pub

Algarvio enfrente pela 3ª vez a prova de resistência

Carlos Clímaco Desafia o Tramontana no Défi Wind de Gruissan

Sexagenário algarvio está pelo terceiro ano consecutivo na mais dura prova de windsurf no planeta (®dr)
pub

O algarvio Carlos Clímaco, 61 anos de idade, está em França para participar no Défi Wind de Gruissant, a maior e mais dura prova de windsurf no mundo. O velejador de Sagres, Vila do Bispo, vai competir pelo terceiro ano consecutivo na famosa maratona de resistência, na qual conseguiu subir o ano passado ao 2º lugar no pódio do escalão +60.

O Défi Wind é uma prova de resistência, com a particularidade de as largadas serem conjuntas, com cerca de 1000 concorrentes na água. Além de descobrir caminhos entre a floresta de velas, os participantes têm de aguentar o famoso Vento Tramontana, que chega aos 70 ‘knots’ de intensidade e sopra habitualmente pelos 40 a 50 ‘knots’.

As regatas são disputadas em percurso paralelo à longa margem de areia que se estende por 10 quilómetros entre Plage dês Chalets e Port La Nouvelle. Cada regata consiste em duas idas e regressos, num total de 40 quilómetros. Este ano, a prova decorre entre os dias 30 de maio e 2 de junho.

Vídeo de Rui Silva num treino em Gruissant, dia 28 maio:

Carlos Clímaco realizou os primeiros treinos em Gruissant segunda feira, dia 27 de maio, na companhia do compatriota Rui Silva. Com o Tramontana a soprar com intensidade superior a 45 ‘knots’, as condições permitiram um bom teste de afinação de equipamento e adaptação ao campo de regatas. Ontem, o vento já subiu aos 50 ‘knots’ e estiveram mais de 400 pranchas na água. “O ambiente já está muito bom”, diz o algarvio.

O desafio começa dia 30 e vai ser a doer. O ano passado, Carlos Clímaco terminou em 189º na geral. Este ano quer fazer melhor. Pode acompanhar o dia a dia em prova do atleta na sua página no Facebook (AQUI).

Comentários