pub

Troféu internacional de Optimist | Excellence Cup

Guilherme Cavaco Melhor Português em Palamós

Comitiva do Naval de Faro em Palamós. Da esquerda para a direita: João Ferreira, Miguel Sancho e Guilherme Cavaco, com o treinador Rui Belchior (®GCNF)
pub

O velejador algarvio Guilherme Cavaco foi o melhor português no 30º Troféu Internacional de Optimist Palamós – 14ª Taça das Nações, evento disputado nos dias 13 a 17 de fevereiro ao largo da Praia de Palamós, Catalunha, Espanha. O atleta do Ginásio Clube Naval de Faro terminou em 28º numa frota com 529 velejadores inscritos.

O Troféu Optimist em Palamós foi também a 4ª etapa (última) da Optimist Excellence Cup 2019, organizada pela Associação Espanhola da Classe Internacional Optimist (AECIO). Guilherme Cavaco foi também o melhor português no ‘ranking’ final deste circuito de Optimist, terminando em 4º lugar ‘ex-aequo’, a sete (7) pontos do pódio. Os três melhores portugueses no ‘ranking’ Optimist Excellence Cup 2019 são algarvios: Miguel Sancho (GCNFaro) ficou em 52º e Filipe Lopes (Clube Naval de Portimão) em 64º. Nenhum outro português terminou o circuito no Top 100.

Em Palamós, Guilherme Cavaco chegou a velejar em 13º no começo dos troféu, fase de grupos em que chegou a vencer uma regata, mas desceu depois para 28º na fase final, conseguindo, no entanto, fazer 5º lugar na última regata da Frota Ouro. O segundo melhor português, António Pires de Lima (Clube de Vela Atlântico) terminou num distante 81º lugar geral.

Troféu de Optimist em Palamós foi disputado por mais de 500 velejadores em representação de três dezenas de países (®GCNF)

A comitiva Portuguesa em Palamós foi composta por seis (6) velejadores. Três velejadores dessa comitiva são atletas do Ginásio Clube Naval de Faro: Guilherme Cavaco (28º), Miguel Sancho (103º) e João Ferreira (283º). Os resultados dos restantes velejadores lusos foram: António Pires de Lima em 81º, Benedita Rebelo (Sport Clube do Porto) em 214º e Luana Gonçalves (Clube de Vela de Viana do Castelo) em 426º.

O 30º Troféu Internacional Optimist Palamós foi ganho, pelo segundo ano consecutivo, por Martin Atilla (Letónia), velejador que dominou os primeiros dias de prova, mas terminou fortemente pressionado pelo israelita Maayan Shemesh, 2º classificado em igualdade pontual. O terceiro lugar no pódio foi ocupado por Sebastian Kempe (Bermudas). A Alemanha venceu a Taça das Nações, resultado decidido pelo somatório dos pontos dos velejadores dos mais de 30 países em prova.

No ‘ranking’ final da Optimist Excellence Cup 2019, o espanhol Miguel Campos terminou em 1º, seguido por Martin Atilla (Letónia) e por Maria Perello (Espanha), que fez 5º geral (1º Feminino) no Troféu Internacional Optimist Palamós.

Comentários