pub

Campeonato Nacional de Surf Esperanças 2018

Finalíssima Feminino Suspensa por Falta de Ondas

Algarvia Concha Balsemão continua em prova na Ronda 4 Sub-16 Feminino e Sub-18 Feminino (®TóMané/SCV)
pub

A Finalíssima Feminino do Campeonato Nacional de Surf Esperanças 2018, disputada em Viana do Castelo, nos dias 4 e 5 de agosto, não ficou completa. A prova foi interrompida domingo, por falta de ondas na Praia da Arda, faltando ainda realizar as duas fases de meias-finais e as finais nas duas categorias em jogo. As duas algarvias apuradas, ambas federadas pelo Portimão Surf Clube continuam em prova. Concha Balsemão está nas ‘meias’ Sub-16 Feminino e Sub-18 Feminino e Constância Simões nas ‘meias’ Sub-18 Feminino.

A finalíssima em Viana do Castelo recebeu as 32 atletas apuradas através dos seis circuitos regionais portugueses de surf. Concha Balsemão e Constância Simões foram as únicas algarvias apuradas. A conclusão da prova foi adiada pela direção técnica da prova. “A nova data será agendada ainda este ano, de acordo com a disponibilidade das atletas e dos organizadores da prova: Surf Clube de Viana e Federação Portuguesa de Surf”, adiantou o clube, em mensagem no Facebook.

As algarvias Concha Balsemão e Constância Simões já têm assegurado, pelo menos, o 7º lugar Sub-18 Feminino e Concha tem também garantido o 7º lugar Sub-16 Feminino. Mas ambas estão ainda na luta por um melhor desfecho.

Algarvia Constância Simões já foi eliminada em Sub-16 Feminino, mas continua em prova em Sub-18 Feminino (®PedroStichiniVilela)

Constância Simões, 11 anos de idade, já não está em prova na categoria Sub-16 Feminino: perdeu em 3º na Ronda 1 e depois foi eliminada em 4º na repescagem (Ronda 2). Mas a jovem surfista de Portimão soube aproveitar a ondulação pequena e está apurada para a primeira fase das meias-finais Sub-18 Feminino (Ronda 4; duas baterias com quatro atletas cada), ainda por realizar. Nesta categoria, Constância perdeu em 3º na Ronda 1, venceu o seu ‘heat’ na repescagem da Ronda 2 e avançou em 2º na Ronda 3.

Concha Balsemão, 15 anos de idade, está em prova nas duas categorias em jogo. A surfista da Carrapateira, Aljezur, venceu a sua bateria na Ronda 1 Sub-18 Feminino e avançou direta para a Ronda 3, onde avançou em 2º para a ronda seguinte, ainda por realizar. Em Sub-16 Feminino, Concha perdeu na Ronda 1, mas depois venceu as suas baterias na repescagem (Ronda 2) e na Ronda 3.

O surfista Henrique Balsemão, pai de Concha Balsemão, foi homenageado pelo Surf Clube de Viana devido ao seu papel pioneiro na divulgação da modalidade, na qualidade de fundador da revista Surf Portugal e do programa televisivo Portugal Radical. “Não estávamos nada à espera”, comentou a esposa, Vera Balsemão, ao Swell-Algarve. “Henrique Balsemão é uma figura incontornável da modalidade”, justificou João Zamith, do Surf Clube de Viana.

O Surf Clube de Viana colocou o Centro de Alto Rendimento de Viana do Castelo à disposição da Finalíssima Feminino, para alojamento, convívio e atividades de caráter científico para as atletas. O aproveitamento do CAR em modelo de estágio promoveu a sociabilização entre as atletas,  que acabou por ter resultados muito positivos no ambiente de competição na praia.

Ronda 4 Sub-18 Feminino | adiada

H11: Matilde Passarinho; Mafalda Lopes, Constância Simões; Mariana Garcia

H12: Mariana Brandão; Carolina Santos; Francisca Veselko; Concha Balsemão

Ronda 4 Sub-16 Feminino | adiada

H11: Beatriz Carvalho; Carolina Santos; Gabriela Dinis; Raquel Otero

H12: Concha Balsemão; Camila Cardoso; Francisa Veselko; Maria Chaves

Comentários