pub

Três nomeações perdem na votação online

Surfing Derrotado na Gala do Desporto

Algarvia Joana Schenker, campeã do Mundo, da Europa e de Portugal de Bodyboard Feminino estava nomeada para Atleta Feminina do Ano (®DR)
pub

Surf e Bodyboard perderam a corrida aos Prémios Desportistas do Ano de 2017, atribuídos pela Confederação do Desporto de Portugal na 22ª Gala do Desporto, realizada ontem, no Casino do Estoril, Grande Lisboa. A algarvia campeã do mundo de bodyboard Joana Schenker, o surfista de elite do Championship Tour Frederico Morais e a equipa técnica da Federação Portuguesa de Surf Campeã da Europa foram derrotados na votação online que decorreu até terça-feira.

Joana Schenker sagrou-se em 2017 Campeã do Mundo APB World Tour e Tetracampeã Europeia e Nacional de Bodyboard Feminino. A atleta algarvia da Associação de Bodyboard de Sagres era uma das cinco finalistas ao Prémio Desportistas do Ano na categoria Atleta Feminina. A vencedora foi Inês Henriques, 37 anos, campeã do mundo e recordista dos 50 quilómetros marcha em 2017.

Frederico Morais é o único português no circuito mundial de surf Championship Tour. Estava nomeado para Atleta Masculino do Ano (®DR)

Frederico Morais é o único surfista português no circuito mundial de elite Championship Tour da World Surf League. O atleta de Cascais entrou no CT em 2017 e durante a época conseguiu o melhor resultado português de sempre no Tour (2º lugar em Jeffrey’s Bay) e esteve à beira de ser o melhor ‘rookie’ do ano. Estava nomeado para Atleta Masculino do Ano, prémio ganho pelo motociclista Miguel Oliveira, que terminou a temporada Moto2 em 3º lugar, com três vitórias no circuito mundial.

A Equipa Técnica que acompanhou a Seleção Portuguesa de Surfing ao título de Campeã da Europa estava nomeada na categoria Treinador do Ano. O prémio foi para a canoagem, atribuído ao treinador Hélio Lucas, bicampeão da Europa em K1 1.000 metros, campeão do mundo em K1 5.000 metros e vice-campeão do mundo em K1 1.000 metros.

O Prémio Desportistas do Ano foi atribuído em cinco categorias. Os restantes vencedores foram: Bruno Fernandes (futebolista do Sporting Clube de Portugal), na categoria Jovem Promessa e a equipa de triatlo do Sport Lisboa e Benfica que em 2017 conquistou o Europeu de Clubes e o campeonato nacional jovem de clubes, na categoria Equipa do Ano.

Comentários