pub

Formula Windsurfing

Miguel Martinho Campeão Nacional 19 Vezes

Miguel Martinho venceu a etapa em Lagos, na imagem, e conquistou o seu 19º título nacional em 20 anos (®CarlosAlmeida/AFWP)
Miguel Martinho venceu a etapa em Lagos, na imagem, e conquistou o seu 19º título nacional em 20 anos (®CarlosAlmeida/AFWP)
pub

Miguel Martinho (Clube Naval de Portimão) sagrou-se Campeão Nacional Open de Formula Windsurfing 2017. É o 19º título nacional conquistado pelo atleta algarvio desde 1997. O velejador de Portimão consumou a conquista do título ao vencer a 5ª Etapa (última) do circuito nacional Formula Windsurfing Series 2017 Portugal, disputada em Lagos, na Baía da Meia Praia, nos dias 15 a 17 de setembro.

O algarvio multicampeão nacional venceu quatro das oito regatas disputadas na etapa em Lagos, sempre em luta apertada com o ‘grand master’ polaco Pawel Dittrich, 2º classificado. “Foi uma etapa muito disputada. Estiveram em prova dois polacos que também estiveram no Mundial Masters. A mínima distração minha podia dar mau resultado e foi isso que aconteceu nas quatro regatas que terminei em 2º”, comentou Miguel Martinho, ao Swell-Algarve.

Miguel Martinho chega ao seu 19º título nacional Open em 20 anos com vitórias em todas as etapas do Formula Windsurfing Series 2017 Portugal, no qual venceu também todas as regatas, exceptuando as quatro que concluiu em 2º na última etapa. O algarvio conclui desta forma uma época de Formula Windsurfing na qual conseguiu o 10º lugar no Mundial Absoluto, o 2º lugar no Mundial Masters e o 1º lugar no Campeonato de Espanha.

“Foi um ano positivo. Gostava de ter ganho o Mundial Masters e ter tido melhor resultado no Mundial Absoluto. Mas estive quase sempre no pódio e isso é bom”, comentou Miguel Martinho.

Margarida Gil Morais foi 12ª na etapa. Algarvia é a única velejadora na categoria Open de Formula Windsurfing (®CarlosAlmeida/AFWP)

Margarida Gil Morais foi 12ª na etapa. Algarvia é a única velejadora na categoria Open de Formula Windsurfing (®CarlosAlmeida/AFWP)

Lagos ofereceu boas condições aos 19 atletas em prova (16 Open e 3 Sport), com vento competitivo nos três dias, talvez um pouco forte de mais no primeiro. Foi um bom teste para o Mundial Juventude e Masters 2018, agendado para os dias 23 a 28 de abril do próximo ano e que regressa a Lagos depois de ali se ter realizado em 2015.

Vasco Chaveca, presidente da Associação Formula Windsurf Portugal (AFWP) faz o balanço do Series 2017: “Este ano tivemos azar com o Alqueva. Mais uma vez não houve vento e ficamos com menos uma prova. De resto, Cascais, Portimão e Lagos foram cinco estrelas. Peniche teve alguns problemas mas no geral também foi cinco estrelas”.

O presidente da AFWP lamenta que subsistam algumas dificuldades com a Açores Airlines, no sentido de permitir a participação regular de atletas açorianos nas provas no Continente. Mas, sublinha: “A Formula continua a ser a Classe (de windsurf) mais forte em Portugal”.

Carlos Madeira, Campeão Nacional na categoria Sport, estreada este ano no circuito nacional FW (®CarlosAlmeida/AFWP)

Carlos Madeira, Campeão Nacional na categoria Sport, estreada este ano no Formula Windsurfing Series Portugal (®CarlosAlmeida/AFWP)

O Formula Windsurfing Series 2017 Portugal estreou a nova categoria Sport, para ‘rookies’ e atletas com menos andamento. “Foi um sucesso. Quem competiu ficou super entusiasmado”, comentou Vasco Chaveca. O presidente da AFWP considera ter sido ganha a aposta nesta fórmula para captar mais atletas novos e evitar a saída dos mais velhos.

Carlos Madeira, do renascido Clube Naval da Fuzeta, venceu a etapa em Lagos e sagrou-se campeão nacional Sport de Formula Windsurfing 2017. Margarida Gil Morais, do Clube Naval de Portimão, é a única velejadora na categoria Open e concluiu a etapa em 12º.

Links:

Etapa 4 FW Series Portugal 2017 | Peniche (junho)

Etapa 3 FW Series Portugal 2017 | Portimão (abril)

Etapa 2 FW Series Portugal 2017 | Cascais (março)

Etapa 1 FW Series Portugal 2017 | Alqueva (março)

Comentários