala no primeiro dia do Projunior (®WSL/LaurentMasurel)
Imagem de arquivo do 'line up' em Lacanau, que vai ter condições de gala no primeiro dia do Projunior (®WSL/LaurentMasurel)
pub

O Airwalk Pro Junior, 4ª Etapa (penúltima) do circuito Projunior Europeu da World Surf League (WSL), em Lacanau, França, começa sexta-feira, 14 de agosto. As previsões para esse primeiro dia da prova apontam para condições de gala, com ondas de 1,5 a 2 metros no ‘set’. É este o cenário que deverá receber os 4 representantes do Algarve no evento: Yolanda Hopkins, Francisco Duarte, Frederico ‘Martim’ Magalhães e Jakob Lilienweiss.

De acordo com as previsões, a ondulação maior será apenas no primeiro dia da prova. Sábado e domingo o mar deve ‘descer’ em Lacanau, prevendo-se que a ondulação não ultrapasse 1 metro de altura. Portugal vai estar representado por uma autêntica armada de jovens talentos, com destaque para Miguel Blanco, que segue no 4º lugar do ‘ranking’ Projunior Europeu masculino, e Teresa Bonvalot e Carol Henrique, líder e vice-líder do ‘ranking’ feminino.

Em representação do Algarve vão estar os melhores surfistas Sub-18 masculinos e a melhor surfista Sub-18 do Sul de Portugal. A comitiva algarvia é composta por Yolanda Hopkins (Campeã Regional do Sul Sub-18 Feminino e Open Feminino), Francisco Duarte (Campeão Regional do Sul Sub-18), Jakob Lilienweiss (Vice-Campeão Regional do Sul Sub-18) e Frederico ‘Martim’ Magalhães (3º melhor Sub-18 e Vice-Campeão Regional Open do Sul).

Três dos algarvios – Francisco Duarte, ‘Martim’ Magalhães e Yolanda Hopkins- são atletas do Clube Naval de Portimão. Jakob Lilienweiss, surfista de Tavira é atleta do Algarve Surf Clube.

Yolanda Hopkins ocupa o 34º lugar no ‘ranking’ Projunior Europeu feminino. A surfista de Quarteira dá-se bem em mar maior, pelo que as condições previstas para sexta-feira são-lhe favoráveis. Na etapa anterior, em Sopela, Yolanda passou duas rondas e foi a 3ª melhor portuguesa em prova.

Francisco Duarte é o 9º melhor português no ‘ranking’ masculino do Projunior Europeu, onde segue na 35ª posição. O surfista de Portimão, que há dois anos mudou-se para Lisboa, para treinar-se com a Academia Profissional de Surf subiu oito lugares no ‘ranking’ após a etapa anterior, em Sopela (País Basco, Espanha), onde chegou à Ronda 4. A duas etapas – Lacanau e Teguise, nas Canárias – do fim do circuito e porque as diferenças pontuais no ‘ranking’ são reduzidas, Francisco Duarte espera ainda alcançar o Top 20 europeu júnior.

Frederico ‘Martim’ Magalhães é 71º no ‘ranking’ masculino do Projunior Europeu. O jovem talento de Portimão subiu um lugar no ‘ranking’ após a etapa em Sopela, onde o seu surf deu nas vistas, tendo sido o único algarvio com fotografia na galeria de imagens da prova no site da World Surf League. Em Sopela, ‘Martim’ perdeu na Ronda 2, a precisar de uma pontuação baixa (4,40 pontos) para seguir em frente. Em Lacanau, ‘Martim’ vai estar acompanhado pelo treinador José Pyrrait, que também o acompanhou em Sopela.

Jakob Lilienweiss, 86º no ‘ranking’ continental projunior masculino, ‘perdeu de primeira’ em Sopela, num ‘heat’ difícil, mas no qual o jovem algarvio não conseguiu mostrar todo o seu surf. Jakob está em Lacanau integrado na comitiva da Academia Profissional de Surf, com quem viajou também para Sopela. O surfista de Tavira realizou no mês passado um estágio na Indonésia, também com a APS (e Francisco Duarte), parecendo ser já incontornável a sua integração na academia lisboeta.

 

Comentários