pub

Canoagem | Taça de Portugal de Velocidade

Iago Bebiano Vence em Montemor e Chega à Equipa Nacional

Algarvio Iago Bebiano vai representar Portugal nos Campeonatos da Europa de Juniores e Sub-23 e também no Campeonato do Mundo de Canoagem de Velocidade (®KCCA)

O Kayak Clube Castores do Arade marcou presença no Centro de Alto Rendimento de Montemor-o-Velho, onde mais de 600 canoístas disputaram a Taça de Portugal de Canoagem e Paracanoagem de Velocidade e selectiva dos melhores atletas para as equipas nacionais de seniores, sub-23, juniores e cadetes.

IAGO BEBIANO VENCE K1 JUN 200 METROS E INTEGRA EQUIPA NACIONAL

O grande destaque vai para a vitória de Iago Bebiano no K1 Juniores 200m com o tempo de 37,650 segundos, deixando o 2º classificado, Gabriel Silva do Náutico de Crestuma, a 1,601 segundos e o 3º classifcado, José Gaspar do Fluvial de Coimbra, a 2,176 segundos. Resultado que garante a vaga para a participação nas competições internacionais nesta distância.

De realçar que esta final contou ainda com a presença de Rodrigo Lopes, também dos Castores do Arade, que terminou na 7ª posição com o tempo de 40,536. Um excelente resultado para o atleta algarvio. 

Para além da vitória nos 200 metros, Iago Bebiano, alcançou o 4º lugar no K1 500m e garantiu a qualificação para a equipa nacional de juniores. O atleta já não regressa ao Algarve, ficando em estágio, com a equipa nacional, de preparação para os Campeonatos da Europa de Juniores e Sub-23 que se disputam em Racice, República Checa, sendo que o grande objectivo da época é o Campeonato de Mundo que se realiza de 1 a 4 de Agosto em Pitesti, Roménia.  

TOMÁS SANTOS GARANTE SELETIVA INTERNA DE SUB-23

Na categoria de Seniores, Tomás Santos, garantiu a presença na final Ado K1 200m e terminou no 6º lugar com o tempo de 37,434 segundos. O atleta algarvio, de apenas 18 anos, que cumpre o seu primeiro ano na categoria de Seniores, era o mais jovem na final e foi o 4º classificado na categoria de Sub-23, conquistando o direito de disputar a selectiva interna que se realizará no dia 1 de Junho para definir a equipa que representará Portugal nos Europeus de Sub-23 em Racice, República Checa.

10 FINAIS: 5 FINAIS “A” E 5 FINAIS “B”

No total, os atletas dos Castores do Arade, garantiram o acesso a 5 finais “A” que definem a classificação até ao 9º lugar e 5 finais “B” que definem o 10º ao 18º classificado. Para além das 4 finais acima referidas, Ana Bebiano, conseguiu garantir a presença entre a elite feminina, nos 200 metros, ao conseguir um lugar na final “A” onde terminou na 7º posição com o tempo de 45,759 segundos. Final ganha por Francisca Laia, do Sporting Clube de Portugal, seguida de Joana Vasconcelos do Benfica FC e de Márcia Aldeias do Náutico de Marecos. Ana Bebiano conseguiu ainda a presença na final “B” dos 500 metros onde terminou no 8º lugar.

Leonor Mestre foi a outra atleta dos Castores em destaque garantindo a presença em duas finais “B”, nos 200 e 500 metros, terminando os 500 metros na 5ª posição e os 200 metros em 4º. 

Nos homens, Rodolfo Neves e Tomás Santos, garantiram a presença na final “B” dos 500 metros onde terminaram na 4ª e 9ª posição, respectivamente.

20 GRAMAS DITAM DESCLASSIFICAÇÃO

Rodolfo Neves, que tem como sua distância preferida os 1000 metros, viria a ser desclassificado por ter menos 20 gramas na sua embarcação. O atleta no final das eliminatórias tinha registado o 5º melhor tempo, com 3:46,805, apenas atrás de José Ramalho (3m44s070), Fernando Pimenta (3m44s105), João Ribeiro (3m45s,740) e Emanuel Silva (3m46s,580). As embarcações K1 – kayak monolugar – têm um peso mínimo regulamentar de 12Kg e um erro de cálculo fez com que a balança registasse 11,980Kg, uma diferença exígua, que levou à desclassificação e desgosto do atleta. 

A equipa também contou com os atletas que não conseguiram atingir lugares nas finais, mas continuam o trabalho para evoluir, falamos dos cadetes Rodrigo Gonçalves, Filipe Libório, João Bartolomeu, Bernardo Verdades, José Gouveia e Tomás Vasconcelos e dos seniores Gonçalo Bento e Rui Ataíde.

Relativamente à classificação coletiva o clube obteve o 12º em 42 clubes presentes, onde o grande vencedor mais uma vez foi o Clube Náutico de Ponte de Lima.

Fonte: Nota de Imprensa do Kayak Clube Castores do Arade

Comentários