pub

Tommy Quadelli vence prova só para amadores

Arrifana Recebeu 1º NSL No Pro Invitational

Tommy Quadelli venceu o 1º No Pro Invitational, evento para surfistas amadores convidados (®MassimoPardini/AlgarveSurfPhoto)
Tommy Quadelli venceu o 1º No Pro Invitational, evento para surfistas amadores convidados (®MassimoPardini/AlgarveSurfPhoto)
pub

1 de Outubro de 2017, Praia da Arrifana, 09:30. A atenção dos quatro surfistas do ‘line-up’ capta o som profundo de uma tradicional corneta de búzio e segue-se uma intensa batalha de remada entre quatro surfistas em tons coloridos na direção do ‘pico’ mais próximo. O som do búzio marcou o começo da primeira edição do NSL No Pro Invitational, um evento para amadores criado por Niels Labruijère, residente em Lagos e conhecido como Surfguide Algarve.

A ideia do evento surgiu quando Niels teve de defrontar Alex Botelho na primeira bateria do Vale Figueiras Open 2017 e soube desde logo que não tinha qualquer hipótese frente ao surfista profissional. “Quando soube que Botelho tinha substituído o surfista contra o qual eu iria competir, e que também era muito difícil vencer, percebi que nem precisava de conferir os resultados. Conclui que se queria chegar à segunda fase num campeonato talvez fosse melhor ser eu a organizar um evento, para surfistas do meu nível: bons, com boa onda, capazes de ‘mandar’ água e soltar os ‘fins’, mas sem serem profissionais“.

E assim nasceu o NSL No Pro Invitational. Em apenas um mês, Niels escolheu os locais (Amoreira como principal opção e Arrifana como plano B em caso de swell grande ou nortada forte), pediu licenças e juntou patrocinadores e promotores como ajuda de amigos em todo o Algarve.

Búzio foi a buzina do evento, realizado dia 1 de outubro, na Praia da Arrifana (®MassimoPardini/AlgarveSurfPhoto)

Búzio foi a buzina do evento, realizado dia 1 de outubro, na Praia da Arrifana (®MassimoPardini/AlgarveSurfPhoto)

“O No Pro 2017 foi um dos pontos altos da minha carreira de surfista até agora”, disse Niels. “Desde que cheguei ao Algarve pensei em formas de juntar surfistas de toda a região porque temos o hábito de ficar nas nossas zonas de conforto. Por isso, este evento é mais que um campeonato. Convidei ‘riders’ de todos os cantos do Algarve, que talvez se tenham encontrado na água mas ainda não se conheciam. Resultou muito bem. Foi fácil encontrar 16 surfistas motivados. Todos estavam empenhados e ofereceram ajuda antes e durante o evento. Vou com certeza organizar outro em 2018″.

O local do evento na Arrifana foi marcado com uma enorme tenda colorida, onde foram oferecidas bebidas e ‘snacks’, graças aos patrocinadores, que também ofereceram prémios aos finalistas e para rifas. O julgamento foi feito pelos próprios surfistas, que em prova foram autorizados a usar qualquer prancha. Homens e mulheres competiram em conjunto.

O vencedor do I No Pro Invitational foi Tommy Quadelli, de Sagres. Em 2º lugar ficou o próprio Niels Labruijère (que lá conseguiu chegar ao tal segundo ‘heat’!) e Massimo Pardini, de Sagres e Oscar Mackinder, de Burgau partilharam o 3º lugar. Um menção honrosa para Marieke Marreck, de Aljezur, que teria ganho a todos os outros com o seu poderoso e bonito estilo em longboard se não fosse o incidente infeliz depois do seu primeiro ‘heat’, que a manteve fora de água até ao final da competição.

Comentários