pub

Algarvia conquista título Raceboard em prancha RS:X

Margarida Gil Morais Campeã Nacional na Rota Olímpica

Algarvia Margarida Gil Morais competiu no Campeonato de Raceboard, no Funchal, com uma prancha olímpica RS:X (®DR)
pub

A velejadora algarvia Margarida Gil Morais sagrou-se Campeã Nacional Feminino de Raceboard. A atleta do Clube Internacional Marina de Vilamoura (CIMAV) conquistou o título no Funchal, Ilha da Madeira, ao terminar o Campeonato Nacional de Raceboard em 8º geral, 1º Feminino. A velejadora participou na prova com uma prancha RS:X, no âmbito do programa de preparação para Tóquio 2020.

O Campeonato Nacional de Raceboard decorreu nos dias 8 a 10 de fevereiro, organizado por Centro de Treino de Mar. O evento foi aberto às disciplinas Raceboard e Bic Techno e teve um total de 45 velas no mar. Foram realizadas oito (8) regatas; quatro no primeiro dia e outras quatro no terceiro dia, quase todas com vento fraco a médio, excepto nas duas últimas do terceiro dia, com ‘brisa’ mais forte de 20 ‘knots’.

Margarida Gil Morais participou no campeonato com uma prancha RS:X, emprestada pelo veterano olímpico madeirense João Rodrigues, que se sagrou Campeão Nacional de Raceboard (em Bic Techno venceu André Pereira). Em condições de vento fraco a média, as pranchas Raceboard são mais rápidas que as RS:X; ainda assim a algarvia terminou em 8º geral Raceboard.

RS:X é a disciplina olímpica de windsurf. Em janeiro de 2017, Margarida Gil Morais foi convidada pela Federação Portuguesa de Vela para integrar o Programa de Preparação Olímpica, no âmbito da classe olímpica de pranchas à vela (ver notícia). A algarvia deixou a Formula Windsurfing e tem dedicado todas as suas energias à RS:X, participando em diversas provas internacionais (ver notícia). A velejadora sabe com o apuramento para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020 é difícil, mas está empenhada e, como confessou ao Swell-Algarve, promete: “Tenho de tentar”.

Nota da Redação | Esclarecimento

Na realidade formal das regras da Federação Portuguesa de Vela, Margarida Gil Morais não é Campeã Nacional Feminino de Raceboard. Para que o título fosse homologado pela FPVela seria necessário que tivessem participado no campeonato pelo menos 10 atletas feminino e que seis delas tivessem tido em pelo menos uma regata classificação diferente de DNC.

Participaram no campeonato no Funchal três (3) atletas femininos, pelo que, formalmente, Margarida Gil Morais deve ser reconhecida como vencedora (1º lugar) Feminino. Optamos por manter o título Campeã Nacional para não prejudicar a vida online da notícia e também, porque não, destacar o empenho da atleta algarvia no sonho olímpico. Esperamos que os leitores nos perdoem.

Comentários